Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Ibovespa Futuro cai forte devido nova cepa

O Ibovespa Futuro cai devido a descoberta de uma nova mutação do Covid-19. Assim, essa recente cepa tem deixado tanto cientistas quanto analistas financeiros em alerta. Pois, infecta 70% mais que as demais variantes do vírus.

Essa notícia abalou os índices recentes do Ibovespa. Juntamente, com o fato de a Europa estar com medidas de restrição em vigor. Por isso, o preço do petróleo desabou mais de 5% no exterior. 

Esses fatos eclipsaram a vacina da Moderna aprovada nos Estados Unidos. Então, entenda qual será o futuro da economia. Por fim, veja como está a pandemia em território brasileiro. 

Ibovespa Futuro cai com recente mutação do coronavírus

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, anunciou que não irá aliviar as restrições impostas. Dessa forma, as famílias terão que se adaptar para o encontro de natal. 

Devido o rápido contágio dessa nova cepa gerou mais confinamentos em Londres. Inclusive, nas áreas sudeste e leste da Inglaterra também. 

Esse fato acabou apagando o brilho das boas notícias americanas. Pois, mais uma nova vacina começou a ser administrada na população. Além disso, aprovou-se um novo pacote de estímulo econômico.

Cerca de US$900 bilhões serão destinados para ajudar nos prejuízos financeiros causados pelo Covid-19. Aliás, à luz dessa nova cepa descoberta, o petróleo caiu quase 5%. 

A queda não deu-se apenas por essa notícia. Mas também pelas limitações que estão acontecendo na Europa. Portanto, é previsto que a busca por combustíveis pelos países europeus encontre certa dificuldade. 

Ibovespa Futuro cai e mortalidade por Covid-19 aumenta 

O mundo se agitou com a nova cepa encontrada. Enquanto no Brasil, as taxas de contaminação e mortalidade atingiram um novo pico. Aliás, a última média de mortes em um período de 7 dias, foi de 765. 

Em comparação com a média de duas semanas atrás, houve um crescimento de 27%. Apenas no último domingo (20), 408 pessoas sucumbiram ao coronavírus

Já em relação à média de contágios, os números são os seguintes:

  • Em uma semana: quase 48.000 novos infectados;
  • Em relação há 14 dias atrás: sofreu uma alta de 15% de casos;
  • Somente no domingo (20): pouco mais de 24.500 novos casos.

Essas são médias de todo o Brasil, com exceção dos estados de São Paulo e Goiás. Portanto, a falta de dados nesses estados justifica-se por problemas no sistema do Ministério da Saúde.

Nova mutação do coronavírus é encontrada, Ibovespa Futuro cai e número de casos aumentam novamente. Porém, diante disso tudo, o presidente Bolsonaro afirmou que a pandemia está acabando. 

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.