Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Nova gestão do Ministério do Planejamento avaliará a retomada de 19 concursos federais!

Após o afastamento e continuidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, cresce a expectativa pela retomada gradual de concursos públicos na esfera federal, suspensos desde setembro de 2015. Desde então, o governo restringiu a contratação de servidores em concursos já realizados, bem como a autorização de novos certames. Porém, com as recentes autorizações de alguns concursos, como por exemplo o da Anvisa, para nível médio (veja aqui), cresce a expectativa de novas oportunidades ao longo do ano.

A retomada também depende do crescimento econômico e de um novo rumo esperado pelo governo Temer. O senador Romero Jucá (PMDB-RR) assumiu o posto de ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), com isso cresce a expectativa de que, caso efetivamente ocorra uma retomada na economia, o governo federal possa reavaliar as limitações impostas ao funcionalismo, redimensionando a carência de pessoal e realização de novos concursos.

O Notícias Concursos preparou os concursos em pauta, desde os enviados para análise do MPOG, até os concursos com forte rumores de realização. Juntos reúnem 30.438 vagas previstas, para reposição em diversos órgãos, com opções em todos os níveis de escolaridade e salários iniciais de até R$ 16 mil.

  • Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)

O Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS) informou que foi encaminhado ao Planejamento um pedido de concurso para o INSS com 7.351 vagas, sendo 1.530 para o cargo de perito e o restante para técnicos e analistas. Para saber mais sobre o concurso, acesse aqui.

  • Ministério da Fazenda

Solicitação de 5.000 vagas. Assim foi reencaminhado o pedido de autorização de concurso do Ministério da Fazenda 2016. As oportunidades são todas para o cargo de assistente técnico administrativo, com exigência de nível médio completo. O salário inicial é de R$ 3.756,82. A estabilidade empregatícia é garantida, já que o órgão contrata sob regime estatutário. Saiba mais

  • Receita Federal

A Receita Federal informou que reencaminhou sua solicitação de concurso junto ao Ministério do Planejamento. O pedido? 4.000 vagas, que segundo o sindicato que representa o órgão ainda será insuficiente. As oportunidades estão distribuídas com 2.500 para analista tributário e 1.500 para auditor fiscal, ambos com exigência de nível superior. O salário é de R$ 16.201,64 para auditor e R$ 9.710,42 para analistas. Saiba mais

  • Polícia Rodoviária Federal (PRF)

A área policial também terá concurso em breve. Foi reenviado o pedido de concurso da Polícia Rodoviária Federal para nada menos que 1.500 vagas no cargo de policial rodoviário. Para concorrer é necessário possuir nível superior em qualquer área de formação e carteira de habilitação a partir da categoria “B”. A remuneração é de R$ 6.418,25, com jornada de 40 horas semanais. Saiba tudo sobre o concurso da PRF.

  • Polícia Federal (PF)

Além da PRF, a Polícia Federal solicitou a abertura de concurso e aguarda a liberação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) para realizar seu concurso público para os cargos de delegado e perito, ainda em 2016. A oferta será de 558 vagas, sendo 491 para delegado e 67 para perito. Para concorrer a perito é exigido superior em áreas específicas e para delegado, superior em direito e três anos de atividades jurídica ou policial. O inicial, para os dois cargos, é de R$ 16.830,85. Saiba mais sobre o concurso da Polícia Federal.

  • Agência Brasileira de Informações (ABIN)

A solicitação de abertura de concurso para a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) será reenviada ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) até o dia 31 de maio. O pedido deverá ser reenviado até esse prazo, pois precisa ser incluído na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2017. A expectativa é que o concurso da ABIN seja divulgado com 470 vagas – o mesmo pedido realizado em 2015 – em cargos de nível médio e superior. Saiba mais

  • Agência Nacional de Transportes Terrestres

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) deverá enviar, em breve, um novo pedido de concurso ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). O pedido deverá ser feito até 31 de maio para ser incluído na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2017. A ANTT pedirá concurso para 701 vagas imediatas, em cargos dos níveis médio e superior. Saiba mais

  • Banco Central do Brasil (BACEN)

-O Banco Central tem até 31 de maio para reapresentar o seu pedido de concurso (Concurso Banco Central 2016/2017) para ser incluído na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2017. De acordo com informações obtidas, a autarquia segue trabalhando para fazer a solicitação até o prazo, já que é grave o déficit de pessoal no banco. Ainda de acordo com uma fonte ligada ao Departamento de Gestão de Pessoas (Depes) do BC, um dos motivos que estaria levando a autarquia atrasar o encaminhamento do pedido de concurso para o Planejamento seria a indefinição quanto à continuidade do atual governo. Saiba mais

