Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Clientes NuConta têm tarifas de saque reduzidas no Banco24Horas; Entenda

Nubank: Banco24Horas planeja reduzir tarifa de saque em novo projeto


Desde o final do ano passado, a função débito e saque em caixas eletrônicos, que passou a ser oferecida a todos os clientes, está disponível,  e ela sofreu redução no valor das taxas.

O valor cobrado pela operação é de R$ 6,50 nas redes Banco24Horas (TecBan) e Saque e Pague. Porém, para alguns usuários, o valor irá cair para R$ 4. A mudança está em fase de análise, e não deve ser expandida a todos os usuários, por enquanto, segundo o próprio Nubank.

Os selecionados para receber o desconto nos saques estão sendo notificados por e-mail ou pelo aplicativo.

O posicionamento oficial do Nubank foi:

“No Nubank, estamos sempre em busca de oportunidades para melhorar a experiência de nossos clientes. Neste momento, estamos analisando as implicações de diferentes faixas de preço para a tarifa de saque da NuConta. Para isso, oferecemos de maneira temporária a uma pequena base de clientes a possibilidade de realizar a transação por valores menores do que os R$ 6,50 cobrados atualmente. Lembrando que o valor atual é referente ao custo de uso de redes externas para saques e que hoje é repassado integralmente aos nossos clientes. Apesar desse experimento, não há previsão de mudanças na maneira como a conta digital do Nubank opera hoje.”

Nubank: Banco24Horas planeja reduzir tarifa de saque em novo projeto

A taxa cobrada no saque com o cartão Nubank funciona assim: a fintech paga R$ 5,56 à rede do Banco24Horas ou do Saque e Pague na utilização dos serviços, o que inclui transporte e segurança do dinheiro, manutenção e aluguel dos espaços onde ficam os caixas eletrônicos e etc. A quantia restante, R$0,94, representa o imposto em cima do saque.

O Banco24Horas tem contrato com mais de 40 instituições financeiras, como o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal, Santander, Itaú, Bradesco, entre outros. No caso do Nubank, a empresa utiliza como intermédio a Cirrus, da Mastercard, o que acaba causando um aumento de até 80% nos contratos de uso dos caixas eletrônicos. Porém, essa situação está prestes a mudar.

A TecBan – empresa responsável por oferecer os serviços bancários de autoatendimento, como saques, recarga de celular, pagamento, consulta de saldo e extrato, e etc – afirmou recentemente que está preparando um sistema que facilitará a conexão e acesso aos caixas eletrônicos. Assim, empresas menores do tipo startup, poderão pagar valores menores para acesso às funcionalidades dos terminais. Especula-se que a novidade seja lançada até o final do ano.

Leia Também:

top planilha
1 comentário
  1. Maria Diz

    A partir de quando possamos retirar esse valor?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.