Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Confira: Substância presente em alimentos pode ajudar os concurseiros a fortalecer a memória!

Uma substância fácil de ser encontrada e presente em diversos alimentos pode ajudar os concurseiros a fortalecer a memória. Trata-se da Colina – conhecida como nutriente, pois muitos nutricionistas ainda não a consideram uma vitamina –, que é precursora de um neurotransmissor chamado acetilcolina e apontada por especialistas como importante em atividades neurológicas. Além de atuar na memória e intelectualidade, ela também age na coordenação, movimento e estimulação da contração muscular.

Segundo Patricia Oliveira, nutricionista da Planet Sport Academia, academia de ginástica com 20 anos de atividades no Jardim da Saúde e na Vila Mariana, em São Paulo (SP), a Colina é uma substância que pode ser produzida pelo próprio organismo, mas o ideal é consumi-la diariamente por meio da alimentação. Homens devem ingerir diariamente 550 mg e mulheres, 425 mg.

Isto porque a substância também age na neurotransmissão colinérgica e no transporte de gorduras do fígado. “Uma parte dela forma a betaína no fígado e nos rins, favorecendo a síntese proteica no controle de hemocisteína (que em excesso causa o aumento do risco de doenças cardiovasculares), além de melhorar o equilíbrio renal”, explica Patricia.

Muito fácil de encontrar, a Colina está em alimentos como ovo, fígado, couve-flor, leite, amendoim e nas carnes. Na maior parte das vezes, a substância está na forma de fosfatidilcolina, sendo que a lecitina é uma fração rica em fosfatidilcolina, muito utilizada em alimentos como agente emulsificante.

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

Comentários estão fechados.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?