Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

INSS: Lote para mais de 5 mil aposentados sai hoje com R$ 69,5 milhões; veja quem pode

Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2 ES/RJ), em nota, revelou que cerca de 5.462 aposentados e pensionistas terão direito

Excelente notícia para aposentados e pensionistas do INSS. A partir desta terça-feira, 14 de janeiro, os pagamentos referentes aos atrasados de ações previdenciárias, que incluem revisões de aposentadorias e pensões, serão iniciados.

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2 ES/RJ), em nota, revelou que cerca de 5.462 aposentados e pensionistas das unidades federativas do órgão que tiveram sentenças judiciais julgadas favoráveis no final de 2019, terão direito ao lote.

Os segurados vão receber uma parcela dos cerca de R$ 69,5 milhões disponíveis. O s valores serão recebidos através da modalidade de “ordem de pagamento”, as chamadas Requisições de Pequeno Valor (RPVs), que são expedidas pelo próprio TRF.

De acordo com o Tribunal, o valor limite estabelecido é de até 60 salários mínimos, ou seja, R$62.340. A liberação dos valores também deverá acontecer em outros estados.

Saiba como consultar

Para saber quem tem direito ao lote de pagamentos será necessário acessar o site do TRF-2. Confira o passo a passo para consulta:

  1. Será necessário acessar a página do TRF-2;
  2. No site do órgão, acesse o menu de opções disponível no lado esquerdo da tela e busque pela aba “Precatórios e RPV”;
  3. Após isso, é necessário clicar em “Consulta” e depois em “Requisições expedidas”, conforme data do processo;
  4. Com o “número do requisitório” ou CPF em mãos, basta preencher a aba destinada às informações, seguido do código de verificação;
  5. Após isso, clique em “Confirmar”.

Pagamentos dos atrasados

Os vitoriosos das ações na justiça contra a Previdência Social devem se atentar aos procedimentos de recebimento dos valores. De acordo com o Tribunal, os pagamentos serão realizados pelas instituições públicas, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal.

Os valores de até R$ 99.999,99 não necessitam de alvará e podem ser retirados em qualquer agência do Banco do Brasil. Os precatórios com valores a partir de R$ 100 mil, só poderão ser sacados nas chamadas “agências com perfil de centralizadora” da estatal.

Já para compensações realizadas na Caixa, ordens de pagamentos no valor de até R$100 mil podem ser feitos em qualquer agência, sem apresentação do alvará. Nos valores acima disso, será necessário retirar nas “agências de relacionamento com o poder judiciário”, como por exemplo, as Seções Judiciárias.

Para aposentados ou pensionistas falecidos, o recebimento dos valores pode ser feito por herdeiros legítimos.

Leia Também:

top planilha
2 Comentários
  1. cicero brasil Diz

    Poeque os processos que vao para o orgao julgador demoram tanto para serem julgado
    Ai qiando sai uma setenca favoravel aos segurados se fazem tanto carnaval
    processo que vao para orgao julgador por falha
    da previdencia que criam_ se recursos sem sentido vamos agilizar esse orgao julgador
    que o segurado nao yem muito tempo para usuflui desses vlrs
    vamos agilizar essa BAGACA srs juizes

  2. Roberto Diz

    Isso é só pra aposentados que entrou com o processo ou ou todos vão receber

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.