Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Editais da Polícia Civil têm 300 vagas abertas e mais 6 mil autorizadas! Até R$18.747,95!

Confira

Excelentes oportunidades se aproximam para candidatos que almejam uma vaga na Polícia Civil. Acontece que, conforme levantamento feito pelo Notícias Concursos, há 7.098 vagas, sendo 300 abertas e 6.798 autorizadas. As oportunidades citadas são em quatro estados: Distrito Federal, Rio de Janeiro, Pará e São Paulo. Os salários podem chegar a até R$18.747,95.

No DF, A Polícia Civil abriu um novo edital de concurso público (Concurso Polícia 2019/2020) para o preenchimento de 300 vagas no cargo de Escrivão de Polícia. Vale lembrar que neste concurso são oferecidas  225 para ampla concorrência, 60 para negros e 15 para pessoas com deficiência (PCD). O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos Universidade de Brasília (CEBRASPE) tem a responsabilidade do certame. Os aprovados vão atuar no Distrito Federal.

A Polícia Civil do Estado de São Paulo foi autorizada a preencher 2.939 vagas em diversos cargos da corporação. A confirmação veio através do despacho do governador do Estado, João Dória, publicado no Diário Oficial do Estado do dia 04 de junho. O edital foi autorizado para os cargos de Investigador (900 vagas), Escrivão (1.600 vagas), Delegado (250 vagas) e Médico Legista (189 vagas).

A Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro vai divulgar a abertura de novo edital de concurso público (Edital Concurso Polícia Civil PC RJ 2019) para 864 vagas. Segundo informações da assessoria de imprensa, os editais do certame da corporação estão previstos para serem divulgados ainda este ano.

É grande a expectativa de realização do concurso da Polícia Civil do Estado do Pará (Concurso PC PA 2019). Após escolher a banca, a próxima etapa será a publicação do edital. Em setembro, a corporação confirmou que o edital será publicado com 1.495 vagas. As vagas serão distribuídas entre os cargos de Delegado (265 vagas), Escrivão (252 vagas), Investigador (818 vagas) e Papiloscopista (160 vagas).

Concurso da Polícia Civil no DF – Edital aberto e outro autorizado

Para concorrer a uma das vagas de Escrivão no concurso PC-DF 2019/2020, o candidato deverá ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). O salário será de R$ 8.698,78, por jornada de trabalho de 40 horas semanais.

O Escrivão da PC-DF deverá desempenhar as atividades previstas na Lei Federal nº 4.878/1965, tais como atividade de nível superior com atribuições relativas ao cumprimento das formalidades legais de polícia judiciária necessárias aos inquéritos, termos circunstanciados, sindicâncias, processo administrativo disciplinar e demais serviços cartorários de apoio à autoridade policial, além de outras atribuições inerentes ao cargo, previstas em legislação específica, notadamente no art. 100 do Regimento Interno da PCDF, aprovado pelo Decreto Distrital nº 30.490, de 22 de junho de 2009.

Os interessados em concorrer a uma das vagas poderão se inscrever entre 10 horas do dia 22 de janeiro de 2020 e 18 horas do dia 10 de fevereiro de 2020, no endereço eletrônico oficial da banca organizadora (http://www.cebraspe.org.br/concursos/pc_df_19_escrivao). A taxa de inscrição vai custar R$199,00.

As provas objetivas e a prova discursiva terão a duração de 4 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 15 de março de 2020, no turno da tarde. Na data provável de 6 de março de 2020, será publicado no Diário Oficial e divulgado no site da banca, o edital que informará a disponibilização da consulta aos locais e aos horários de realização das provas.


Agora é oficial. O concurso público da Polícia Civil (Concurso PC DF) está oficialmente autorizado. O documento de autorização foi publicado no Diário Oficial. A publicação ocorre um dia após a assinatura do governor Ibaneis Rocha.

O documento publicado confirma que serão abertas nada menos que 1.800 vagas para o cargo de Agente de Polícia, sendo 600 imediatas e 1.200 para formação de cadastro reserva.

De acordo com o extrato de autorização do concurso PC-DF 2019, o concurso deve ser publicado em até 180 dias para publicação. No entanto, essa previsão é comum em qualquer autorização, mas o documento com as regras deve sair antes dessa estimativa.