  • Controladoria Geral da União (CGU)

O Notícias Concursos apurou junto ao Protocolo Integrado, do governo federal, que o processo referente a pedido de concurso da Controladoria-Geral da União (Concurso CGU) para 620 vagas de analista de finanças e controle teve avanços no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). O pedido foi expedido ao secretário-executivo da Controladoria no dia 30 de março. Saiba mais

  • Ministério das Comunicações (MiniCom)

O MiniCom aguarda autorização de seu concurso para 100 vagas na função de analista técnico administrativo, com exigência de nível superior. O salário inicial é de R$ 5.679,22.

  • Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT)

O DNIT aguarda o aval do Planejamento para preencher 1.131 vagas. Ainda não foram divulgados os cargos requeridos e nem os Estados de lotação. Um documento apontou que o órgão tem uma defasagem de 1.355 servidores em cargos de níveis médio e superior. Saiba mais

  • Fundação Nacional de Saúde (FUNASA)

A Fundação Nacional de Saúde, órgão vinculado ao Ministério da Saúde, anunciou que fez a solicitação de concurso público para preencher 448 vagas em cargos vagos, sendo 251 para agente administrativo, com exigência de nível médio, e o restante, 197, para cargos de nível superior. O pedido do concurso FUNASA 2016 encontra-se na Coordenação-Geral do Setor Social I da pasta, e a expectativa é que a liberação ocorra em breve. De acordo com o coordenador-geral de Recursos Humanos da Funasa, Joselias Pereira, o objetivo é contemplar vários estados. Saiba mais

  • Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA)

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) informou que pretende reenviar, em breve, um pedido ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) para a abertura de um novo concurso. O Instituto, em maio de 2015, já havia feito a solicitação, mas agora, para este ano, é necessário reenviar a solicitação. O Concurso do Ibama pretende preencher 680 vagas, sendo 500 para analista ambiental e 180 para analista administrativo, funções de nível superior. O salário está fixado em R$ 7.675,45, além do auxílio-alimentação, de R$ 373. Saiba mais

  • Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN)

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) informou que reenviou o seu pedido de concurso ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), a responsável pela autorização de concursos. De acordo com a Assessoria de Imprensa, o Iphan solicitou 430 vagas, sendo 91 de analista e 124 de técnico, funções de nível superior, e 215 de auxiliar institucional, cargo de nível médio. Com o pedido, a decisão da abertura do concurso IPHAN 2016/2017 será do MPOG. Saiba mais

  • Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA)

O Ipea fez a solicitação de concurso para preencher 140 vagas nos cargos de auxiliar técnico, técnico de planejamento e pesquisa, técnico de desenvolvimento e administração, analista de sistemas e médico. O posto de auxiliar requer o nível médio. Já as demais funções exigem curso superior. Os salários variam de R$ 5.549,43 a R$ 15.376,70.

  • Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTE)

Excelente notícia! O pedido e processo de solicitação de concurso do Ministério do Trabalho e Previdência Social (Concurso MTE Auditor 2016) para 847 vagas de auditor-fiscal do trabalho, recebeu um novo avanço nos últimos dias no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), e a expectativa é que o governo autorize o certame, apesar das restrições aos novos concursos. A exigência do cargo é de nível superior, para ganhos salariais de R$18.754,20. Saiba mais

  • Ministério do Trabalho e Previdência Social

O MTE solicitou ao Planejamento a abertura de um novo concurso com 951 vagas para o cargo de agente administrativo, com salário de R$ 3.442,22. O cargo exige nível médio. Saiba mais

  • Ministério da Saúde

De acordo com a assessoria de imprensa do Ministério da Saúde, o novo pedido de concursos será feito até o dia 31 de maio ao MPOG. No ano passado uma solicitação para 4.802 vagas estava em trâmite no MPOG, e tais chances eram para cargos de níveis médio e superior.

  • Superintendência de Seguros Privados (SUSEP)

Solicitação para 150 vagas, sendo 60 para agente executivo e 90 para analista técnico. A SUSEP aguarda aval do MPOG para preencher vagas de nível médio e superior. O órgão conta com unidades nos Estados de SP, RJ, DF, RS e MG.

  • Superintendência Nacional de Previdência Complementar (PREVIC)

A Previc aguarda liberação do MPOG para 60 vagas. Os cargos ainda não foram informados.

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

Comentários estão fechados.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?