Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Desempregados na pandemia: Governo confirma R$ 200 para trabalhadores

Governo anunciou que vai conceder vouchers para repassar dinheiro à parcela da população que não tem trabalho formal

Como parte do plano para combater o novo coronavírus (COVID-19), o Governo anunciou que vai conceder vouchers para repassar dinheiro à parcela da população que não tem trabalho formal. Para isso, o cidadão não deve receber valores de  programas como Bolsa Família e BPC (Benefício de Prestação Continuada).

O ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou a medida em entrevista no Palácio do Planalto. De acordo com o chefe da pasta, outra ação do governo vai ser pagar parte dos salários de trabalhadores de micro e pequenas empresas.

Segundo Guedes, a medida vai ser assinada pelo presidente Jair Bolsonaro ainda nesta quarta-feira (18). A medida vai permitir a cada beneficiado receber cerca de R$ 200 mensais por um período de três meses.

“Preocupação do presidente é o mercado informal, são 38 milhões de brasileiros que estão nas praias vendendo mate, vendendo cocada na rua, são os flanelinhas”, afirmou.

Aos cofres federais, as medidas vão custar R$ 15 bilhões. O presidente Jair Bolsonaro solicitou ao Congresso que seja decretado estado de calamidade pública. A ideia é permitir a ampliação dos gastos do governo em ações desse tipo.

Vale lembrar que a proposta, que libera o governo de cumprir a meta fiscal deste ano, ainda precisa ser votada pelo Legislativo.

Responsabilidade dos pagamentos

A Caixa e o INSS devem ficar sob responsabilidade do pagamento dos vouchers aos selecionados para o programa. O Governo tem o objetivo de pagar direto em contas, sem necessidade de visita a agências.

O novo benefício tem valores bem próximos aos do Bolsa Família. Hoje, o benefício básico do programa chega ao valor de R$ 89 por família, com adicional variável que pode chegar a R$ 205.

Por conta do Coronavírus, Governo autoriza novos saques do FGTS

ministro da economiaPaulo Guedes, anunciou que vai injetar R$ 21,5 bilhões no FGTS, para que cotistas façam novos saques. O objetivo é que os efeitos do COVID-19-coronavírus sejam minimizados na economia do país.

O valor de R$ 21,5 bilhões faz parte de um total de R$ 147,3 bilhões em ações emergenciais que foram elaboradas pela pasta, como resposta ao surto. O dinheiro extra vai ser encaminhado para os fundos do PIS/Pasep.

Foi destacado pela equipe econômica que a maioria desses recursos disponíveis são referentes a contas de trabalhadores que atuaram com carteira assinada entre 1971 e 1988. Por conta do falecimento deles, o benefício foi estendido aos herdeiros, porém, por conta da baixa procura por este dinheiro, o governo fará uma reserva para que caso aconteçam novos saques, e vai também transferir os recursos para o FGTS.

˜Temos R$ 22 bi do PIS/Pasep, o fundo que nós já chamamos várias vezes. Houve já duas ondas de resgates, primeiro para os proprietários, depois para herdeiros. Nossa ideia é fazer uma fusão com o FGTS, vamos fazer uma reserva desses recursos para, eventualmente, caso os herdeiros apareçam. Se os herdeiros apareçam, os direitos estão mantidos. Feita essa reserva, os R$ 20 bi de recursos que sobrarem será liberado˜, disse Guedes sobre o assunto.

Porém, a viabilização da medida ainda depende de alteração na legislação. Ou seja, o governo está planejando enviar uma medida provisória (MP) nos próximos dias para tratar da questão. Detalhes sobre quem terá direito à nova rodada de saques ainda não foram definidos.

Veja também: Dinheiro na conta! Governo libera FGTS e PIS em quatro modalidades

Leia Também:

brasil 123  
12 Comentários
  1. Adriana Coelho de Oliveira Diz

    Me chamo Adriana e sou diarista em quatro casas , gostaria de saber se vou ter direito a esse benefício ,já que não estou indo trabalhar por conta do vírus

  2. turistando Diz

    muito bom seguirei seu blog fou muito util esse post!

  3. Aretusa Audrey Diz

    Como faço para saber se tenho direito , sou empregada doméstica autônomo , como e onde faz o cadastro ?

  4. Giliard freitas Diz

    Estou desmpregado a 1 ano e meio como eu faço para ter o beneficio de 200.00 reaia.

  5. Isabel Cristina Diz

    Bolsa ajuda quem está sem emprego

  6. Marlison Diz

    Eu estou desempregado e não recebo nenhum benefício,tenho conta poupança na caixa eu tenho direito,e como faço para adquirir e fazer tudo pelo aplicativo ?

  7. Indiana Diz

    O nosso presidente e mal interpretado infelizmente a mídia podre faz uma lavagem cerebral nas pessoas e todos acreditam depois todos vão ver que o nosso presidente tinha razão e ninguém apoiou

  8. Frank Diz

    Esse dinheiro e pra todos que estão desempregado ou não. No valor de 200

  9. Renata Vicente Da Silva Lima Diz

    Eu não ganho 89,00 de bolsa família ,terei o direito não empresária sou doméstica nesse momento não vou ter como trabalhar,meu benefício da bolsa família é 41,00

  10. Cristian Diz

    200 e uma vergonha moro d aluguel e tenho um filho pequeno quem vai paga o meu aluguel si tiver TD fechado e não trabalha

  11. Marcelo Borges da silva Diz

    Olá boa noite eu gostaria de saber das mulheres que trabalha como diarista essas. Vão poder ter esse benefício

    1. raquel Diz

      Quem recebe o bolsa família não vai receber Esse dinheiro que o governo vai liberar ?????

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?