Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

FGTS de R$500 ainda não foi sacado por 40 milhões de trabalhadores; Saiba quem pode

Segundo o banco, foram pagos R$ 24,7 bilhões do total de R$ 40 bilhões liberados.

Segundo informações da Caixa Econômica Federal, 56,3 milhões dos 96 milhões de trabalhadores fizeram os saques imediatos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de até R$ 500. Ou seja, quase 40 milhões ainda não foram efetuar o saque do valor nas agências bancárias.

Segundo o banco, foram pagos R$ 24,7 bilhões do total de R$ 40 bilhões liberados. Ou seja, 59% dos trabalhadores sacaram 62% dos recursos.

Os saques do FGTS foram iniciados no segundo semestre do ano passado. Em setembro, começaram para os correntistas da Caixa, que tiveram o crédito automático em conta, e em outubro para não correntistas.

O pagamento do benefício seguiu o calendário, conforme aniversário do trabalhador. Agora, com o fim desse calendário, quem ainda não sacou o dinheiro, independente do mês em que nasceu, tem até o dia 31 de março para efetuar os saques.

Após lançar o calendário de até R$500 de saques por conta, o governo decidiu liberar o saque da totalidade das contas que, em 24 de julho deste ano, possuíam saldo de até R$ 998. Esse dinheiro complementar está liberado desde 20 de dezembro, inclusive para quem já havia sacado até R$ 500 de cada conta vinculada do FGTS.

Segundo o balanço da Caixa, o saque do FGTS complementar foi sacado um total de R$ 1,4 bilhão do total de R$ 2,6 bilhões (54%) por 5,5 milhões de trabalhadores (55% do total de 10 milhões de pessoas com direito ao dinheiro).

Saques do FGTS

Quem tinha mais de R$998 na conta em 24 de julho e não sacou, poderá sacar R$500 em 2020. Segundo informações da Caixa, o direito de resgate do valor depende de quanto a pessoa tinha na conta do fundo de garantia em 24 de julho de 2019.

Vale lembrar que só vai poder sacar quem tem até um salário mínimo (R$ 998). Se tivesse mais na conta, o limite de saque eram de R$ 500 mesmo e não será pago nenhum adicional.

Sendo assim, quem tinha até R$998 na conta no dia 24 de julho e já sacou R$500 poderá sacar mais R$498. Já quem tinha até R$998 na conta em 24/07 e não sacou R$500, poderá sacar R$998,00 a mais por conta.

Por fim, quem tinha mais do que R$ 998 na conta no dia 24 de julho e já sacou R$ 500 não poderá sacar nenhum valor.

Os valores estarão disponíveis para saque pelo trabalhador até 31 de março de 2020. “A CAIXA seguirá a estratégia de atendimento que tem sido muito bem sucedida, inclusive com o modelo simplificado de pagamento, e atenderá com tranquilidade os mais de 10 milhões de trabalhadores que receberão valores complementares do Saque Imediato”, disse o presidente da CAIXA, Pedro Guimarães.

Leia Também:

brasil 123  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?