Para concorrer a uma das vagas de Agente Policial, o candidato deverá ter nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Além disso, ter Carteira Nacional de Habilitação na categoria B ou superior, em validade, é requisito para ingresso na carreira.

O Agente de Polícia tem missão de realizar atividade de nível superior, envolvendo investigar atos ou fatos que caracterizem ou possam caracterizar infrações penais; assistir a autoridade policial no cumprimento das atividade de polícia judiciária; coordenar ou executar operações de natureza policial ou de interesse de segurança pública; executar intimações, notificações ou quaisquer outras atividades julgadas necessárias ao esclarecimento de atos ou fatos sob investigações; dirigir veículos automotores em serviços, ações e operações policiais; executar demais serviços de apoio à autoridade policial, além de outras atribuições inerentes ao cargo, previstas em legislação específica, notadamente no art. 99 do Regimento Interno da PCDF, aprovado pelo Decreto Distrital nº 30.490, de 22 de junho de 2009.

Concurso da Polícia Civil em SP – Veja os preparativos

Conheça os cargos da corporação:

Escrivão e Investigador – 2.500 vagas

Os cargos exigem, na data da posse, idade igual ou superior a 18 anos de idade; ser habilitado para a condução de veículos automotores na categoria “B”, no mínimo; possuir diploma de graduação, expedido por entidade de ensino oficial ou reconhecida, devidamente registrado ou, na falta deste, certificado de colação de grau.

O Escrivão e Investigador de Polícia têm o total de vencimentos a partir de R$ 3.743,98 (três mil, setecentos e quarenta e três reais e noventa e oito centavos), correspondentes à soma dos valores do salário-base e da Gratificação pelo Regime Especial de Trabalho Policial – RETP. Para concorrer, o candidato deverá ter nível superior.

Papiloscopista e Agente de Telecomunicações – ainda não autorizado

Os cargos exigem, na data da posse, ser habilitado para a condução de veículos automotores na categoria “B”, no mínimo;ter sido aprovado no concurso, observado o número de vagas colocadas à disposição; e ser portador de certificado de conclusão de ensino médio expedido por escola oficial ou reconhecida e devidamente registrado.

O Agente de Telecomunicações Policial tem o total de vencimentos a partir de R$ 3.589,86 (três mil, quinhentos e oitenta e nove reais e oitenta e seis centavos), correspondentes à soma dos valores do salário-base e da Gratificação pelo Regime Especial de Trabalho Policial – RETP.

Agente Policial e Auxiliar Papiloscopista – ainda não autorizado

Os cargos exigem, na data da posse, idade igual ou superior a 18 anos de idade; ser habilitado para a condução de veículos automotores na categoria “D”, no mínimo; e ser portador de certificado de conclusão de ensino médio expedido por escola oficial ou reconhecida e devidamente registrado.

O Agente Policial e o Auxiliar Papiloscopista têm o total de vencimentos a partir de R$ 2.905,34 (dois mil, novecentos e cinco reais e trinta e quatro centavos), correspondentes à soma dos valores do salário-base e da Gratificação pelo Regime Especial de Trabalho Policial – RETP.

Delegado – 250 vagas

O cargo exige, na data da posse, ser habilitado para a condução de veículos automotores, no mínimo na categoria ‘B”; ser portador de diploma de bacharel em Direito, expedido por escola oficial ou reconhecida e devidamente registrado no Ministério da Educação – MEC; comprovação de, no mínimo, 2 (dois) anos de atividade jurídica ou 2 (dois) anos de efetivo exercício em cargo de natureza policial civil.

O Delegado de Polícia tem salário de R$9.888,07, correspondentes à soma dos valores do salário-base e da Gratificação pelo Regime Especial de Trabalho Policial –(RETP) e do Adicional por Direção da Atividade de Polícia Judiciária (ADPJ).

O último concurso da PC-SP foi divulgado em 2018 com oferta de 2.750 vagas. As vagas foram destinadas aos cargos de escrivão (800), investigador (600), agente policial (400), agente de telecomunicações (300), delegado (250), auxiliar de papiloscopista (200) e papiloscopista (200).

