Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso TRF 3ª Região 2019: Saiu o edital para nível médio e superior! Até R$18mil

Tribunal Regional Federal da 3ª Região, que compreende os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, abriu vagas para cargos de Técnico e Analista Judiciário


O Tribunal Regional Federal da 3ª Região, que compreende os Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, faz saber aos interessados a abertura de novo edital de concurso público (Edital Concurso TRF 3ª Região 2019). De acordo com o documento publicado, as oportunidades são destinadas aos cargos de Técnico e Analista Judiciário.

O edital do concurso TRF-3 conta com 09 vagas, além de cadastro reserva. A Fundação Carlos Chagas (FCC) tem a responsabilidade do certame. As vagas estão distribuídas conforme lotação dos aprovados:

TRF-3 Sede

CargoEscolaridadeVagas
Técnico Judiciário – Área AdministrativaNível Médio1+CR
Técnico Judiciária – Área Apoio Especializado – InformáticaNível Médio1+CR
Analista Judiciário – Área JudiciáriaNível Superior1+CR
Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – InformáticaNível Superior1+CR

Seção Judiciária de São Paulo (Capital e Interior)

CargoEscolaridadeVagas
Técnico Judiciário – Área AdministrativaNível Médio2+CR
Analista Judiciário – Área JudiciáriaNível Superior2+CR

Seção Judiciária do Mato Grosso do Sul

CargoEscolaridadeVagas
Técnico Judiciário – Área AdministrativaNível Médio1+CR

Salários e Benefícios

De acordo com o edital do concurso TRF-3, o salário dos servidores do TRF é composto pelo vencimento básico e Gratificação de Atividade Judiciária de 108% (GAJ). Além disso, outras gratificações podem ser adicionadas ao vencimento. Veja os valores:

CargoInicialFinal
Analista Judiciário (vencimento básico + GAJ)R$ 12.455,30R$ 18.701,52
Técnico Judiciário (vencimento básico + GAJ)R$ 7.591,37R$ 11.398,39

Além dos salários, os profissionais contarão com:

  • Auxílio alimentação: R$ 910,08
  • Assistência pré-escolar: R$ 719,62
  • Assistência médica e odontológica: R$ 215,00
  • Auxílio-transporte

Prepare-se: Apostila Concurso TRF 3ª Região 2019 – Atualizada

Inscrição Concurso TRF-3ª Região 2019

Os interessados em concorrer a uma das vagas do concurso TRF-3ª Região 2019 poderão se inscrever entre 12 de setembro e 02 de outubro de 2019, no site oficial da banca organizadora do concurso (https://www.concursosfcc.com.br). A taxa de inscrição custa R$85,00 para Técnico e R$95,00 para Analista. A taxa pode ser paga até 02 de outubro.

Etapas e Provas do Concurso TRF-3ª Região 2019

O concurso vai contar com uma prova objetiva com 60 questões para os dois cargos envolvendo conhecimentos nas áreas de Conhecimentos Gerais (20 questões) – Português, Raciocínio Lógico-Matemático, Noções dos Direitos das pessoas com Deficiência, Noções de Sustentabilidade, Noções de Governança Corporativa, Noções de Gestão Estratégica, Noções de Direito Administrativo, noções de direito constitucional e Conhecimentos Específicos (40 questões).

As provas objetivas serão aplicadas em São Paulo (SP) para os inscritos na seção judiciária do estado e na cidade de Campo Grande (MS) para os candidatos inscritos na seção judiciária do estado de Mato Grosso do Sul. O exame está marcado para 1º de dezembro de 2019.

Os locais de provas serão divulgados através de edital próprio no dia 11 de novembro. Além disso, haverá uma prova discursiva/estudo de caso para os cargos, com exceção para Técnico Judiciário na área Administrativa, que terá prova discursiva/redação.

Os gabaritos preliminares serão divulgados no dia 02 de dezembro. O resultado está previsto para ser publicado no dia 31 de janeiro de 2019.

topapostilas.com.br

Sobre os cargos

CARGO DE ANALISTA JUDICIÁRIO

Área Judiciária – 01: Realizar atividades de nível superior a m de fornecer suporte técnico e administrativo, favorecendo o exercício da função judicante pelos magistrados e/ou órgãos julgadores. Compreende o processamento de feitos, a elaboração de pareceres, certidões e relatórios estatísticos e a análise e pesquisa de legislação, doutrina e jurisprudência. Envolve a indexação de documentos e o atendimento às partes, dentre outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade;

Área Apoio Especializado – Especialidade Informática – 02: Realizar atividades de nível superior a m de garantir o adequado processamento automático de informações. Compreende o planejamento, o desenvolvimento, a documentação, a implantação e a manutenção dos sistemas informatizados de processamento de informações. Envolve a definição de estratégias e de novas metodologias a serem utilizadas para processamento, arquivamento e recuperação automática de informações, bem como a emissão de pareceres técnicos, o atendimento aos usuários dos sistemas e outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade;

