Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Caixa lança empréstimo sem consulta ao SPC/Serasa usando o FGTS; veja quem pode

A modalidade, empréstimo consignado para celetistas, é voltado para os trabalhadores de iniciativa privada

A Caixa  está oferecendo uma nova modalidade de empréstimo, sem consulta ao SPC/Serasa. A modalidade, empréstimo consignado para celetistas, é voltado para os trabalhadores de iniciativa privada e registrados em carteira de trabalho.

Para garantia do empréstimo, o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) pode ser utilizado. No entanto, se o trabalhador estiver com o nome negativado, parte do benefício do FGTS será utilizado para o pagamento da dívida.

Vale lembrar que nessa modalidade, o empréstimo é com juros menores e prazo é mais flexível, podendo chegar a até 48 meses. O empréstimo pode ser solicitado pela internet ou até mesmo em caixas eletrônicos. Além disso, é possível solicitar em qualquer agência física do banco.

O Empréstimo

No empréstimo consignado da Caixa, as vantagens são sem consulta ao SPC/Serasa; taxas menores; juros mais baixos; e contrato facilitado.

Para pedir o empréstimo, a empresa onde o trabalhador atua deve ser conveniada com a Caixa. Além disso, o trabalhador deverá estar com a carteira assinada.

FGTS

Quem já retirou o valor de R$ 500 da sua conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) poderá retirar o valor adicional de R$ 498, para totalizar os R$998 liberados pelo governo, que vai permitir o novo saque em determinadas condições.

Vale lembrar que só vai poder sacar quem tem até um salário mínimo (R$ 998). Se tivesse mais na conta, o limite de saque eram de R$ 500 mesmo e não será pago nenhum adicional.

Segundo informações da Caixa, quem tinha até R$998 na conta no dia 24 de julho e já sacou R$500 poderá sacar mais R$498.

Já quem tinha até R$998 na conta em 24/07 e não sacou R$500, poderá sacar R$998,00 a mais por conta. Quem tinha mais do que R$ 998 na conta no dia 24 de julho e já sacou R$ 500 não poderá sacar nenhum valor. Por fim, quem tinha mais de R$998 na conta em 24 de julho e não sacou, poderá sacar R$500.

Os valores estarão disponíveis para saque pelo trabalhador até 31 de março de 2020. “A CAIXA seguirá a estratégia de atendimento que tem sido muito bem sucedida, inclusive com o modelo simplificado de pagamento, e atenderá com tranquilidade os mais de 10 milhões de trabalhadores que receberão valores complementares do Saque Imediato”, disse o presidente da CAIXA, Pedro Guimarães.

Leia Também:

top planilha

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.