Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Saque do FGTS de até R$6 mil ganha força para o segundo semestre

O ministro da pasta da Economia, Paulo Guedes, confirmou transferência de valores não sacados do PIS/Pasep para o FGTS, para permitir novos saques. O impacto total é de até R$ 21,5 bilhões.

O período de implementação do novo saque ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) foi definido. A efetivação da modalidade foi anunciada no dia 16 de março, em pronunciamento do ministro da EconomiaPaulo Guedes. Na ocasião, o chefe da pasta anunciou medidas econômicas a serem adotadas durante a crise financeira causada pelo novo coronavírus (covid-19).

Segundo técnicos do setor, a liberação do novo saque do FGTS vai acontecer no segundo semestre deste ano, após o término de resgate dos valores do PIS/PASEP,  previsto para 30 de junho. O intuito do governo é incorporar os valores não resgatados ao saldo do Fundo.

O ministro da pasta da Economia, Paulo Guedes, confirmou transferência de valores não sacados do PIS/Pasep para o FGTS, para permitir novos saques. O impacto total é de até R$ 21,5 bilhões. Além disso, o  governo vai antecipar abono salarial para junho – liberação de R$ 12,8 bilhões; e vai estender o prazo de pagamento do FGTS por 3 meses – impacto de R$30 bilhões.

Além de antecipar o 13º, o governo suspendeu a prova de vida dos beneficiários do INSS por 120 dias. Há uma ideia, também, de propor ao Conselho Nacional da Previdência Social a redução do teto dos juros do empréstimo consignado em favor dos beneficiários do INSS, bem como a ampliação do prazo máximo das operações.

FGTS: Saiba quem ainda pode fazer o saque imediato do benefício em 2020

Nada menos que 37 milhões de trabalhadores ainda não fizeram a retirada do saque-imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Os beneficiários devem ficar atentos, uma vez que o prazo já está quase chegando no fim. Após o dia 31 de março, os recursos liberados retornarão para as contas do fundo e só poderão ser acessados em casos previstos em lei.

Os valores liberados podem chegar a até R$998,00 por conta. No dia 22 de fevereiro, o presidente Jair Bolsonaro disse que ainda restavam o valor de R$ 15 bilhões para serem sacados. Até hoje, quase R$28 bilhões foram socadas, beneficiando cerca de 60 milhões de trabalhadores.

Os saques-imediatos do FGTS tiveram início em setembro do ano passado. Os trabalhadores faziam retirada de acordo com um calendário, de acordo com o mês de aniversário do trabalhador. Clientes da Caixa receberam os valores automaticamente, enquanto os demais tiveram ou têm o dinheiro disponível para saque.

Com o término do calendário, quem ainda não foi ao banco retirar o dinheiro, independente do mês de nascimento, terá até 31 de março para fazer a retirada. Caso o saque não seja realizado, o dinheiro retorna para contas do FGTS.

O saque-imediato do FGTS não impede o trabalhador de sacar o FGTS em caso de demissão, nem tira o direito a receber a multa dos 40% sobre o valor.

Saque do PIS

Em março, o valor do PIS/PASEP segue com o aumento de 4,48%, na mesma proporção do aumento do salário mínimo de 2019 para 2020, uma vez que o aumento no valor do salário mínimo paraR$1.045 também altera o pagamento do abono do PIS/PASEP. O novo valor começou a ser pago desde o mês de fevereiro.

Em dezembro de 2019, o valor do abono foi de R$998. Em janeiro, os saques passaram para R$1.039 (valor do salário em janeiro). Em fevereiro, os valores passaram para R$1.045, mesmo valor do salário mínimo. O reajuste salarial foi anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro.

O valor a ser considerado é o do salário mínimo vigente na data do pagamento. Sendo assim, quem nasceu em Março, Abril, Maio e Junho já terão direito aos pagamentos de até R$1.045, uma vez que os lotes dos aniversariantes dos meses citados serão liberados em 13 de fevereiro e 19 de março, período em que o novo salário (R$1.045) já estará em vigor.

Quem perdeu a data de saques, os valores estarão disponíveis na conta até 30 de junho de 2020. Caso o trabalhador não realize faça o saque ele perde o benefício que vai para Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

Leia Também:

brasil 123  
3 Comentários
  1. Natalia Diz

    Trabalho como vendedora autonoma vendo lanches naturais de porta em porta de loja p tirar sustento p minha casa q pago aluguel.com essa pandemia faço o que p sustentar minha casa esperando liberacao do governo q cada dia passa uma data p liberar uma ajuda provisoria ate la eu como o q…esperando a liberacao de conta inativa ate quando? o fgts e direito de quem trabalha ou trabalhou registrado hj eu preciso desse dinheiro e nao consigo sacar p comprar alimento e sem esse dinheiro q nao so eu mas muitos tem e nao consegui sacar por esperar datas.a barriga de crianca de idoso e de todos nao sabe q se tem datas certa p comer.ate quando?liberem logo p quem tem direito e ajudem quem precisa quando fizerem isso logo o pais pelo menos vai ter capital p nao quebrar totalmente.somos vendedores autonomos por nao conseguir um emprego registrado mas como vendedores autonomos movemos muito o capital de giro das cidades pois compramos p produzir e revender.e nessa epoca de pandemia somos os mais prejudicados pois nao temos dinheiro sem trabalhar.

  2. Sidney Magalhães Diz

    Trabalhei de setembro de 2015 até setembro de 2016 é não recebi FGTS já posso sacar pois sou nascido em maio?

  3. Vania correa de lima Diz

    Oi deveriam tambem liberar o pis para as empregadas domesticas sou empregada e nao tenho pis que injustiça liberando tantos benificios

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?