Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio de R$600: 4ª e 5ª parcelas do auxílio não vão ser mais divididas

O Governo Federal cancelou alterações previstas para últimas parcelas (4ª e 5ª) do auxílio emergencial de R$600 (podendo chegar a até R$1.200), pago durante a pandemia do novo coronavírus.

As próximas parcelas do auxílio emergencial de R$600 (podendo chegar a até R$1.200) não vão ter mais alterações previstas inicialmente pelo Governo.

A divisão de parcelas de julho e agosto do auxílio foi apresentada em junho pelo ministro da Economia Paulo Guedes no fim de junho, quando o governo revelou que o auxílio emergencial seria prorrogado por mais 60 dias.

O que o governo estava estudando:

  • a quarta parcela seria paga R$ 500 no início de julho e R$ 100 no fim de julho;
  • a quinta parcela seria paga R$ 300 no início de agosto e R$ 300 no fim de agosto.

No entanto, a Caixa, responsável pelo pagamento do benefício, e também toda equipe econômica do Governo, avaliaram que dividir parcelas do auxílio em cotas dentro do mesmo mês seria muito complexa.

“Do ponto de vista operacional, respeitando a questão da pandemia, é muito mais simples, muito mais direto. Evita confusão. […] Portanto, são duas [parcelas] de R$ 600”, afirmou o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, na última sexta-feira, 17 de julho.

O auxílio

O auxílio emergencial liberado pelo Governo é pago aos trabalhadores informais, autônomos, desempregados e microempreendedores individuais (MEIs), cuja renda foi afetada por conta da pandemia do novo coronavírus.

No fim do primeiro semestre, o Governo já estava sendo pressionado pelos parlamentares a prorrogar o auxílio por mais tempo.

A solução do Governo foi, assim, estender o auxílio com o mesmo valor, de R$ 600, sem precisar enviar um novo projeto para o Congresso —a aprovação legislativa seria necessária caso houvesse alteração no valor. A prorrogação do auxílio emergencial foi feita por decreto.

Segundo o texto, quem for mãe chefe de família terá o benefício no valor de R$ 1.200 por mês. O programa já atendeu cerca de 65 milhões de pessoas.

O valor do benefício é liberado no Caixa Tem para o pagamento de contas, de boletos e para realização de compras por meio de cartão de débito virtual ou QR Code. Os saques e as transferências bancárias são feitos em outro calendário.

Quem pode receber o auxílio emergencial

Será concedido auxílio emergencial de R$ 600 ao trabalhador que cumpra, ao mesmo tempo, os seguintes requisitos:

  • seja maior de 18 anos;
  • não tenha emprego formal;
  • não seja titular de benefício previdenciário ou assistencial, beneficiário do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal, ressalvado o bolsa-família;
  • a renda mensal per capita seja de até meio salário mínimos ou a renda familiar mensal total seja de até três salários mínimos;
  • que não tenha recebido em 2018 rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 – Câmara excluiu essa exigência em 16 de abril de 2020.

O auxílio vai ser cortado caso aconteça o descumprimento dos requisitos acima. O texto também deixa claro que o trabalhador deve exercer atividade na condição de:

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

  • microempreendedor individual (MEI); ou
  • contribuinte individual do Regime Geral de Previdência Social que trabalhe por conta própria; ou
  • trabalhador informal, seja empregado ou autônomo, inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), até 20 de março de 2020, ou que se encaixe nos critérios de renda familiar mensal mencionados acima.

A proposta estabelece que apenas duas pessoas da mesma família poderão receber cumulativamente o auxílio emergencial e o benefício do Bolsa Família, podendo ser substituído temporariamente o benefício do Bolsa Família pelo auxílio emergencial, caso o valor da ajuda seja mais vantajosa para o beneficiário. A trabalhadora informa, chefe de família, vai receber R$ 1.200.

Veja também: LIBERADOS os saques de até R$2.090 no PIS e até R$1.045 do FGTS

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

14 Comentários
  1. Fatima Diz

    Nossa me ajuda muito para comprar remédio fazer conprar .oubrigado. agora vai demorar muito para receber só em novembro ta longe nem sei oque vou fazer até lá

  2. Viviane Gomes de Araujo Diz

    Bom dia, sou imensamente grata ao receber os meus 600.00 pois me ajudou muitoooo… Mas me entristeceu eu ver amigas minhas que não são mães receber 1.200 e eu que sou mãe de uma menina de 11 anos receber 600, mas ainda sou grata pq muito me ajudou. Deus os abençoe.

  3. Mariane Diz

    Veja no app auxílio emergencial lá já está o calendário de todas as parcelas aí clicar em acompanhar solicitação

  4. Mariane Diz

    Tem calendário já lá no app auxílio emergencial,lá já tem todos os calendário até da quarta e quinta parcela já, entra lá clica em acompanhar minha solicitação lá apareci o calendário

    1. Anderson Diz

      Tenho até medo de expor minhas indignações, e sofrer maiores turbulências……cheio de ódio.
      Auxílio de merda!!!!

  5. Aline Diz

    Como vai pagar no comer lo e no final de agente já tá no final do mes😠😠😠😠😠

  6. Madelaine cruz Diz

    A 2 parcela e a 3 parcela ..ja esta pra cair no caixa tem.. mas eu nao fiz essa conta..pois ja tenho conta poupança da caixa..e tenho que esperar até dia 12 e dia 19..de setembro pra receber…enquanto isso minhas contas está tudo atrasadas..pois sou diarista e ainda não consegui voltar pros afazeres…lamentável 😭😭😭

    1. Gessica Diz

      Nada a vê meu querido eu tenho poupança mais criei a minha conta digital pelo App Caixa tem vc quebra a cabeça pois quebrei muito a minha cabeça pra consegui fazer mais fiz e chamei por Deus e deu certo graças a Deus Então tenta fazer amigo quem sabe vc n consegue fé irmão

    2. Gessica Diz

      DESCULPA NÃO OLHEI SEU NOME MINHA QUERIDA ☺😚🤗Torço por vc mais tenta fazer mulher vc consegue meu anjo Com fé em Deus

    3. Mayara Diz

      Baixa o picpay, aiq quando seu auxílio cair no caixa tem vc vai pro picpay e cadastra seu cartão virtual do caixa tem aí vc pega o valor que tem no cartao virtual e passa pro picpay e no mesmo dia vc trasferi do picpay pra uma conta bancária e com 2 dias úteis o valor já está na conta. Veja no you tube como fazer isso que rapidinho vc resolve sem precisar esperar setembro

  7. WILLIAM Pires Coelho Diz

    Confusão da nada não consigo pagar boleto de impostos e nem fazer compras manda ir na caixa falar com o presidente da caixa ele nunca tá lá até o final do ano ele deve aparecer vestido de papai Noel com saco cheio de grana

    1. Zilda Diz

      Provavel a data pra nos qui vamos receber e la pra o dia 7 de agosto

  8. Cíntia Diz

    Não recebi a parcela 3 quando eu vou receber gostaria de saber

  9. Cíntia Diz

    GOSTARIA E SABER DAQUELAS PESSOAS QUE JA RECEBRAM A 2 PARCELA SE JA TEM CALENDÁRIO ALGUMA DATA PREVISTA JA RECEBI A SEGUNDA PARCELA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?