CARGO DE TÉCNICO JUDICIÁRIO

Área Administrativa – 03: Realizar atividades de nível intermediário a m de fornecer auxílio técnico e administrativo, favorecendo o exercício da função judicante pelos magistrados e/ou órgãos julgadores e o exercício das funções necessárias ao adequado funcionamento da organização. Compreende o processamento de feitos, a redação de minutas, o levantamento de dados para elaboração de relatórios estatísticos, planos, programas, projetos e para a instrução de processos, a pesquisa de legislação, doutrina e jurisprudência, a emissão de pareceres, relatórios técnicos, certidões, declarações e informações em processos. Envolve a distribuição e controle de materiais de consumo e permanente, a elaboração e conferência de cálculos diversos, a digitação, revisão, reprodução, expedição e arquivamento de documentos e correspondências, a prestação de informações gerais ao público, bem como a manutenção e consulta a bancos de dados e outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade;

Área Apoio Especializado – Especialidade Informática – 04: Realizar atividades de nível intermediário a m de garantir a adequada automatização de rotinas, por intermédio do desenvolvimento, codificação, teste, implantação, documentação e manutenção dos programas e sistemas, dentre outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

Conteúdo Programático

Português: Interpretação de texto. Argumentação. Pressupostos e subentendidos. Níveis de linguagem. Ortografia e acentuação. Articulação do texto: coesão e coerência. Classes de palavras. Sintaxe. Termos da oração. Processos de coordenação e subordinação. Discurso direto e indireto. Tempos, modos e vozes verbais. Flexão nominal e verbal. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Ocorrência da Crase. Pontuação. Equivalência e transformação de estruturas. Redação;

Raciocínio Lógico-Matemático: Estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, objetos ou eventos fictícios; deduzir novas informações das relações fornecidas e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações. Compreensão e elaboração da lógica das situações por meio de: raciocínio verbal, raciocínio matemático, raciocínio sequencial, orientação espacial e temporal, formação de conceitos, discriminação de elementos. Compreensão do processo lógico que, a partir de um conjunto de hipóteses, conduz, de forma válida, a conclusões determinadas;

Noções dos Direitos das Pessoas com Deficiência: Inclusão, direitos e garantias legais e constitucionais das pessoas com deficiência (Lei nº 13.146/2015). Normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida (Lei nº 10.098/2000) e Prioridade de atendimento às pessoas com deficiência (Lei nº 10.048/2000);

Noções de Sustentabilidade: Competências das unidades socioambientais no Poder Judiciário e Plano de Logística Sustentável (Resolução CNJ nº 201/2015). Princípios de sustentabilidade nas licitações (Artigo 3º da Lei nº 8.666/1993, regulamentado pelo Decreto nº 7.746/2012 e suas alterações). Política Nacional sobre Mudança do Clima (Lei nº 12.187/2009). Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei nº 12.305/2010). Conceito de Desenvolvimento Sustentável (Relatório Brundtland). Agenda Ambiental da Administração Pública do Ministério do Meio Ambiente (A3P). Critérios de sustentabilidade nos procedimentos de contratação de serviços na Administração Pública (Instrução Normativa nº 5/2017). Meio Ambiente (Arts. 170 e 225 da Constituição Federal).

Noções de Governança Corporativa: Gestão por processos. Gestão de riscos. Gestão de projetos. Processos de análise e tomada de decisão. Gerenciamento de crise. Compliance. Conceitos suporte da alta administração, código de conduta, controles internos, treinamento e comunicação;

Noções de Gestão Estratégica: Gestão Estratégica do Poder Judiciário (Resolução CNJ nº. 198/2014 – ref. ao ciclo 2015-2020). Ferramentas de análise para Gestão e Planejamento Estratégico, Tático e Operacional. BSC – Balance Score Card, Estratégias, Indicadores de Gestão, Gestão de Projetos e Gestão por Competências.

Validade

A validade do concurso TRF-3 será de dois anos, a contar da data da publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma vez, por igual período, a critério do Tribunal Regional Federal da 3ª Região.

Informações do concurso
  • Concurso: Tribunal Regional Federal – TRF 3
  • Banca organizadora: Fundação Carlos Chagas (FCC)
  • Escolaridade: médio e superior
  • Número de vagas: 09 + CR
  • Remuneração: até R$ 18.701,52
  • Inscrições: entre 12 de setembro e 02 de outubro de 2019
  • Taxa de Inscrição: R$85,00 para Técnico e R$95,00 para Analista
  • Provas: 01 de dezembro de 2019
  • Situação: PUBLICADO

Edital Concurso TRF-3 Região 2019

[PRÉ VENDA] (Apostila Digital) TRF 3ª Região SP / MS 2019 - Técnico Judiciário - Área Administrativa
[PRÉ VENDA] Apostila TRF 3ª Região SP / MS 2019 - Técnico Judiciário - Área Administrativa
[PRÉ VENDA] (Apostila Digital) TRF 3ª Região SP / MS 2019 - Analista Judiciário - Área Judiciária - Sem Especialidade

 

[PRÉ VENDA] Apostila TRF 3ª Região SP / MS 2019 - Analista Judiciário - Área Judiciária - Sem Especialidade

Leia Também:

top planilha
2 Comentários
  1. valter Diz

    trf não é empresa pública, nem sociedade de economia mista, não tem como privatizar

  2. Oziane Diz

    Só vai cair nessa de concurso público quem foi bobo, porque quem não sabe que todas as estatais vão ser privatizadas, que história de concurso público pelo amor de Deus .será que eles não cansam de tirar o dinheiro do povo porque cada concurso você paga uma taxa é um absurdo. Vão procurar o que fazer 💩💩💩💩

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.