Agências do INSS estarão fechadas nesta sexta-feira (28); entenda o motivo

Nesta sexta-feira (28), as agências do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) não estarão funcionando, em comemoração ao Dia do Servidor Público. Também, na próxima quarta-feira (02/11), as unidades estarão fechadas devido a feriado nacional de Finados.

Atenção aposentados e pensionistas do INSS! Nesta sexta-feira (28), as agências da autarquia não estarão funcionando, em comemoração ao Dia do Servidor Público. Também, na próxima quarta-feira (02/11), as unidades estarão fechadas devido a feriado nacional de Finados.

Todavia, hoje a central de atendimentos funcionará normalmente, através do telefone 135. Já no feriado da próxima quarta, estará disponível apenas o atendimento eletrônico. Portanto, os segurados da autarquia que desejavam ter um atendimento nesses dias devem se reorganizar.

 

Central de Atendimento do INSS

Por meio do atendimento telefônico, os cidadãos conseguem ter acesso a uma série de informações. Veja algumas delas a seguir:

  • Informações sobre benefícios;
  • Horário agendado para atendimento presencial;
  • Informações sobre pagamentos.

Lembrando que as ligações são gratuitas para aqueles que usarem telefone fixo. Para as chamadas realizadas por celular, a cobrança é a mesma de uma chamada local.

 

Canais Meu INSS

Através do site e aplicativo Meu INSS, o segurado pode utilizar serviços mais completos como:

  • Solicitar pagamento de aposentadoria;
  • Consultar extrato de pagamento;
  • Agendar perícia médica;
  • Consultar o número do benefício;
  • Agendar ou reagendar atendimento presencial;
  • Entre outros.

Vale ressaltar que o aplicativo da autarquia está disponível para download em aparelhos cujos sistemas operacionais sejam Android ou IOS.

 

Calendário inalterado

Embora alguns serviços do INSS não estejam funcionando nesta sexta, o calendário de pagamento da autarquia referente ao mês de outubro continuará inalterado, com pausa prevista apenas no feriado de Finados (02 de novembro). Confira o cronograma a seguir:

Para quem recebe um salário mínimo:

  • Benefício final 1 – 25 de outubro;
  • Benefício final 2 – 26 de outubro;
  • Benefício final 3 – 27 de outubro;
  • Benefício final 4 – 28 de outubro;
  • Benefício final 5 – 31 de outubro;
  • Benefício final 6 – 1 de novembro;
  • Benefício final 7 – 3 de novembro;
  • Benefício final 8 – 4 de novembro;
  • Benefício final 9 – 7 de novembro;
  • Benefício final 0 – 8 de novembro.

 

Para quem recebe MAIS que o salário mínimo:

  • Benefício final 1 e 6 – 1 de novembro;
  • Benefício final 2 e 7 – 3 de novembro;
  • Benefício final 3 e 8 – 4 de novembro;
  • Benefício final 4 e 9 – 7 de novembro;
  • Benefício final 5 e 0 – 8 de novembro.

 

INSS: Benefício em análise

Milhares de cidadãos estão aguardam a liberação de benefícios por meio do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Devido a pandemia da Covid-19, o atraso da aprovação dos benefícios do INSS aumentou, deixando muitos pedidos “em análise”.

O status preocupa os segurados que estão esperando a concessão do benefício há algum tempo, inclusive, excedendo o prazo em que o INSS deveria retornar com alguma resposta, conforme a lei. Saiba o que fazer nessas situações.

INSS tem 30 dias para responder o segurado, segundo a Lei 9.784 do ano de 99. Caso não consiga definir uma decisão em 30 dias, o Instituto pode prorrogar este prazo por mais 30 dias.

Porém, a razão para a prorrogação deve ser explícita e bastante clara. Sendo assim, o INSS tem, no máximo, 60 dias para decidir em processo administrativo mediante justificativa.

Além disso, o primeiro pagamento do benefício deve ser efetuado até 45 dias após a data da apresentação, pelo segurado, da documentação necessária à sua concessão.

Para os demais benefícios os prazos devem ser respeitados nos seguintes períodos:

  • Aposentadoria – (Tempo de Contribuição/Idade): 90 dias;
  • Aposentadoria por Invalidez: 45 dias;
  • Auxílio Acidente: 60 dias;
  • Auxílio Reclusão: 60 dias;
  • Benefício Assistencial ao Idoso: 90 dias;
  • Benefício Prestação Continuada (BPC): 90 dias;
  • Pensão por Morte: 60 dias;
  • Salário Maternidade: 30 dias.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.