Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Câmara aprova empréstimo de até R$ 50 mil através de maquininha de cartão

O valor de até R$ 20 bilhões em fundo administrado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), de acordo com o texto original, seja destinado a empresas com receita bruta entre R$ 360 mil e R$ 300 milhões.

Em julho, a Medida Provisória (MP) 975/20, que prevê a criação do programa de crédito para empresas, com empréstimos de até R$50 mil, foi aprovada pela Câmara dos Deputados. O que muda? Saiba tudo!

A nova medida aprovada pelo Plenário tem o objetivo de diminuir os efeitos econômicos provocados pela pandemia. O relator da MP, deputado Efraim Filho (DEM PB), propôs ampliar os beneficiários do Programa Emergencial de Acesso a Crédito (Peac).

O valor de até R$ 20 bilhões em fundo administrado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), de acordo com o texto original, seja destinado a empresas com receita bruta entre R$ 360 mil e R$ 300 milhões.

relator da MP foi além e propôs mais de R$ 10 milhões como objetivo de prestar auxílio aos Microempreendedores Individuais (MEIs), micro e pequenas empresas, associações, cooperativas, entre outros.

Crédito por maquininha

De acordo com o texto da Medida Provisória, o valor total de até R$50 mil poderá ser somada ao total a receber das vendas que forem provenientes de maquininhas de cartão eletrônico.

A medida anunciada inclui a concessão de créditos garantidos por cessão fiduciária de recebíveis por arranjos de pagamentos, tendo como referência operações de crédito ou débito.

Formas de auxílio

A proposta prevê o desenvolvimento de duas formas de auxílio, sendo a Peac-FGI, que se baseia no Fundo Garantidor de Investimentos do BNDES, e a Peac-Maquininha, conforme proposta.

Além de R$ 10 bilhões derivados dos R$ 34 bilhões que o governo já destinou ao Programa Emergencial de Suporte a Emprego (Pese), a segunda modalidade terá regras próprias.

Até agora, é importante destacar que metade do dinheiro do Pese está parado. Dessa forma, o valor não foi solicitado pelas empresas que, durante a pandemia, precisam de recursos para cobrir a folha de pagamento na pandemia.

Veja também: Auxílio de R$600: Botijão de gás liberado para compra com cartão virtual ou aplicativo

Leia Também:

brasil 123  
4 Comentários
  1. Renata Lima Diz

    Concordo com a expressão da Antônia , só falam ,falam e nada de liberar ,se é pelas vendas não tem como o banco perder ,pois será descontado direto das vendas ,poderiam agilizar antes que o que sobrou de microempresas ,acabem como as outras .
    Não eu não ,postei isto mesmo por que é a primeira vez que tento postar algo

  2. Renata Lima Diz

    Concordo com a expressão da Antônia , só falam ,falam e nada de liberar ,se é pelas vendas não tem como o banco perder ,pois será descontado direto das vendas ,poderiam agilizar antes que o que sobrou de microempresas ,acabem como as outras .

  3. Jair rodrigues Diz

    Ninguém ta entendendo se todas as máquinas de cartão tem direito dese empréstimo

  4. Antônia Diz

    Eles só falam, e não disponibilizam logo esse dinheiro. Pq as maquininha não liberam logo?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?