Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

INSS diz que quase 2 milhões de pessoas podem ter benefício cortado; Saiba como evitar

Os casos suspeitos estão sendo avaliados através de um sistema que verifica automaticamente a folha de pagamentos dos 35 milhões de beneficiários do órgão.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) informou que está notificando 1,84 milhão de aposentados e pensionistas cujos benefícios possuem indícios de irregularidades. Se confirmadas, os pagamentos dos benefícios podem ser cortados.

Os casos suspeitos estão sendo avaliados através de um sistema que verifica automaticamente a folha de pagamentos dos 35 milhões de beneficiários do órgão. A ferramenta foi implantada em abril deste ano.

Desde quando o sistema começou a funcionar, a quantidade de casos com possíveis irregularidades cresceu 1.350%, na comparação com 2018. Quem estiver com o benefício suspeito será notificado através carta, com aviso de recebimento.

A partir do recebimento da notificação, o beneficiário terá 30 dias para agendar (via telefone 134 ou site do meu.inss.gov.br), o atendimento em uma agência da Previdência.

Veja também: Aposentadoria poderá ser maior para quem se aposentar nos próximos 5 anos

Atendimento

O beneficiário, ao comparecer na agência do INSS, deverá  apresentar a documentação solicitada para a correção da falha que gerou a convocação. Se não houver resposta ou a explicação for insatisfatória, o cidadão terá seu benefício será suspenso, e o segurado contará com mais 30 dias para apresentar a sua defesa. Só após o esgotamento deste prazo é que o benefício será cortado.

A verificação da folha de pagamentos no sistema busca falhas básicas de cadastro, que podem ser facilmente resolvidas, como nos casos em que houve erro de digitação no nome do segurado ou no número do seu CPF. No entanto, o procedimento feito também é eficiente na identificação de fraudes.

Em outubro deste ano, o sistema apontou que 2.266 cadastros não tinham o CPF do beneficiário registrado na base de dados da Receita Federal.

Pente-fino já cancelou mais de 260 mil benefícios

O pente-fino do INSS, previsto na medida provisória antifraude (MP) 871, resultou no cancelamento e na suspensão de 261,3 mil benefícios em quatro meses de trabalho. A ferramenta vem sendo utilizada há quatro meses pelo governo federal.

De acordo com dados do INSS, a medida já resultou em uma economia de R$ 336 milhões e, em um ano, chegará a R$ 4,3 bilhões. Em janeiro, ao editar a Medida Provisória antifraude, o governo projetava uma economia de pouco mais de R$ 10 bilhões neste ano.

No corte de benefícios, há casos de pessoas com salário superior a R$ 15 mil que recebiam o Benefício de Prestação Continuada (BPC), distribuído a idosos e deficientes de baixa renda, há anos, resultando em prejuízo aos cofres públicos.

Além disso, há casos registrados de pessoas mortas que continuavam recebendo os valores mensais e servidores estaduais e municipais que ganhavam o benefício assistencial voltado à baixa renda.

Convertida em lei em junho de 2019, a Medida Provisória antifraude reduziu o prazo para que cartórios comuniquem o INSS sobre novos registros de certidões de óbito, de 40 dias para 24 horas. Antes, com o prazo antigo, o governo acabava desembolsando até dois meses de benefício após a morte até que houvesse a suspensão do repasse.

Benefícios que passam por um ‘pente-fino’

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

Benefício A quem se destina Valor
Auxílio-reclusão Dependentes de segurado do INSS presos Média das contribuições do segurado, excetuando as 20% menores
Aposentadoria rural Trabalhador que comprovar mínimo de 15 anos de atividade rural, com idade mínima de 60 anos para homens ou 55 para mulheres Um salário mínimo para os que não contribuíram ao INSS; para demais, calculado a partir da média das 80% maiores
Pensão por morte Dependentes de segurado aposentado ou trabalhador urbano Somatória dos 80% maiores salários de contribuição dividida pelo nº de meses
Benefício de Prestação Continuada Pessoas com deficiência ou idoso que comprovem não ter meios para sobreviver Um salário mínimo (R$ 998)

Análise de benefícios

De acordo com o texto final da MP, o INSS terá acesso a dados da Receita Federal, do Sistema Único de Saúde (SUS), do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e de outros bancos de informações para a análise de concessão, revisão ou manutenção de benefícios. O texto proíbe o compartilhamento, com outras entidades privadas, de dados obtidos junto a entidades privadas com as quais mantenha convênio.

Previstos para durar por dois anos (2019 e 2020), prorrogáveis até 2022, os programas de análise de benefícios com indícios de irregularidades e de revisão de benefícios por incapacidade pretendem continuar o pente fino realizado em anos anteriores em auxílios-doença e aposentadorias por invalidez.

Médicos peritos do INSS receberão um adicional por processo analisado além do horário de trabalho, com ênfase naqueles indicados pelo Tribunal de Contas da União (TCU), pela Controladoria-Geral da União (CGU) e por outros órgãos de investigação. Nesse último caso, o órgão poderá contar com parcerias com governos estaduais e municipais. Nessa lista, o relator, deputado Paulo Eduardo Martins (PSC-PR), incluiu benefícios pagos em valor superior ao teto do INSS.

