Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

As estratégias genéricas no empreendedorismo

Um empreendimento sem estratégias e objetivos, corre um risco grande de falência, e isso vem aumentando gradativamente todos os dias.

Muitas empresas, acabam falindo antes dos dois anos de existência, isso por falta de planejamento e de estratégias. Mas afinal, quais são essas estratégias? Isso depende de empresa para empresa, porém, as estratégias genéricas podem atender qualquer empresa.

Essas estratégias dividem as categorias em indicadores específicos de desempenho, elas podem ajudar nas decisões estratégicas, são elas:

1- Competitivas de Porter

São três estratégias competitivas propostas por Porter para lidar com a concorrência, foco, diferenciação e liderança do custo.

  • Foco – é especializado no atendimento de um grupo de clientes, por meio de oferta de produtos ou serviços alinhados com suas particularidades.
  • Diferenciação – voltada para a criação e divulgação de vantagens competitivas próprias para o serviço ou produto.
  • Liderança do custo – nessa estratégia, o objetivo é oferecer um produto ou serviço mais barato.

2- Crescimento

O crescimento da empresa é algo muito desejável no mundo dos negócios.

E à medida que a reputação de uma empresa vai crescendo, mais pessoas acabam comprando dela. E o produto e serviço são uns dos alicerces desse crescimento.

Esse crescimento pode ser alcançado através da capacidade de atendimento, compra de concorrentes, fornecedores ou distribuidores e até parcerias com negócios complementares.

Lembrando, que essas são estratégias genéricas, nem todas as empresas podem atingir o sucesso através delas, somente as mais competentes.

Estratégias Genéricas

Outras modalidades também fazem partes dessas estratégias genéricas são:

  • Inovação

Lidera o processo de criar novos produtos e serviços. É o caso de empresas que investem em um produto ainda inexistente, para promover uma renovação de conceitos.

  • Oportunidade

Essa estratégia aproveita datas festivas ou determinadas ocasiões, como Natal, Dias dos Pais e eventos esportivos. Fora desses períodos, a atividade é reduzida ao mínimo.

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

  • Estabilidade

Usada por empresas que trabalham na defensiva, com focos estreitos e que relutam em procurar novas oportunidades ou situações diferentes.

  • Redução de despesas

Usada quando a empresa está ameaçada e sua eficiência comprometida.

Algumas empresas nesse momento acabam, reduzindo custos, simplificando a linha de produtos e em casos mais extremos vendendo o negócio para concorrentes.

  • Reação

No caso dessa estratégia genérica, a empresa age em função do comportamento de concorrentes, como copiar algum produto dele que é vitorioso em vendas.

  • Parcerias

Quando duas ou mais empresas, visam gerar vantagens competitivas para o conjunto, chamada de aliança estratégica. Essa aliança permite ao empreendedor expandir o alcance da sua empresa.

As estratégias são ações planejadas pela empresa para ganhar vantagem frente aos concorrentes e cenário de atuação.

Ela mostrará o caminho pelo qual a empresa seguirá, tendo como referência  o produto/serviço.

E como vimos, as estratégias genéricas podem servir para qualquer tipo de empresa, diferente das estratégias utilizadas nos planejamentos estratégicos, que seguem a linha da empresa que o planeja.

 

 

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?