Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Vai aumentar! Governo anuncia reajuste para segurados do INSS no dia 10; Entenda

O governo usa a inflação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) para aplicar o aumento das aposentadorias, auxílios e pensões.

O índice usado para calcular o reajuste do teto e dos benefícios acima do salário mínimo pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) será divulgado na próxima sexta-feira, 10 de janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O governo usa a inflação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) para aplicar o aumento das aposentadorias, auxílios e pensões. O acumulado do INPC até novembro de 2019 (último mês cheio) é de 3,22%. A estimativa é que o índice feche 2019 em torno de 4,1%, a mesma taxa aplicada no reajuste salarial. Até o dia 10 de janeiro, quando será divulgado o valor do INPC cheio do mês de dezembro, esse total pode oscilar.

A última estimativa do governo ao Congresso era de que o INPC encerraria 2019 em torno de 3,3%, valor enviado pelo Planalto para aumento do piso na proposta orçamentária de 2020.

Caso o INPC encerre o ano com a estimativa de 4,11% do governo, o índice deve ficar próximo da inflação oficial do país, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Na última pesquisa Focus de 2019, divulgada no dia 30 de dezembro pelo Banco Central, economistas preveem o IPCA encerrando o ano em 4,04%.

Teto pago pelo INSS

Mais de 11 milhões de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que recebem mais que R$998, valor do salário mínimo, vão receber um reajuste. Sendo assim, o valor salarial passará para R$1.039. Além do mínimo, outros benefícios da seguridade (aposentadorias, pensões, auxílio-doença) vão subir para R$1.039, em 2020, conforme sanção do governo.

Pela primeira vez, desde a criação do Plano Real, em 1994, que o piso nacional não terá aumento real, ou seja, o salário mínimo será  corrigido somente pela inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (INPC).

Veja também: Abono salarial PIS/PASEP 2020 sobe quase R$50 em 2020; veja quem pode

Leia Também:

top planilha
14 Comentários
  1. Mauricio Diz

    Sai governo , entra governo e não muda nada . O auxílio refeição de um político é 10 vezes esse valor .

  2. Clara Souza Diz

    Brasil totalmente nas mãos políticos sem comprometimento com o povo..uma vergonha!! Revoltante..

  3. Paulo Madeira Diz

    Muito bom esse reajuste kkk.

  4. Messias Diz

    Pouca vergonha . A culpa de tudo que acontece no país é jogado nas costas dos aposentados . Enquanto isso nossos políticos , juízes , etc. deitam e rolam com o dinheiro público .

  5. Aposentado Diz

    Durante a reforma da previdência ninguém falou e nem tocaram no assunto à respeito do FATOR PREVIDENCIÁRIO.
    Este Fator Previdenciário é um verdadeiro assalto a mão armada no salário de muitos aposentados.

  6. Angela Diz

    Estão entregando , vendendo nosso país. Nossas empresas públicas. PETROBRAS , CORREIOS , SERPRO E DATAPREV. e os funcionários dessas empresas o que vai acontecer. Com eles? Pra onde está indo nosso dinheiro?

  7. Meg Diz

    Pobre aposentado. Entra ano sai ano, entra governo sai governo e o aposentado sempre perdendo poder aquisitivo. A idade em que o ser humano deveria ter um bom descanso, qualidade de vida, acesso decente à, lazer e respeito, o que assistimos é um aumento de salário miserável e aumentos de produtos e serviços que cada vez mais altos e caros impedindo seu poder de compra. Deveriam dar 3,4% de aumento aos políticos e funcionários da justiça, juízes, etc.

    1. Angela Diz

      E sempre a mesma porcaria , não tem jeito, não tem governo melhor . São só promessas. Bonzinho o inferno tá cheio.
      É revoltante .mas vai sancionar o fundo eleitoral de 2 bilhões.
      Só rindo!!!

    2. Marcos Bara Diz

      Para as superclasses dos políticos e funcionários públicos, tudo!! Para a classe escrava que trabalha e leva está raça toda nas costas, nada!!

  8. Sidney Djalma Antonelli Diz

    Isso é uma pouca vergonha, nós roubam na cara dura. E eu ainda sou roubado duas vê zes, descontando o o fator previdenciário de mim q sou aposentado por invlidez

    1. Miranda Diz

      Essa aumento de miséria e só para os aposentados da classe pobre enquanto lá no congresso eles aumenta o salário deles na calada da noite e não e pouco não a uns tempos atrás um deputado tive olhando os aumentos deles de 9 mil foi para 16 mil depois foi para 22 mil depois 27 e agora está 32 mil .
      Você viu triplicou o salário destes deputados nós estamos num país a onde elegemos pessoas para governar para eles mesmos .
      Vai em outros pais do primeiro mundo se existe essa malandragem.

  9. TELSON SANTANA DA FONSECA Diz

    Tomara que se estenda para os servidores do executivo federal

    1. Jaime Rodrigues Diz

      Pior pra mim sou aposentado por tempo de serviço sempre paguei pela máxima e nunca tive direito a revisão já estou trabalhando de novo pagando INSS sem direito nenhum por necessidade meu salário muito baixo só Jesus na causa

      1. Kamila Diz

        Recebi um.benefício do meu filho que portador de autismo só que moro.de aluguel e o dinheiro não dar para manutenção completa de criança e desejo fazer uma faculdade então eu precisaria de um emprego e disseram que eu não podia assinar a carteira quais são os meus direitos

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.