O que leva à perda do benefício?

Não enviar os documentos exigidos pelo INSS dentro do prazo de defesa ou ter os documentos enviados considerados insuficientes ou improcedentes.

Como evitar a perda do benefício?

No primeiro passo, para evitar a suspensão do benefício é importante manter os dados cadastrais atualizados no INSS, como o endereço, para não correr o risco de ser notificado e não ver essa notificação.

De acordo com o UOL, o INSS pode considerar o segurado convocado para a revisão mesmo que ele não veja a notificação e vai suspender o benefício caso a pessoa não responda à convocação dentro do prazo. Os dados pessoais podem ser checados e atualizados através do Meu INSS (aplicativo ou site).

É possível recorrer?

Quem tiver o benefício suspenso poderá recorrer pela conta do Meu INSS, ou em agência da própria Previdência Social. O recurso deve ser aberto dentro de 30 dias contados a partir da notificação de perda do benefício pelo INSS.

Peritos ganharão bônus de R$57,50

Para dar conta do volume extra de trabalho, o governo autorizou o pagamento de um bônus de R$ 57,50 aos peritos por revisão concluída, após uma cota mínima exigida.

Segundo o INSS, cerca de 11 mil servidores se inscreveram para participar das revisões e, com isso, ter direito ao bônus.

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

11 Comentários
  1. Vanessa Carvalho Diz

    Boa tarde, meu benefício está cessado neste mês de Dezembro. Ligamos lá e questionei pois fiz perícia em 05/2019 foi deferido, e estava no e extrato de pagamento dia 03/12, mas não caiu, depois vi que estava cessado, liguei pedi para reativar o benefício, poxa meu dia ultimamente é casa PS, dores e assim por diante, Agradeço muito a Deus por estar cuidando de mim, questionei pois não recebi carta nenhuma do INSS solicitando envio de documento ou fazer novamente perícia. Concordo com pessoas que roubam, mas por falta de vontade os que realmente precisam por fatos reais de enfermidade é necessário fazer uma análise sem prejudicar os mesmos.

  2. Aurimar Gomes Diz

    Faz arminha que passa , sinto muito mas tem muitos ai que votaram , no cara da arminha 🔫

    1. Alex Veloso Diz

      O INSS roubou meu dinheiro pode me dar ele de volta faço tratamento de leucemia mielóide crônica e o meu benefício foi cortado por um médico chamado Denis no INSS de Macaé.
      Tudo ladrão

  3. Daniela Diz

    Isso tudo é uma vergonha, de certo que tem que haver perícia, para tantos que mentem… Gente mais negar a um doente pai de família que não consegue trabalhar é um absurdo. Enquanto bebem vinhos com 4 premiações internacionais, auxílio gasolina de 5 mil mês, Quem gasta esse valor? Aliás todos já moram em Brasília devia ter um bilhete único , isso sim.
    Além de todos outros benefícios , vergonha .
    Fazem isso pra sobrar pra roubalheira , campanhas, luxos entre tantos benefícios pra eles e a família.
    Enquanto um pai que não tem o que por nada na mesa pra seus filhos. Que triste.

  4. Gilmar dos santos silvestre Diz

    Gostaria dê saber porquê foi bloquado meu salário eéreduzido c foi todos esses anos correndo atrás de cirurgias ágora que foi liberado na justiça Federal dois meses bloqueado o meu salário como é quê vou pagar minhas contas luz e água pra ser cortado enquanto isso só penssam em encher os cofres públicos e pra onde vai essa economias pras campanhas pliticas

  5. Anaclese Diz

    Este FDP deveria cortar as altas aposentadorias de filhos e filhas de militares. Governo eleito pra proteger alguns e fuder com os coitados desse país podre

  6. Uelinton Diz

    Boa tarde e a mais pura verdade eu fui fazer perícia e o perito do inss indeferido passa os dias fiz novo pedido peguei o mesmo perito ele alegou que cessou o beneficio porque eu tinha dificultado a perícia dele e me recomendou que eu ficasse atento a isso dando a entender que iria deferir o beneficio quando peguei o resultado ele tinha indeferido outra vez eu com três cirúrgias na coluna lombar e com outra cirúrgia para fazer na cervical para colocar 2 próteses 6 pinos 2 hastes e uma placa na cervical sendo que a minha atividade e trabalho offshore eu sou hidrojatista trabalho com uma pistola de hidrojato que tem 45 mil PSI de pressão removendo tinta e corrosão de plataforma como eu com a coluna lombar e cervical desse jeito posso eu trabalhar na minha atividade habitual mas foi isso que o perito do inss diz que ele não identificou nem uma restrição. A e tem outra o meu EPI para trabalhar e aramidade que tambem e muito pesada principalmente quando ele fica molhada agora respoda como quem tem esses problemas de coluna pode colocar Taís EPIS CINTO DE SEGURANÇA ROUPA DE ARAMIDA MASCARA DE AR MANDADO CAPACETE E TRABALHAR COM UMA PISTOLA DE ULTRA ALTA PRESSÃO COMO ESSE PERITO NÃO IDENTIFICOU INCAPACIDADE LABORATIVA NEM PARA ATIVIDADE QUE DEMANDAM ESFORÇO FÍSICO DESSA MANEIRA PESSO A DEUS QUE ELES COMAM MUITO BEM NESSE FIM DE ANO EU NÃO TENHO NEM DINHEIRO PARA COMPRAR REMEDIOS TÔ PEDINDO TUDO NA DEFENSORIA PÚBLICA NÃO TENHO NEM O QUE COMER EM CASA NEM PARA DAR AOS MEIS FILHOS ESSA É A MEDIDA PARA COMBATER AS FRAUDES DO INSS NEGAR BENEFICIO NEGAR TUDO EU HOJE TEM 48 ANOS NÃO CONSIGO TRABALHAR PORQUE CINTO MUITA DOR DE CABEÇA NA CERVICAL E COLUNA LOMBAR COMAM BEM POLÍTICOS CORRUPTOS ESSA É A MEDIDA PARA COMBATER AS FRAUDES DO INSS NEGAR TUDO PARA ECONOMIZAR PARA ELES DEIXANDO OS SEGURADOS SEM SAÚDE SEM DINHEIRO SEM NADA.

