Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Quem tinha um salário na conta e não sacou R$500 do FGTS poderá sacar R$998; Entenda

Os valores estarão disponíveis para saque pelo trabalhador até 31 de março de 2020

Quem tinha até R$998 na conta em 24 de julho e não sacou R$500 do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), poderá sacar R$998,00 a mais por conta. Segundo informações da Caixa, o direito de resgate do valor depende de quanto a pessoa tinha na conta do fundo de garantia em 24 de julho de 2019.

Vale lembrar que só vai poder sacar quem tem até um salário mínimo (R$ 998). Se tivesse mais na conta, o limite de saque eram de R$ 500 mesmo e não será pago nenhum adicional.

Já quem tinha até R$998 na conta no dia 24 de julho e já sacou R$500 poderá sacar mais R$498. Quem tinha mais do que R$ 998 na conta no dia 24 de julho e já sacou R$ 500 não poderá sacar nenhum valor. Por fim, quem tinha mais de R$998 na conta em 24 de julho e não sacou, poderá sacar R$500.

Os valores estarão disponíveis para saque pelo trabalhador até 31 de março de 2020. “A CAIXA seguirá a estratégia de atendimento que tem sido muito bem sucedida, inclusive com o modelo simplificado de pagamento, e atenderá com tranquilidade os mais de 10 milhões de trabalhadores que receberão valores complementares do Saque Imediato”, disse o presidente da CAIXA, Pedro Guimarães.

Saques do FGTS

O presidente do Banco Central do Brasil, Roberto Campos Neto, revelou que apenas 44% dos recursos liberados do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) foram efetivamente sacados pelos beneficiários. O valor corresponde a R$3,70 bilhões, de um total de R$8,60 bilhões disponibilizados nas três primeiras rodadas de liberação, e diz respeito aos beneficiários que não têm conta na Caixa Econômica Federal.

Os dados, passados durante evento da Casa das Garças no dia 20 de dezembro, no Rio de Janeiro, mostram que na primeira rodada de liberação, no dia 18 de outubro, foram sacados R$800 milhões de um total de R$1,8 bilhão. Na segunda rodada, no dia 25 de outubro, o saque foi de R$ 1,4 bilhão, de um montante de R$ 3,4 bilhões, enquanto na terceira foi um saque de R$ 1,5 bilhão, de um total de R$ 3,4 bilhões.

Leia Também:

brasil 123  
5 Comentários
  1. Mayara Diz

    Podiam liberar pra quem tem mais de um salário….tanta gente que tem mais dinheiro…e não pode sacar

  2. Álvaro Luiz Carvalho Diz

    Bom dia??? – Isso é só conversar para boi dormir. Pois sempre a estou acompanho, se caí na minha conta poupança da CAIXA. O restante dos valores anunciados e nada!!; – Isso é tudo enrolação como é enrolado o governo desse presidente. SE NINGUÉM AÍ ACREDITA EM PAPAI NOÉ E NEM EM DEUS. COMO IRIAM ACREDITAR NEM PRESIDENTE??

  3. Antonio Gressoelho Teixeira Diz

    Além de disso o dinheiro saiu da conta do FGTS e não entrou na minha conta Bradesco. Já tentei contato com a caixa econômica mais ninguém dar à minha atenção. Estou decepcionado.

  4. Antonio Gressoelho Teixeira Diz

    Senhor Pedro Guimarães. Está péssimo o trabalho da caixa econômica. Fiz a simulação no início de novembro. A caixa econômica me informou que até o dia 22 de novembro o dinheiro do saque imediato entraria na minha conta Bradesco. Estou esperando até hoje. Isso é fazer pouco caso. (Ou incompetência)

  5. Ailton Cerqueira Diz

    Isso de qualquer forma é uma vergonha quantas pessoas que tem um valor igual ou inferior á 1.500 reais e está desempregado e passando necessidade de ter esse dinheiro e não pode isso é injusto com muitos pais de família uma vergonha esse Brasil esses governantes que só quer vê venha á nós

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?