Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Fuvest 2021: 50% das vagas da USP serão reservadas a alunos da rede pública

A Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) anunciou que 50% das vagas da USP serão reservadas a estudantes egressos da rede pública de ensino. Além disso, outras mudanças deverão ser feitas.

O vestibular da USP, realizado pela Fuvest, é um dos mais tradicionais vestibulares do Brasil, atraindo todos os anos estudantes de todas as partes do país.

Em decorrência da pandemia causada pelo novo coronavírus, pela primeira vez na história da Fuvest, metade das vagas da USP serão reservadas a estudantes de escola pública no vestibular de 2021.

No ano passado, as cotas para egressos da rede pública foram de 40% das vagas. Contudo, a suspensão das aulas em todo o país desde março deste ano atingiu fortemente os estudantes das escolas públicas por não possuírem condições para o ensino remoto. Esse fator motivou a alteração.

Desse modo, a Prof. Dra. Belmira Bueno, diretora-executiva do Fuvest, salientou a importância do aumento nas cotas: “Eu considero esse um fato notável e ele tem que ser registrado com ênfase porque ele revela, demonstra o interesse da USP pela inclusão dos alunos das classes mais desfavorecidas”.

Além do aumento das cotas, está mantido o uso na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para ingressar na universidade. Assim, no próximo ano, 8.242 das 11.147 vagas oferecidas na USP serão destinadas para seleção pelo vestibular da Fuvest e 2.905 serão destinadas à seleção pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Além disso, a Fuvest anunciou também alterações na aplicação das provas para candidatos a alguns cursos que requerem provas de habilidades específicas. Nesse sentido, não haverá prova específica para artes visuais e as provas de música e artes cênicas serão realizadas on-line.

Datas

O período de inscrições para o vestibular 2021 da USP vai de 31 de agosto até 23 de outubro.

Já aplicação das provas, que ocorrerá em dois dias, será nos meses de janeiro e fevereiro de 2021. A primeira fase será aplicada no dia 10 de janeiro, e a segunda nos dias 21 e 22 de fevereiro.

A taxa de inscrição custa 182 reais, mas há a possibilidade de solicitar isenção ou redução no valor até amanhã, sexta-feira (24).

Gostou deste texto? Deixe aqui seu comentário!

Clique aqui para acompanhar mais notícias da área da Educação.
Veja também: Estudantes brasileiros encontram dificuldade para permanência em universidades portuguesas.

Leia Também:

brasil 123  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?