Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

DETRAN: Pagamento DPVAT para 2020 é iniciado; veja o calendário

O pagamento do DPVAT e demais tributos devem ser pagos diretamente na rede bancária, portando as informações da placa do veículo e o código Renavam.

O pagamento do DPVAT – Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Via Terrestre voltou. No Rio Grande do Sul, por exemplo, os motoristas já podem desembolsar a quantia na rede bancária conveniada. Em decorrência da decisão judicial, o seguro obrigatório, permanece com os mesmos valores do ano passado.

O seguro DPVAT cobre, aos motoristas, casos de morte, invalidez permanente ou despesas com assistências médica e suplementares por lesões de menor gravidade causadas por acidentes de trânsito em todo o país.

Vale lembrar, que para renovar o licenciamento do veículo, será necessário que motorista pague o Dpvat, o IPVA, eventuais multas e a taxa de licenciamento. No entanto, os calendários de vencimento do IPVA e de licenciamento são diferentes e independem um do outro.

O pagamento do DPVAT e demais tributos devem ser pagos diretamente na rede bancária, portando as informações da placa do veículo e o código Renavam.

Rede conveniada

São instituições conveniadas em que os pagamentos são admitidos: Banco do Brasil (somente para correntistas), Banrisul, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Santander e Sicredi.

O licenciamento – validade

  • Final da placa 1 – 30/04/2020
  • Final da placa 2 – 30/04/2020
  • Final da placa 3 – 30/04/2020
  • Final da placa 4 – 31/05/2020
  • Final da placa 5 – 31/05/2020
  • Final da placa 6 – 31/05/2020
  • Final da placa 7 – 30/06/2020
  • Final da placa 8 – 30/06/2020
  • Final da placa 9 – 31/07/2020
  • Final da placa 0 – 31/07/2020

STF retomou DPVAT

Em 2019 o presidente Bolsonaro publicou uma medida provisória para acabar com o seguro obrigatório do DPVAT, que garante indenização para vítimas de acidentes de trânsito. No entanto, o Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu da decisão, por 6 votos a 3.

O retorno do benefício é destinado para auxiliar financeiramente pessoas que sofreram danos pessoais causados por veículos automotores. O pagamento voltou com uma redução de até 60% nas taxas e com quebra de monopólio.

DETRAN não enviará documentos de veículos para casa dos proprietários; Entenda

Conselho Nacional de Trânsito (Contran) divulgou uma deliberação com os requisitos para emissão do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV), em meio eletrônico, sem necessidade da impressão do documento. O documento foi publicado no Diário Oficial da União.

Segundo o documento publicado, o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo em meio eletrônico (CRLV-e) será expedido em substituição ao CRLV em meio físico, na forma estabelecida Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN).

De acordo com o texto de deliberação do Contran nº 180, a expedição do CRLV eletrônico deverá ser implantada em todo o país até o dia 30 de junho de 2020.

Veja também: Detran libera datas de licenciamento de veículos para 2020; veja o cronograma

Leia Também:

brasil 123  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?