Sobre o último concurso de Escrivão e Investigador

O Concurso de Escrivão e Investigador foi composto por: Prova preambular, com questões de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, constituída de questões objetivas, consistentes em testes de múltipla escolha, abrangendo as disciplinas do conteúdo programático; Prova escrita, de caráter eliminatório e classificatório; Comprovação de idoneidade e conduta escorreita mediante investigação social, de caráter unicamente eliminatório; Prova oral, de caráter eliminatório e classificatório; e Prova de títulos, de caráter unicamente classificatório.

A prova preambular foi aplicada no dia 10 de junho de 2018 nas seguintes regiões do Estado de São Paulo: Araçatuba; Bauru; Campinas; Presidente Prudente; Ribeirão Preto; Santos; São José do Rio Preto; São José dos Campos; São Paulo (Capital e Grande São Paulo); Piracicaba e Sorocaba. A avaliação teve duração de cinco horas.

Sobre o último concurso de Delegado

O concurso foi composto por: a) prova preambular, cuja elaboração, aplicação e processamento serão de responsabilidade da Fundação VUNESP – com questões de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, constituída de questões objetivas, consistentes em testes de múltipla escolha, abrangendo disciplinas; b) Prova escrita, de caráter eliminatório e classificatório; c) Comprovação de idoneidade e conduta escorreita, mediante investigação social, de caráter eliminatório; d) Exame oral, de caráter eliminatório e classificatório; e) Prova de títulos, de caráter classificatório.O concurso da Polícia Civil PC/SP 2018 será composto por: a) prova preambular, cuja elaboração, aplicação e processamento serão de responsabilidade da Fundação VUNESP – com questões de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, constituída de questões objetivas, consistentes em testes de múltipla escolha, abrangendo disciplinas; b) Prova escrita, de caráter eliminatório e classificatório; c) Comprovação de idoneidade e conduta escorreita, mediante investigação social, de caráter eliminatório; d) Exame oral, de caráter eliminatório e classificatório; e) Prova de títulos, de caráter classificatório.

A avaliação preambular avaliou o conhecimento do candidato e foi constituída de 100 (cem) questões objetivas com 5 (cinco) alternativas cada uma, abrangendo disciplinas objeto do programa definido no Anexo IV e assim distribuídas: 14 questões de Direito Penal; 14 questões de Direito Processual Penal; 14 questões de Legislação Especial; 14 questões de Direito Constitucional; 14 questões de Direitos Humanos; 14 questões de Direito Administrativo; 16 questões de Direito Civil, Medicina Legal e Noções de Informática.

A prova teve a duração de 5 (cinco) horas, não podendo o candidato ausentar-se, definitivamente, da sala de provas antes das primeiras 2 (duas) horas, sob pena de desligamento do concurso.

Concurso da Polícia Civil no RJ – Veja os preparativos

Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro foi autorizada no dia 11 de novembro a publicar um novo edital de concurso público (Edital Concurso Polícia Civil PC RJ 2019/2020) para o preenchimento de 864 vagas. O documento foi publicado no Diário Oficial do Estado. As oportunidades serão destinadas para níveis fundamental, médio e superior.

A escolha da banca organizadora do corporação com 864 vagas já tem data marcada. Segundo a portaria publicada no Diário Oficial do Estado, edição do dia 06 de dezembro, as propostas devem ser apresentadas no dia 16 de dezembro, em audiência pública, na sede da Academia de Polícia Sylvio Terra (Acadepol).

Ao todo, serão duas licitações para escolha da banca, sendo um para delegado e outro para os demais cargos. É possível, no entanto, que uma mesma banca vença as duas licitações para organizar o concurso. Segundo o documento, as instituições que apresentarem planilha de custos de forma válida deverão encaminhar envelope lacrado atendendo aos requisitos gerais e específicos, previstos no termo de referência, até o dia 30 de dezembro.

Os processos de abertura do concurso da corporação avançaram no dia 03 de dezembro. Acontece que os documentos chegaram à Secretaria de Estado de Polícia Civil do Rio de Janeiro. O secretário Marcus Vinicius Braga revelou ao site Folha Dirigida que esse é o último local que os trâmites devem passar antes da publicação dos editais. A previsão é que o concurso seja lançado somente em 2020.

Na Secretaria da corporação vai acontecer a fase interna que antecede o concurso: a escolha e contratação da banca organizadora. De acordo com  o secretário, esses preparativos devem ser concluídos até dezembro, com a divulgação dos editais. A escolha da banca deve ser feita por licitação para todos os cargos.

