Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concursos Públicos: Questão comentada sobre interpretação textual e ensino de português

Questão da banca FGV (Fundação Getúlio Vargas).

A interpretação textual é um dos assuntos mais recorrentes nas provas de português de concursos públicos e, ainda assim, tem alto índice de erro entre os concurseiros.

Além do hábito de leitura, a melhor maneira de se preparar para a interpretação de texto em concursos é treinando em provas anteriores. Por esse motivo, apresentamos abaixo uma questão de interpretação textual em um concurso para professor de português de Ensino Fundamental II e Médio. Confira!

Questão – FGV (2016)

“Chega-se, portanto, a mais um momento de questionar que gramática queremos ensinar: a gramática entendida como um sistema único ou a gramática como um diassistema? Valoriza-se a língua escrita, a língua oral, ou ambas? Qual a função do texto? Ensina-se redação ou trabalha-se com produção textual? Cobra-se ou incentiva-se a leitura? Parece-nos já se ter chegado a um consenso: ensina-se a gramática como diassistema, valorizando-se todas as modalidades linguísticas, adequadas a cada situação em particular; o texto é estudado em suas potencialidades expressivas; trabalha-se com produção textual; incentiva-se sempre a leitura”.

Segundo esse segmento do texto de Nícia de Andrade, diante da frase “Me empresta algum dinheiro, amigo!”, a posição didática do professor de Língua Portuguesa deve ser a de:

(A) condenar universalmente a construção por inadequada à norma culta
(B) mostrar a inadequação à norma culta, mas destacar sua adequação a outras situações de comunicação.
(C) indicar a adequação da construção já que é estrutura predominante na linguagem coloquial.
(D) criticar a construção, independentemente da situação comunicativa, em virtude de a frase ser iniciada por pronome oblíquo átono.
(E) destacar a importância da participação linguística do povo na construção da língua portuguesa.

Comentário e gabarito

O primeiro passo para a interpretação de textos é a leitura completa do enunciado e o estabelecimento da ideia central exigida pela questão. Desse modo, podemos observar que é necessário encontrar no texto associado a posição didática do professor de Língua Portuguesa para a situação apresentada.

Assim, ao ler e interpretar o texto associado, é possível observar a resposta no trecho “Parece-nos já se ter chegado a um consenso: ensina-se a gramática como diassistema, valorizando-se todas as modalidades linguísticas, adequadas a cada situação em particular”.

No trecho destacado, a ideia expressa pela autora do texto é a de que o ensino de gramática deve ser feito considerando-se a pluralidade do sistema gramatical, com respeitos as modalidades linguísticas, e de forma contextualizada. Ou seja, buscando explicar no ensino de gramática a adequação aos contextos de uso da língua, o que envolve os usos da linguagem coloquial, como o emprego do pronome oblíquo átono “me” iniciando uma frase.

Desse modo, a resposta correta é a alternativa B.

E aí? Ainda tem alguma dúvida? Deixe aqui seu comentário.

Veja mais questões comentadas aqui.
Confira  5 dicas para melhorar a interpretação de textos para concursos e vestibulares.

Interpretação de textos em Concursos Públicos

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?