Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Xuxa critica posicionamento de ministro da Educação: “Para educar não se deve usar a dor”

A apresentadora usou o Instagram para dar sua opinião a respeito de uma pregação do novo ministro da Educação, Milton Ribeiro

Xuxa Meneghel teceu críticas sobre o novo ministro da Educação, Milton Ribeiro, que tomou posse na última quinta-feira, 16.

A apresentadora usou sua conta no Instagram para dar sua opinião a respeito de um vídeo que passou a circular na internet, no qual Ribeiro pregava em uma Igreja Presbiteriana há quatro anos.

Nessa pregação, o pastor, advogado e educador defendia que a educação de crianças poderia ser feita com o uso de violência para ter resultados mais efetivos.

Xuxa resolveu compartilhar o vídeo assim que Milton Ribeiro foi nomeado pelo presidente Jair Bolsonaro para liderar a pasta da Educação.

“Quando eu penso que tá ruim … consegue ficar pior!!! Se educação tem a ver com rigor, com dor, as cadeias estariam cheias de gênios, alguém por favor me diga que eu entendi errado, que nós mães, mulheres, filhas, seres humanos, demoramos pra descobrir que para educar não se deve usar a dor e sim a EDUCAÇÃO, o EXEMPLO, a conversa, o AMOR!!!”, explanou a conhecida “Rainha dos Baixinhos”.

Xuxa é defensora da Lei da Palmada

O tema violência contra crianças e jovens não é algo novo na vida de Xuxa. Em 2014 a apresentadora esteve no Senado para defender a criação da Lei da Palmada, que proíbe e pune as ações violentas cometidas por adultos em menores com o intuito de educar.

Na fala no novo ministro, a “correção dos filhos não ocorrerá por meios justos e métodos suaves”. Ele explica em sua pregação que abordagens muito brandas só surtem efeitos positivos em crianças e adolescentes que são bem desenvolvidos e superdotados.

Então Xuxa exaltou a sua indignação. “Já foi a época que um ser humano pra ser ‘corrigido’ era colocado no tronco (vergonhoso), ajoelhado no milho, palmatória….já foi a época que em nome da educação e de Deus se corrigia alguém com violência”,

E continuou: “uma criança que recebe castigos físicos só pode aprender que violência gera violência. Hoje eu estou com aquela sensação de que crianças que vieram ao mundo pra serem amadas estão sendo desrespeitadas. Deus é amor, se amar é respeitar, onde tem educação, amor e respeito nessas palavras???”.

Ministro da Educação deve participar de sabatina

O novo ministro Milton Ribeiro deve participar de uma sabatina em breve no Congresso Nacional.

Antes que o pastor, advogado e educador fosse oficialmente empossado, parlamentares criaram um requerimento para convocá-lo para o debate na Câmara.

O deputado federal Professor Israel Batista (PV-DF) é o autor da proposta e justificou que a “pressa” para o pedido para sabatinar o novo ministro é em razão das falhas de comunicação e coordenação dos ministros anteriores do MEC.

“Nossa intenção não é intimidar ou fechar o cerco, mas abrir o diálogo e ter a certeza de que as pautas do MEC serão baseadas em mais ação e menos discursos ideológicos que só geram curtidas nas redes e nada resolvem”, explicou o deputado Israel Batista.

Vale lembrar que antes de Ribeiro passaram pela pasta da Educação o colombiano Ricardo Vélez Rodriguez, Abraham Weintreub e Carlos Alberto Decotelli.

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

2 Comentários
  1. Odília Lima Diz

    Uma Educação de Verdade é e deve ser Positiva, fazer uso de técnicas efetivas Socioafetivamotivacional, realizada na base do diálogo, com respeito e muito amor. Com exemplos concretos, da parte dos responsáveis, na prática e vivência diária. Há diversas literaturas com comprovações científcas e modelos de Educação Eficiente Amorosa.
    Violência só gera violência ! Educar na base do espancamento é ensinar na prática como os adultos devem fazer para obter respeito, obediência e resolver qualquer problema na vida. Pense nos adultos de amanhã cuidando dos pais doentes e teimosos que os obrigavam a obedecer na base da pancadaria.
    Se quer um mundo de paz, sem violência em todas as áreas sociais precisamos começar a reconstruir no seio de nossa família, dentro de nosso lar. A sociedade é reflexo do que acontece dentro da casa de cada um de nós. Observando o modo de vida de cada pessoa na sociedade temos noção de como viveu ou vive em família. Pessoas criadas na base do respeito, do amor e do diálogo são felizes e fazem outros felizes. Nunca vi pessoas espancadas sorrindo bem felizes.
    Por favor, mais amor e menos dor. As muitas doenças já nos castigam demasiadamente todos os dias.
    DIGA NÃO A TODA VIOLÊNCIA.
    DIGA SIM A PAZ E AO AMOR.

  2. Paulo Diz

    Precisaria ter moral bem ilibada para ela tecer qualquer opinião sobre formação ou educação de criança, ou o verão passado também não conta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?