Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

STF vota suspeição de Sergio Moro; entenda

Suspeição de Sergio Moro já era julgada desde 2018, mas havia sido adiada após pedido de vista (Imagem: Agência Senado)
 (Imagem: Agência Senado)

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) vota nesta terça-feira (9) a suspeição de Sergio Moro no julgamento do ex-presidente Lula no caso do Triplex do Guarujá.

Até o fim desta tarde, o placar da votação está 2 a 1 contra a suspeição do ex-juiz. Votou a favor apenas o ministro Gilmar Mendes e contra os ministros Edson Fachin e Cármen Lúcia.

O julgamento da suspeição de Sergio Moro, no entanto, será adiado devido ao pedido de vistas do ministro Nunes Marques.

Ainda assim, Ricardo Lewandowski continuou a realizar a leitura de seu voto. Ele está a favor de Gilmar Mendes e contra Moro. Para ele, as ações cometidas contra o ex-presidente Lula sao inaceitáveis, dadas as condições nas quais o julgamento se deu.

A ministra Cármen Lucia, contudo, afirmou que tem um novo voto por escrito. É possível que ela mude sua posição, assim que o julgamento retornar.

O que seria a suspeição de Sergio Moro?

A suspeição, em palavras mais simples, significa uma suspeita a respeito da conduta de um juiz em um julgamento.

Nesse caso, se o STF aprovar esse entendimento contra Sergio Moro, a validade de suas decisões podem ser prejudicadas.

As suspeitas contra Moro começaram após áudios da Operação Spoofing mostrarem uma relação indevida entre o juíz e os promotores da Operação Lava Jato, em Curitiba.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.