Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Rússia revisa dados e mortes por COVID-19 triplicam

O Serviço Federal de Estatísticas da Rússia (Rosstat) informou que realizou uma revisão dos casos de coronavírus. Após a análise confirmou-se que as mortes por Covid-19 triplicam.

Em resumo, os dados foram notificados na segunda-feira (28) e confirmaram o óbito de 186 mil russos. Todos eles ocorreram por decorrência da doença, entre janeiro e dezembro. Assim, tem-se um número três vezes maior do que os 55 mil apontados antes.

Somente no último mês foram registrados 26 mil falecimentos no país. Logo, os números crescentes preocupam cada vez mais os profissionais de saúde. Porque o sistema não possui infraestrutura para lidar com um aumento tão drástico.

Porque ocorreu o “erro” na contagem

De acordo com o órgão russo foi possível notar um aumento de 229.700 mortes em 2020. O número tem como comparação o mesmo período do ano anterior. Sendo assim, um dos anos de maiores perdas que ocorreram na nação. 

Confirmou-se que desse número mais de 81% foi pelo coronavírus. Logo, o vírus foi o principal responsável por uma quantidade de óbitos enorme. 

As mortes por Covid-19 triplicam por falhas de diagnóstico e testagem ao longo do ano. Portanto, com a atualização, a Rússia tornou-se o terceiro país com maior número de falecimentos. Mas, antes temos:

  • Estados Unidos da América (335.208);
  • Brasil (191.570).

Os dados ainda não foram atualizados no site da Universidade Johns Hopkins. Nele os russos ainda ocupam a oitava posição com 55.017 falecimentos. 

Há muitas denúncias que os dados foram fraldados pelo governo. Assim, já havia questionamentos acerca da real quantidade de infectados e mortos pelo novo coronavírus.

As mortes por Covid-19 triplicam agora, mas, em outubro o Rosstat já havia divulgado dados divergentes. Na data em questão, o órgão informou que morreram 45.663 pessoas enquanto o governo divulgava 21.375.

Mortes por Covid-19 triplicam

Aparentemente o estado de Putin decidiu por adulterar seus números divulgados. Dessa forma, ele informa que mantém a doença sob controle, mesmo sendo mentira.

Muitos opositores denunciaram a estratégia de fraldar números feita pelo presidente. Porque dessa forma ele mostra-se superior para a população russa e para autoridades externas.

As mortes por Covid-19 triplicam apenas como uma retratação às milhares de pessoas que faleceram. Já que infelizmente os óbitos tornaram-se números estratégicos para o governo. Assim, ele prefere omitir a situação do que expor a verdade a todos.

Neste momento é preciso de apoio de toda a população. Dessa forma, recomenda-se que mantenham o isolamento. Assim, há chances de que os casos parem de aumentar.

Avalie o Texto.

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.