Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso PC-PE 2016 – Edital este trimestre com 966 vagas! Salários de até R$ 12.229,81!1

Está quase tudo pronto! Os concurseiros que aguardam o concurso da Polícia Civil de Pernambuco já podem se animar. De acordo com o secretário estadual de Planejamento e Gestão, Danilo Cabral, o edital do concurso PC-PE será publicado nas próximas semanas. Segundo Cabral, o governador já autorizou o concurso PC-PE e a previsão é que o edital seja publicado em breve. “O governador determinou que fosse feito um novo concurso que já está autorizado e deve sair nos próximos 45 dias, tanto da Polícia Militar quanto da Polícia Civil para que a gente possa reforçar este quadro”, disse o Secretário

O concurso da Polícia Civil de Pernambuco (PC-PE) 2016 já está bem avançado. Prova disso, é a escolha do Cespe/UnB como organizador, com diversas reuniões já realizadas. O cronograma está sendo fechado para a divulgação do edital PC-PE. O concurso da Polícia Civil de Pernambuco (Concurso PC-PE 2016) vai oferecer 966 vagas para Delegado de Polícia (100); Agente de Polícia (500); Escrivão de Polícia (50); Médico Legista (40); Perito Criminal (56); Auxiliar de Legista (73); Auxiliar de Perito (96); e Perito Papiloscopista (51). Para o cargo de delegado é exigido apenas nível superior em direito, já para médico graduação em medicina e registro no conselho de classe da categoria, os demais requerem nível superior para atuação. Os salários chegam a até R$ 12.229,81, já incluídas as gratificações.

Os inscritos no concurso PC-PE 2016 serão avaliados por provas objetivas e discursivas de conhecimentos, testes físicos, exames médicos e psicológicos e investigação social, além de curso de formação profissional.

Último Concurso PC-PE

O último concurso da Polícia Civil do Estado de Pernambuco foi realizado em 2007. Na oportunidade foram oferecidas apenas 61 vagas, sob organização da Upenet/Iaupe. Os inscritos foram avaliados por provas objetivas, avaliação psicológica, investigação social e curso de formação.

Comentários estão fechados.