Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Feirão de renegociação de dívidas do SPC Brasil oferece desconto de até 90%

Até 90% de desconto nas dívidas, possibilidade de parcelamento maior e novos prazos para a quitação das dívidas


Quem está com dívidas vai ter a oportunidade de renegociar a partir desta quinta-feira, dia 21 de novembro. O SPC Brasil com mais de 120 empresas estarão oferecendo descontos de até 90% das dívidas, pelo site. Também vai haver a possibilidade de parcelamento maior e novos prazos para a quitação das dívidas.
Com a aproximação do 13º salário, este é, segundo o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, o momento ideal para os consumidores colocarem as contas em dia.

Informações

O feirão vai acontecer do dia 21 de novembro até o dia 15 de dezembro. As cidades participantes serão São Paulo, Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza, Recife, Goiânia, Cuiabá. São Luís, Teresina, Rio Branco e Manaus, além de Feira de Santana (BA), Ibirité (MG), Pato Branco (PR) e Santo Antônio da Platina (PR).

Como participar do feirão do SPC Brasil

Após receber a confirmação de autenticidade, os consumidores interessados podem verificar no site do feirão do SPC Brasil se as empresas em que estão devendo aderiram ao programa. É possível consultar o seu CPF gratuitamente para verificar se há pendências e se elas estão disponíveis para renegociação.

Também é possível acompanhar o andamento de sua negociação de forma online, realizar o download do boleto com as novas condições ofertadas pelo credor e ser lembrado quando estiver perto do próximo vencimento.

Na avaliação do presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, a privacidade e a conveniência são as principais vantagens para uma negociação feita pela internet.

“A praticidade em não ter de se deslocar até uma agência bancária ou uma loja para se tentar um acordo com o credor são benefícios bastante atraentes. Os canais digitais já se consolidaram nas transações bancárias e nas compras online, agora é a vez das renegociações de débitos ganharem mais espaço nessas plataformas”, disse.

Leia Também:

top planilha

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.