    1. Maria de lourdes Diz

      É só o que esse governo soube fazer até agora ,mexer no inss onde a maioria dependem disso ,então porque os peritos não trabalham de graça? Concordo que tenha muita falcatrua por trás de tudo isso ,mas mecher onde tá o cacho de abelha ninguém vai ,meche sim onde o povo é honesto e só precisa do dinheiro pra comer,chega dar nojo desses governantes

      1. Adriano Coutinho Diz

        O sistema previdenciário público é mais um órgão do Estado que precisa ser protegido, instituições públicas e serviços públicos estão sendo exterminados por não interessar a elite desse país, o público só interessa a maioria dos trabalhadores que são explorados para ganhar uma miséria que mal dá pra comer, imagina acessar serviços privados.
        Em vez de dizerem que o sistema previdenciário público não é superávit, deveriam cobrar mais das grandes fortunas e abrir a caixa preta da dívida pública que é uma chaga para o orçamento do país.
        Você cidadão que teve algum benefício cortado injustamente não baixe a cabeça, procure seus direitos e cobre até o fim, e você que recebe alguma importância do sistema previdenciário público de forma fraudulenta, que a polícia bata o mais cedo possível em sua porta.

    2. Carlos da Silva Diz

      O negócio é levar R$ 100,00 no dia da perícia. Assim o cara que faz o pente fino ganha mais e a gente continua no Brasil.
      E fácil ninguém quer mudar o brasileiro não sabe viver sem o jeitinho propina, o jeitinho malandragem. Tem que saber dar a volta por cima do governo.
      O que falta no país e uma máfia de primeira que mata os vagabundos que atrapalham o país crescer.
      Bandido tem que parar de só roubar e começar a dar baixa em vagabundo de colarinho.
      Não estou inspirando nem incitando a criminalidade, mas tem coisas que o povo deve ser radical.

  7. joseteixeiranascimento Diz

    O INSS só sabe tirar e negar o que é nosso pôr direito, será que eles tem moral para cortar de algum magistrados ou político, político de Brasília,ou magistrados do Trf ou trt STF ou aínda de algum general só pobres que passa pôr pente fino até o Donald tramp já percebeu quem são os governantes brasileiros vergonha descarada os três poderes empresários e banqueiros aliados contra velhos pobres e viúvos e trabalhadores deficiente do Brasil junto com Paolo Guedes abraços a todos que terão comidas e mesa farta esse ano porque para mim até 40 reais que minha família recebia do bolsa família foi cortado como de muitos brasileiros aproveitando queria agradecer os quatros magistrados de trf3 de Guarulhos que não aprovou o meu benefício antes deu ao INSS o direito porque eles juntos com os peritos não consegue ver enfermidade em ninguém só sabe negar foram unames votaram contra um velho doente e pobre vergonha nacional quando vocês estiverem com seus familiares e amigos no final de ano lembre se que vocês estão ajudando o governo economizar quase um trilhão , más , que nesse país de descriminação , escravidão e de diferença social morre mais negros pobre passa fome trabalhadores não tem vez e nem lugar de distaque, o pobre velhos e negros tem um lugar , que nos dão nesse país miséria fome , moradia de rua,pontes desempregos, será que algum pobre ainda tem FGTS ou pasep ou pis, até o bolsa rapaz bolsa garota não tem para quem vão pagar abono?; Agora tem gente que estão reclamando porque 30 mil é pouco,e na verdade é pouco mesmo eu não ganho nem 100 reais más, se eu podece gostaria de ganhar 60 mil pôr mês minha família teria mais conforto, auxílio gravata auxílio moça xique auxílio jogos auxílio avião auxílio wisk abraços a todos os brasileiros que terão comidas boas na mesa e aos famintos do norte nordeste sul sudeste desse país chamado Brasil com muito orgulho para riscos fartos e gananciosos pôr poder para ganhar mais , mais, mais,e muito mais 😔

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?