Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Organização criminosa é desarticulada pela PF

organização criminosa
A Polícia Federal deflagra nesta quinta-feira-feira, 11/2, a Operação MINUS, com o objetivo de desarticular e descapitalizar organização do crime (Imagem: Agência PF)

A Polícia Federal brasileira, no nordeste e no centro-oeste, deflagrou nesta quinta-feira-feira, 11/2, a Operação MINUS, com o objetivo de desarticular e descapitalizar uma organização criminosa criada e voltada para efetuar lavagem de dinheiro oriundo do tráfico de drogas e outras operações criminosas.

Estão sendo cumpridos três mandados de prisão preventiva, sendo dois em Campo do Brito/SE e um em Campo Grande/MS. Além disso, outros nove mandados de busca e apreensão, dos quais um em Aracaju/SE, oito em Campo do Brito/SE e um em Campo Grande/MS.

Leia ainda: Bolsonaro deixa Hamilton Mourão de fora de reunião

Ações contra organização criminosa

Diversas ações pautaram o dia de investigações da Polícia. Em várias partes, estão sendo sequestrados bens (móveis, imóveis e semoventes), no valor aproximado de R$ 2,3 milhões, pertencentes aos integrantes da organização criminosa, restando ainda apurar os valores bloqueados nas contas dos investigados. Todos os mandados foram expedidos pelo Juízo da Comarca de São Domingos/SE.

Durante as investigações desta quinta-feira, a Polícia Federal, através de seus agentes, reuniu provas de que indivíduos envolvidos com tráfico de drogas utilizavam estabelecimentos comerciais, situados em Campo do Brito, no Sergipe, para o branqueamento de capitais.

Os investigados pela Polícia Federal respondem pelos crimes de lavagem de dinheiro (artigo 1º da Lei nº 9.613/98) e de organização criminosa (artigo 2º da Lei nº 12.850/13).

Leia ainda: PF apura fraudes em licitação no RJ

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.