Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

CNH grátis e fim de autoescola obrigatória em 2020? Entenda

A senadora Katia Abreu (PDT-TO) defendeu no último dia 11 de fevereiro, em Plenário, dois projetos de lei que prevê CNH grátis e fim de autoescola obrigatória

A senadora Katia Abreu (PDT-TO) defendeu no último dia 11 de fevereiro, em Plenário, dois projetos de lei de sua autoria que estabelecem o fim da obrigatoriedade de autoescola para obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e a gratuidade da carteira de motorista. Para ela, tanto os cursos obrigatórios nas autoescolas quanto as altas taxas pela CNH são antieconômicos e prejudicam as pessoas de baixa renda. As informações são da Agência Senado.

Segundo a Senadora, os projetos favorecem a grande massa de brasileiros pobres, já que o país tem uma demanda potencial de 84 milhões de pessoas com mais de 18 anos sem carteira de motorista, a maior parte delas de baixa renda. A senadora citou, ainda, dados do IBGE que mostram que 52 milhões de cidadãos ganham até um salário mínimo. Por esse motivo, Kátia falou que grande parte da população não tem condições de arcar com os preços abusivos das autoescolas e taxas do Detran.

O projeto (PL 6.485/2019), que suspende a obrigatoriedade da autoescola, autoriza a volta do instrutor de direção independente. Para isso será preciso ter 25 anos, três anos de direção e se credenciar ao Detran.

Gratuidade

“E por que, com relação à carteira de motorista, eu sou obrigada a pagar autoescolas e sou obrigado a pagar taxas abusivas nos Detrans dos estados deste país, com raríssimas exceções? Hoje, Detran, Procon e Secretaria de Meio Ambiente nos Estados viraram órgão arrecadatório, viraram Secretaria de Fazenda, arrancando dinheiro do contribuinte a qualquer preço e custo”, criticou.

Kátia Abreu relembrou que, por lei, as multas de trânsito deveriam ser investidas no próprio trânsito, na sua grande maioria.

“De 2014 a 2018, quatro aninhos, foram arrecadados neste país R$ 43,5 bilhões de multas no trânsito. Trânsito, R$ 43,5 bi. Quanto custaram as carteiras de motorista nesse mesmo período? Foi arrecadado quanto em carteiras de motorista? Quem quer arriscar? Foram R$ 7,8 bi. Então, os R$ 43 bilhões em multas arrecadadas são mais do que suficientes para dar gratuidade à carteira de motorista”, concluiu.

Veja também: DETRAN: Duas novas categorias de CNH podem ser criadas este ano; Entenda!

Leia Também:

top planilha
4 Comentários
  1. arnaldo Diz

    sou a favor voce aprende a dirigir na pratica e nunca vi ninguém morrer fazendo baliza sai da auto escola que ensina a andar a 30 km por hr e nem pista entra …. sou a favor sim nao aprendi nada na auto escola aprendi no dia dia auto escola so pra roubar dinheiro e reprovar por merda nenhuma

  2. Christina Helena Salles Betti Diz

    Se a intenção é auto escola grátis para os de baixa renda. Então retira o IPVA, abaixa a gasolina, abaixa o valor do carro. Porque é de conhecimento de todos que carro é uma família.Ao invés disto melhora a saúde , que todos possam ser atendidos e não ficar na fila do SUS por uma eternidade. Vocês parecem que quer desviar a atenção do povo para o caos que vivemos como o desemprego. seja resiliente tenha boas ideias se não consegue peça ajuda.

  3. elisabete Diz

    burrice acabar com as ato escolas as pessoas aprendem muito e ai gerar mais desemprego —- por que eles nao votam fim de auxilios moradia gasolina paleto e por ai vai

  4. Firinne Gile Diz

    Eita como esquerdista é safado. Quando Bolsonaro mexeu na pontuação já falaram que ia todo mundo começar a bater, a ter acidente, a ter catástrofe. Aí é de esquerda pode. Imagina se ele sugerisse isso. Mulher ridícula pensando em voto.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.