Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

IBAMA: Saiu o novo edital para níveis alfabetizado e médio! Até R$ 2.090

As vagas oferecidas no edital IBAMA serão oferecidas para profissionais de níveis alfabetizado e médio. As oportunidades são oferecidas para brigadistas

Edital publicado. O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (IBAMA) faz saber aos interessados a abertura do edital com o objetivo de preencher 15 vagas para atuação na prevenção e combate à incêndios florestais. O Centro Especializado Prevfogo e suas Coordenações Estaduais tem a responsabilidade.

As vagas oferecidas no edital IBAMA serão oferecidas para profissionais de níveis alfabetizado e médio. As oportunidades são oferecidas para brigadistas, conforme distribuição abaixo:

O edital reserva vagas para Brigadista de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (12 vagas), Brigadista Chefe de Esquadrão (02 vagas) e Brigadista Chefe de Brigada (01 vaga).

Para concorrer ao primeiro cargo será necessário ser alfabetizado; ter no mínimo 18 anos de idade e no máximo  59 anos completos na data da inscrição; e possuir curso de formação de brigadas de prevenção e combate aos incêndios florestais ministrado pelo ICMBio ou IBAMA. A remuneração é de R$1.0145, por jornada de 40 horas semanais.

O cargo de Brigadista Chefe de Esquadrão requer o ensino alfabetizado; Ter entre 18 e 59 anos completos na data da inscrição; e Possuir curso de formação de brigadas de prevenção e combate aos incêndios florestais ministrado pelo IBAMA ou ICMBio. O salário é deR$ 1.567,50. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais. mais benefícios, como auxílio-alimentação, auxílio-transporte e seguro acidente e auxílio pré-escolar.

Por fim, o a função de Brigadista Chefe da Brigada requer ensino médio completo;  Ter no mínimo 18 e no máximo 59 anos completos na data da inscrição; e possuir curso de formação de brigadas de prevenção e combate aos incêndios florestais ministrado pelo IBAMA ou ICMBio. O salário é de R$2.090, por jornada de 40 horas semanais.

Além dos salários citados, os profissionais vão contar com auxílio pré-escolar, auxílio-transporte seguro acidente e auxílio-alimentação.

Os aprovados vão atuar na cidade de Porto Seguro (BA) na Terra Indígena Coroa Vermelha. A validade do contrato será de seis meses.

Inscrições e Etapas

Os interessados em concorrer a uma das vagas poderão se inscrever entre 21 e 25 de setembro, na Coordenação Regional da Funai – Sul da Bahia, que fica na Rua da Cajazeiras, nº 144, Manoel Carneiro, Porto Seguro (BA). O horário de atendimento vai das 08h às 12h e das 14h às 17h.

No ato da inscrição é necessário ter a ficha preenchida e os documentos necessários (conforme edital).  Após isso, os candidatos serão avaliados, em duas etapas, conforme disposto a seguir:

Análise curricular: terá valor de 100 pontos e tem caráter eliminatório e classificatório. Para ser aprovado será necessário obter a nota mínima de 5 pontos;

Teste físico: os candidatos deverão percorrer uma distância de 2.400 metros transportando uma bomba costal cheia d´água, pesando aproximadamente 24 quilogramas. O percurso deverá ser concluído em até 30 minutos. Segundo o edital, não será permitido correr.

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

7 Comentários
  1. Regivaldo Andrade Jovita Diz

    Estou em Itabuna como faço a inscrição e enviar curriculium

  2. Doralice Maria dos Santos Matias Diz

    é uma vergonha e um pouco caso. por. quem vai trabalhar apagando

  3. André Diz

    Essa quantidade de brigadistas não dar pra apagar nem uma fogueira de São João kkkk😅😡

  4. Sandra Diz

    Bola fora do governo Bolsonaro. Estou indignada com meu presidente, deixar a mata e reresrvas serem destruídas, os animais morrerem. Colocou uns gatos pingados para apagar o fogo ao invés de mandar um batalhão de homens e aviões para resolver o problema. Estou decepcionada.☹️☹️☹️😠

  5. Mungncngf Diz

    Esse processos seletivo do Ibama pra brigadista florestal deveria abrir concurso , deixar os caras fixos e não fazer selecao a cada seis meses , tem que ter concurso

  6. Jaqueline Lopes De Abreu Diz

    Deveriam contratar para os locais onde tem fogo. Esses locais até os bixos estão morrendo e as florestas estão queimadas. Não fazem nada pela região onde está acontecendo as queimadas .

  7. Diego Diz

    salário muito baixo, vergonhoso.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?