Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Como se preparar emocionalmente para o ENEM?

Para se preparar emocionalmente para o ENEM é necessário pensar no assunto com uma certa antecedência. Afinal, não é possível mudar as emoções ou entendê-las de um segundo ao outro, concorda?

Pensando nisso, reunimos algumas considerações que podem lhe ajudar a se preparar para esse dia tão importante! Lembre-se, também, de que a psicoterapia também pode ajudar nesse momento.

Vamos lá!

Como se preparar emocionalmente para o ENEM?

Existem diversas ações que podem lhe ajudar a se preparar emocionalmente para o ENEM. Algumas são mais simples, outras exigem um autocontrole um pouco mais profundo. Veja:

1. Parta da premissa da antecedência

Fazer as coisas com antecedência é uma das peças-chave para conseguir se preparar emocionalmente para o ENEM. Quando deixamos tudo para cima da hora, acabamos sobrecarregando a mente e o corpo, atrapalhando os nossos resultados.

Por isso, comece a organizar a sua rotina de estudos de forma efetiva, e vá vencendo tudo aos poucos. Da mesma forma, comece a se atentar para os gatilhos emocionais que fazem parte da sua vida, a fim de entendê-los e aprender a lidar melhor com isso.

2. Divida os estudos em partes

Seguindo o que apontamos acima, comece dividindo os seus estudos em partes. Isso, por si só, pode lhe ajudar a aprender melhor, evitando o estresse e, em algumas circunstâncias, a ansiedade.

Porém, lembre-se de se policiar para focar na etapa que você está fazendo, e não no todo.

3. Cuidado com os pensamentos repetitivos

Sabe aqueles pensamentos repetitivos de “é muita coisa” ou “não vou conseguir passar” que insistem em invadir a mente? Saiba quais são eles!

Quanto mais conhecimento você tiver sobre esses pensamentos, mais fácil será detectá-los para tirá-los da sua mente quando necessário.

Distraia-se. Converse com alguém. Ouça uma música. Só não permita que os pensamentos repetitivos ordenem as suas sensações e emoções.

4. Não negligencie as suas emoções

Nunca negligencie o que você está sentindo. Se o estresse estiver muito intenso, dê uma pausa. Se a ansiedade magoar você, chore se precisar. E assim por diante.

Só não vale “engolir tudo” achando que isso é o certo, afinal, essa sobrecarga poderá voltar à tona mais tarde, em uma grande crise emocional.

5. Cuidado com as expectativas criadas

Não exagere nas expectativas que você tem criado sobre a sua prova. Para se preparar emocionalmente para o ENEM é preciso estar ciente de que os erros podem sim aparecer, prejudicando a sua nota.

Portanto, nada de colocar a sua métrica acima do que poderia ser considerado “normal”. Metas irreais machucam.

Ao mesmo tempo, converse com a sua família para que eles não depositem expectativas que possam gerar frustrações e mágoas depois.

6. Pense em aprender com os erros

Já esteja preparado para aprender com os erros – pois eles podem surgir. Para isso, ancore a sua mente na ideia de que mesmo se você não passar com a nota que gostaria, ainda assim estará absorvendo experiências e conhecimentos. E que isso é muito valioso para o seu futuro.

 

Boa sorte na sua prova e muito sucesso para você!

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.