Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Chile é líder em vacinação no mundo

Sebastian Piñera, presidente do Chile, negociou a compra de vacinas em maio de 2020 (Imagem: Reuters/Rodrigo Garrido)
Sebastian Piñera, presidente do Chile, negociou a compra de vacinas em maio de 2020 (Imagem: Reuters/Rodrigo Garrido)

O governo do Chile anunciou nesta semana que está em primeiro lugar no ranking mundial de doses aplicadas por 100 mil habitantes. Lá, 1,08 pessoa já está imunizada a cada 100 mil pessoas.

Para chegar a essa marca, o Chile vacinou até o início de março 20% da população. Esse número representa um total de 4 milhões de pessoas imunizadas.

A expectativa do governo chileno é vacinar pelo menos 80% das pessoas até junho.

Além do Chile, países como Israel, Estados Unidos e Reino Unido têm as melhores marcas de vacinação do mundo todo. O Brasil, por outro lado, tem uma vacinação de 0,17 pessoas a cada 100 mil pessoas.

Na imagem abaixo, você o ranking dos países publicado pelo governo chileno.

Motivos para o sucesso do Chile

O Chile chegou a essa posição privilegiada no ranking mundial devido a uma série de fatores estratégicos.

O presidente do país, Sebastian Piñera, começou a negociar a compra de vacinas desde maio de 2020, quando o Brasil ainda discutia se a Covid-19 era perigosa ou não.

Além disso, Piñera negociou com 3 empresas produtoras. Com essa diversidade, não houve problemas de dependência de apenas uma empresa.

O governo diz ainda que houve grande integração entre o ministério da Saúde e o da Tecnologia, de modo que o planejamento para compra de vacinas foi muito facilitado no país.

Leia ainda: Governo prevê liberação de novos benefícios durante a pandemia; veja

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.