Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

A União das Nações Sul-Americanas: um resumo 

Entenda de uma vez esse assunto!

A União das Nações Sul-Americanas: tudo para a sua prova 

A União das Nações Sul-Americanas, também conhecida por meio da sigla UNASUL, é uma organização que agrupa países da América do Sul.

O tema pode ser abordado em questões de geografia das mais variadas provas, com um destaque para os vestibulares e para o ENEM

Dessa forma, para que você garanta um alto desempenho, o artigo de hoje trouxe um resumo sobre a UNASUL. Confira!

A União das Nações Sul-Americanas: introdução 

Como o seu próprio nome indica, a União das Nações Sul-Americanas é composta por países da América do Sul.  

A UNASUL possui 12 países-membros. São eles: Peru, Guiana, Argentina, Brasil, Paraguai, Chile, Colômbia, Equador, Suriname, Uruguai, Bolívia e Venezuela. 

Ainda, a organização possui também dois países que atuam como observadores: México e Panamá.

A União das Nações Sul-Americanas: contexto histórico

A União das Nações Sul-Americanas foi criada oficialmente no ano de 2008, após quatro anos da proposta inicial de criação. 

A consolidação da UNASUL ocorreu no ano mencionado, em uma reunião de chefes de Estado desses países que ocorreu na cidade de Cusco, no Peru. 

A União das Nações Sul-Americanas: objetivos

A União das Nações Sul-Americanas com o objetivo de fazer parte de um contexto em que diversos acordos internacionais entre países pertencentes a um mesmo continente ou com interesses semelhantes eram realizados no mundo.  

No momento de sua criação, o principal objetivo da UNASUL era fortalecer as relações comerciais, políticas e culturais entre as nações sul-americanas que fazem parte do grupo. 

A União das Nações Sul-Americanas: estrutura

No momento da consolidação da UNASUL, estabeleceu-se que a organização seria estruturada a partir de um três conselhos e uma secretaria geral. Ainda, a União conta também com a presença de Conselhos Ministeriais, responsáveis por atuar em diversas áreas de infraestrutura dos países-membros do grupo, como saúde, defesa, educação e ciência. 

A presidência da UNASUL, por sua vez, acontece por meio de um rodízio entre os presidentes das nações que fazem parte da organização. Cada líder fica no cargo por um ano e a seleção é realizada com base na ordem alfabética dos membros.

A União das Nações Sul-Americanas: saída do Brasil

No ano de 2019,o Brasil formalizou sua saída da UNASUL. A partir desse momento, o país passou a fazer parte do Prosul (Progresso da América do Sul).

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.