As vagas do concurso PC-RJ foram autorizadas para os cargos de Delegado (47 vagas); Perito Legista (54 vagas), Inspetor (597 vagas), Investigador (118 vagas), Perito Criminal (20 vagas), Técnico de Necropsia (16 vagas) e Auxiliar de Necropsia (12 vagas).

Em junho, o governador do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, assinou a portaria autorizativa com 1.000 vagas. Na ocasião, o chefe do executivo estadual revelou  distribuição das vagas que trazia como novidade os cargos de investigador e perito criminal.

Segundo informações da assessoria de imprensa da PC-RJ ao site Folha Dirigida, o quantitativo de 864 vagas foi o número de vagas autorizado pelo Conselho de Regime de Recuperação Fiscal (RRF), após estudo prévio das contas do Estado. Hoje, segundo o governo, essa é a oferta que trará o menor impacto orçamentário aos cofres estaduais.

Em contrapartida, a PC-RJ revelou que mais oportunidades poderão ser preenchidas no decorrer do prazo de validade dos concursos Polícia Civil-RJ.

A atual autorização publicada no Diário Oficial do Estado conta com uma redução na maior parte dos cargos, com exceção do inspetor e investigador. Estes, aumentaram de 500 para 597 vagas e de 100 para 118 vagas, respectivamente.

Os processos do concurso chegaram à Casa Civil no dia 04 de novembro. Segundo o setor, os “processos estão em análise, sem prazo para conclusão”. Para o delegado Marcus Vinicius Braga, os passos futuros do concurso serão encaminhar os processos à corporação para os procedimentos finais, tal como a contratação da banca. A expectativa é que tudo isso seja concluído até dezembro, prazo para a publicação dos editais no prazo previsto.

Recentemente, em entrevista ao Bom dia Rio, da Rede Globo, Witzel falou sobre o quadro de servidores da corporação. “A Polícia Civil estava completamente desestruturada. O efetivo está hoje em um terço. Mas, estamos com concurso previsto para delegado e policial. Com isso, nós começamos a recompor a capacidade desses policiais de operar. Principalmente, a Polícia Judiciária”, disse o chefe do executivo estadual.

A fase de cotação de preços das bancas interessadas em organizar o certame da corporação foi encerrada. De acordo com informações da Academia de Polícia do Rio (Acadepol) do início deste ano, o processo licitatório já pode ser iniciado. Até oito empresas enviaram propostas.

De acordo com informações da Acadepol, dois processos licitatórios estão tramitando, sendo um para delegado e o outro para os demais cargos. Com isso, deverá ser escolhida uma organizadora para delegado e uma outra para os demais cargos do concurso (auxiliar de necropsia, técnico de necropsia, inspetor e perito).

Ainda sobre o número de organizadoras que procuraram a PC-RJ para organizar os concursos, a Acadepol disse que foram cerca de cinco empresas para o cargo de Delegado e em torno de sete ou oito para os demais cargos. Algumas bancas querem concorrer aos dois processos.

De acordo com dados do Sindicato dos Policiais Civis do Rio (Sindpol), a legislação prevê 23.800 cargos preenchidos. No entanto, o Estado conta com apenas cerca de 9 mil agentes na ativa. Desse total, 2.500 já poderiam ter se aposentado, mas continuam trabalhando.

“A comissão de concurso se reúne a todo momento. Alguns editais já estão sendo preparados. Todas as etapas estão sendo cumpridas muito rapidamente”, disse o secretário da Polícia, Marcus Vinícius.

Segundo Marcus, a carência de 15 mil policiais foi o motivo para a autorização de um novo concurso da Polícia Civil do RJ. “Nosso déficit é muito grande e o governador Wilson Witzel entendeu isso e já autorizou. A toda hora, ele me pergunta como está o andamento das comissões”, disse o secretário.

O Secretário espera um concurso bastante concorrido, por isso recomenda uma boa preparação. “A gente espera que todos se preparem muito bem, estudem, porque ser policial civil passa a ser a nossa vida. É um trabalho que a gente faz para sociedade, é servir realmente à sociedade. Estudem bastante, pois será um concurso muito concorrido”, disse em entrevista à rádio CBN.

