Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

CAIXA libera valor complementar de R$498 do Saque Imediato FGTS no dia 20

A Lei 13.932/2019, que converteu a MP 889/2019, estabelece novo limite de valor para trabalhadores que tinham até um salário mínimo (R$ 998,00)

A CAIXA vai efetivar a liberação do valor complementar do Saque Imediato do FGTS a partir do dia 20 de dezembro de 2019, na próxima sexta-feira. A Lei 13.932/2019, que converteu a MP 889/2019, estabelece novo limite de valor para trabalhadores que tinham até um salário mínimo (R$ 998,00) na conta vinculada do Fundo no dia 24 de julho de 2019.

Segundo informações da Caixa, quem se enquadra nessa condição poderão realizar o saque do total do saldo da conta posicionado naquela data. Os novos valores citados contemplam mais de 10 milhões de pessoas e trarão um incremento de aproximadamente R$ 2,6 bilhões em relação ao previsto inicialmente.

Os trabalhadores nascidos de janeiro a outubro que já tiverem o valor do Saque Imediato de R$ 500 debitado de sua conta FGTS terão direito a sacar o valor complementar pelo mesmo canal de atendimento utilizado anteriormente. Para aqueles que optaram por crédito em conta, a diferença entre o valor já creditado e o novo limite, quando for o caso, será depositado automaticamente na data de 20 de dezembro, na mesma conta em que foi creditado o valor do Saque Imediato anteriormente.

Quem nasceu em novembro ou dezembro e que vão receber o valor do seu saque imediato nos canais físicos da CAIXA poderão sacar os valores já no novo limite, caso estejam enquadrados na nova Lei, de uma só vez, a partir o dia 18 de dezembro de 2019.

Os trabalhadores que possuíam saldo acima de R$ 998,00 em 24 de julho deste ano só terão direito ao Saque Imediato de até R$ 500 por conta de FGTS. Aqueles que tinham até R$ 500 na conta de FGTS naquela mesma data não terão valores complementares a receber.

Os valores estarão disponíveis para saque pelo trabalhador até 31 de março de 2020. “A CAIXA seguirá a estratégia de atendimento que tem sido muito bem sucedida, inclusive com o modelo simplificado de pagamento, e atenderá com tranquilidade os mais de 10 milhões de trabalhadores que receberão valores complementares do Saque Imediato”, disse o presidente da CAIXA, Pedro Guimarães.

 

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

8 Comentários
  1. Caique Diz

    Rebanho de DESGRAÇA.. País FDS!! Que palhaçada!! Tenho 1000 reais no meu FGTS enão vou poder sacar o complementar por causa de 2 reais!! Políticos filhos da puta!!

  2. Antônio Márcio Diz

    E pra quem tinha mais de um salário no meu caso tinha 2mil menos 500 da primeira vez ficou 1500,guma possibilidade de um dia liberar

  3. Carina Aparecida Carolino dos Santos Diz

    Não sei o que estão pensando mas acho uma Palhaçada tinha que liberar pra todos trabalhadores que tenham saudo na conta do FGTS…O dinheiro é nosso R$498,00 não vai deixar ninguém mais pobre.

  4. Mayara Diz

    É um absurdo isso de limitar quem recebe os 498,00 restantes, tds deveriam receber pois tds nos precisamos do dinheiro…..

  5. Carina Aparecida Carolino dos Santos Diz

    Palhaçada tinha que liberar pra todos trabalhadores que tenham saudo na conta do FGTS…

  6. Sueli Diz

    Gostaria de saber do saque complemetario eu saquei 500 mas na conta do fgts tem 4.000 vou poder sacar os 498

  7. Leonardo Diz

    E muita sacanagem e pra quem tem mais de um salário no FGTS não pode sacar os 498!
    Indignado.

  8. Day Diz

    Pq quem tem mais de 998 e so sacou 500 nao pode sacar o dinheiro é nosso poderia cair na nossa conta todo afinal foi a gente que trabalhou p ter essa grana o governo n deu nda nao

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?