Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

TCU: edital previsto para dezembro

Seleção contará com 31 oportunidades, sendo 12 para auditores e 19 para técnicos, respectivamente, com níveis médio e superior

 

O Tribunal de Contas da União (TCU) já está com o edital de seu concurso público em fase bastante adiantada de elaboração. Segundo responsáveis pelo setor de recursos humanos, a expectativa é de que o documento possa ser liberado ainda no decorrer de dezembro. Para isto, falta definir a empresa ou fundação organizadora, o que pode ocorrer já nos próximos dias. A escolha já está em fase adiantada e deve ser anunciada muito em breve, assim que concluídas algumas análises técnicas para que possa ser fechado o contrato.

A seleção contará com 31 vagas, sendo 12 para o cargo de auditor federal de controle interno (AUFC), especialidade apoio técnico administrativo (ATA), sendo dez para a área de orientação de tecnologia da informação e duas para orientação de biblioteconomia. As 19 restantes serão para a carreira de técnico federal de controle externo (TEFC), na especialidade de apoio técnico administrativo (ATA), orientação técnica administrativa.

Encontre apostilas e cursos online para concursos públicos clicando aqui

Um ponto pendente é a definição se o edital contará com reserva de vagas para negros e pardos. Embora a vice-presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármem Lúcia, tenha negado segmento ao Mandado de Segurança (MS) 33072, no qual o Instituto de Advocacia Racial e Ambiental pretendia que o STF determinasse reserva de 20% das vagas nos concursos para ingresso nos Poderes Legislativo e Judiciário para negros e pardos, o TCU ainda aguarda um parecer de sua consultoria jurídica se a reserva efetivamente não ocorrerá no concurso. Porém, de acordo com informações do setor de concurso, isto não deve afetar o andamento do certame.

Cargos – Para concorrer a auditor é necessário possuir curso de nível superior em qualquer área e para os técnicos, ensino médio. No caso de auditor, a remuneração inicial é de R$ 15.322,60, com reajuste previsto para 2015, quando passará a ser de R$ 16.660,27.

Além disso, a carreira conta com 13 padrões de vencimentos, durante o exercício, que garantem melhorias salariais. Desta forma, no  último, em final de carreira, o servidor veterano atualmente recebe R$ 21.962,54, passando para R$ 23.879,88 em 2015.

 

No caso dos técnicos, o inicial é de R$ 8.844,30, passando para R$ 9.616,42 em 2015. No final da carreira, no padrão 13, a remuneração é de R$ 12.346,57, passando para R$ 13.424,44 em 2015.

As vagas de auditor são somente para o Distrito Federal e as de técnico serão distribuídas da seguinte forma: São Paulo (uma), Distrito Federal (11), Acre (uma), Amazonas (uma), Maranhão (duas), Mato Grosso (uma), Pernambuco (uma) e Roraima (uma).

Último concurso –  A seleção anterior para auditores do TCU ocorreu em 2013 e foi organizado pelo Cespe/UnB. As oportunidades foram para a área de auditoria governamental. A prova contou com 100 itens de conhecimentos básicos e 100 de conhecimentos específicos, além de prova discursiva das duas áreas.

No caso de técnico, o último concurso ocorreu em 2012, na área de auditoria governamental. A organizadora também foi o Cespe/UnB e a seleção também contou com 100 itens de conhecimentos básicos, 100 de conhecimentos específicos e provas discursivas das duas áreas

 

Fonte: JC Concursos/Uol

 

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br

Comentários estão fechados.