O cargo de Auxiliar de Necropsia da Polícia Civil/RJ requer nível fundamental e conta com salário de R$4.743,12. Já para Técnico de Necropsia, é exigido nível médio. A remuneração é de R$5.277,59.

Para concorrer ao cargo de Inspetor de Polícia Civil será necessário nível superior em qualquer área. Os profissionais aprovados no cargo fazem jus ao salário de R$6.280,31. O cargo de Investigador também exige a mesma escolaridade. Para o posto, o salário é de R$5.740,38.

Por fim, a função de Médico Legista tem exigência de graduação nas áreas de Medicina, Odontologia, Farmácia e Bioquímica. O salário é de R$9.376,46, além de benefícios.

Para concorrer ao cargo de Delegado, o candidato deverá ter nível superior em Direito, devendo apresentá-lo na data da posse, o diploma devidamente registrado e emitido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação. A remuneração é de R$18.747,95.

Os salários citados já incluem o auxílio-alimentação de R$264,00.

  • Concurso: Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro (PC-RJ)
  • Banca organizadora: a definir
  • Escolaridade: fundamental, médio e superior
  • Número de vagas: 864
  • Remuneração: Até R$18.747,95
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: AUTORIZADO
  • Saiba mais sobre o concurso.

Concurso da Polícia Civil no Pará – Veja os preparativos

Foi divulgado no Diário Oficial do Estado, edição do dia 03 de agosto do ano passado, os membros que farão parte da comissão do concurso da PC-PA. O grupo de trabalho será composto por Odilene Fernandes da Conceição Santos (presidente), Kellen Cristina Costa da Silva, Aline Yuri de Andrade Oshikiri e Osvaldino Silva Junior.

O edital do concurso PC/PA 2019 autorizado no ano passado contemplava vagas para o preenchimento de 11 vagas, distribuídas entre os cargos de Administrador (05 vagas), Assistente Social (01 vaga), Psiquiatra (04 vagas) e Psicólogo (01 vaga). Além disso, é esperado, conforme consta no edital de licitação de escolha da organizadora, oportunidades para os cargos de técnico em gestão pública e médico. A taxa de inscrição desses cargos custará R$109,83.

A organizadora do concurso PC PA 2019 foi definida. Em publicação no Diário Oficial do Estado, edição do dia 27 de julho, a Assessoria em Organização de Concursos Públicos Ltda (AOCP) foi escolhida como organizadora do certame.

  • Concurso: Polícia Civil do Pará (PC PA) 2019
  • Banca organizadora: a definir
  • Escolaridade: superior
  • Número de vagas: 1.495
  • Remuneração: a definir
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: PREVISTO
  • Link do último edital

Leia Também:

top planilha
9 Comentários
  1. Nilce Aparecida da Silva Justino Diz

    QUERO ser avisada, quando abrir inscrição para polícia civil de São Paulo.

  2. Andre souza Diz

    Boa noite.
    Pra técnico de necropsia é auxiliar de necropsia , já está certo a conjunção das duas. Ou isso é só um comentário , ou não vai acontecer , eu queria fazer pra auxiliar de necropsia más parece. Que não vou fazer pq? Se juntaram. É verdade essa informação.

  3. Cláudio Diz

    Vaga motoristas AD

    1. Yara Diz

      A informação referente ao requisito para Investigador da PCRJ realmente é ensino superior? Porque estava havendo um processo judicial em relação a isso. Passou para ensino superior, depois voltou para ensino médio. É isso mesmo que consta aqui no site??

  4. Ariel Diz

    Desde começo do ano que o governador da BA tá prometendo esse concurso da PCBA e até agr nada. Acho que agr só ano que vem e olhe la

  5. André Diz

    Alguma notícia sobre o concurso de investigador no PR?
    Desde o ano passado q foi anunciado um novo concurso PC/PR, mas parece que foi esquecido.
    Att
    André Luis

    1. Ariel Diz

      Desde começo do ano que o governador da BA tá prometendo esse concurso da PCBA e até agr nada. Acho que agr só ano que vem e olhe la

  6. André Ribeiro Diz

    E para técnico de necropsia já tem previsão do edital???

    1. Márcio Romero Diz

      Gostaria de saber se as provas de inspetor e investigador serão em dias diferentes?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.