Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Cartão consignado Caixa começa a valer em todo o país; Saiba como solicitar

O cartão tem taxa de juros 2,85% ao mês e limite de crédito de até 1,4 vez o valor da aposentadoria.


Aposentados e pensionistas do INSS de todo o Brasil podem contratar o cartão de crédito consignado da Caixa Econômica Federal. O cartão tem taxa de juros 2,85% ao mês e limite de crédito de até 1,4 vez o valor da aposentadoria. O que significa que, se um aposentado recebe um valor de R$ 998 do INSS, ele terá um limite de R$ 1.397,20.

O projeto-piloto foi  lançado em abril, e estava disponível apenas nas agências de Brasília (DF), agora, foi ampliado para todos os estados brasileiros. Isso acontece porque o setor de crédito consignado movimenta mais de R$ 340 bilhões em empréstimos, por este motivo, é considerado estratégico pelo banco.

Como funciona um cartão de crédito consignado?

Apesar de oferecer basicamente o mesmo serviço de compras, o funcionamento do cartão de crédito consignado é diferente de um cartão de crédito comum pelo motivo de que como o nome sugere, ele está vinculado ao seu salário, por isso o pagamento dele já sai da sua folha de pagamento sem te dar a opção de não pagar na data do vencimento.

Bolsonaro confirma liberação de saque de contas ativas do FGTS

Em entrevista coletiva, o presidente Jair Bolsonaro voltou a confirmar que vai liberar parte do saldo de contas ativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). O objetivo é impulsionar a atividade econômica.

A previsão é que sejam injetados nada menos que R$42 bilhões na economia. Para o PIS/PASEP, o governo afirmou que serão liberados R$ 21 bilhões, o que soma R$63 bilhões.

De acordo com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, a liberação de saques do FGTS e do PIS/PASEP será realizado a partir das 16 horas da próxima quarta-feira, 24 de julho. A expectativa inicial era de que o anúncio fosse feito durante a cerimônia de comemoração dos 200 dias do governo Jair Bolsonaro, realizado na última quinta-feira (18).

De acordo com o ministro, as equipes técnicas do Ministério da Economia ainda trabalham em cima dos ajustes necessários para a liberação dos saques. Na saída do evento, ele disse que a especulação sobre tema só ocorreu porque houve vazamento. “Não era para vazar”, reclamou.

Ainda segundo Onyx, o funding para os empréstimos imobiliários e para o Programa Minha Casa Minha Vida com recursos do FGTS não será ameaçado. “Não vai haver nenhum prejuízo às fontes de financiamento de construção de casas populares”, revelou. No início da tarde, ele frisou que “nada vai afetar a construção civil”. “Não vamos usar a parte do FGTS usada para o financiamento de imóveis”, completou o ministro.

O calendário de saques será feito conforme data de aniversário dos correntista. O trabalhador do FGTS poderá sacar segundo o saldo total no fundo, sendo:

quem até R$5 mil na conta ativa: 35% do valor;

quem tem entre R$5 mil e R$10 mil: 30% do valor;

quem tem saldo a partir de R$10 mil até R$50 mil: 10% do valor.

Leia Também:

top planilha
1 comentário
  1. Marcos Donizete Custódio Félix Diz

    Sobre este cartão consiguinado da caixa e preciso esclarecer melhor como o aposentado pode solicitar

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.