Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Aposentadoria do INSS será maior para quem pedir até o fim de novembro; Entenda

Fator Previdenciário vai ser atualizado em 1º de dezembro e deverá reduzir os novos benefícios


A reforma da Previdência vai acabar com o uso do fator previdenciário. No entanto, o vai continuar a valer para segurados do INSS com direito adquirido ao atual sistema de cálculo e em uma das regras de transição. As informações são do Jornal Agora, do Portal UOL.

A atualização por ano do índice para esses trabalhadores, prevista para 1º de dezembro, vai causar impacto negativo na renda. Vale lembrar que para os trabalhadores que se aposentarem por tempo de contribuição pelo período mínimo de recolhimentos (30 anos para a mulher e 35 anos para o homem), o novo fator vai reduzir a renda mensal em 0,54%, na comparação com benefícios concedidos pelo índice atual.

Conforme informado pelo Jornal Agora, da Folha de São Paulo, os cálculos são do consultor atuarial Newton Conde. Os números foram aplicados pela reportagem a perfis de segurados com idades entre 45 e 60 anos. “Os cálculos não são oficiais, mas foram realizados sobre os mesmos parâmetros utilizados nos últimos anos”, explicou Conde.

Para o trabalhador que reúne condições para se aposentar até 30 de novembro e não tem intenção de adiar a aposentadoria, é vantajoso requisitar o benefício antes de 1º de dezembro, conforme estimativa.

Após a reforma da Previdência, o fator previdenciário também poderá ser aplicado em dois casos: na situação em que o direito foi adquirido antes da promulgação da nova legislação e para quem se aposentar pela regra de transição válida para trabalhadores que estão a até dois anos de completar os requisitos atuais do benefício por tempo de contribuição.

Regra de Transição

Na regra de transição, o trabalhador vai precisar aumentar o seu número de recolhimentos em 50% em relação ao tempo restante para a aposentadoria na data da aprovação da reforma.

Vão escapar do redutor na aposentadoria os trabalhadores cuja soma da idade ao tempo de contribuição resultar em 86 (mulheres) ou em 96 (homens).

No entanto, a regra de cálculo 86/96 só será mantida após a reforma se o direito for adquirido antes das mudanças.

Cálculo da Renda Mensal / Fator Previdenciário

  • Um novo fator previdenciário vai ser aplicado às aposentadorias do INSS a partir de 1º de dezembro;
  • Os novos índices serão utilizado nas aposentadorias concedidas com a regra válida antes da reforma; e
  • O fator também será usado em uma das regras de transição da reforma, a que exige pedágio de 50% do tempo que falta para se aposentar.

O que é Fator Previdenciário?

É calculado a partir de três informações apuradas no momento em que cada trabalhador pede sua aposentadoria: Idade do segurado na aposentadoria; O tempo de contribuição à Previdência; e Expectativa de sobrevida do trabalhador.

A média salarial do trabalhador, calculada sobre as 80% maiores contribuições feitas desde julho de 1994, é multiplicada pelo fator. Essa multiplicação pode reduzir a aposentadoria nos casos em que o fator previdenciário fica abaixo de 1. De modo geral, o fator previdenciário reduz as aposentadorias de quem tem menos de 60 anos de idade.

Leia Também:

top planilha
39 Comentários
  1. Marta Assunção de Aguiar soares Diz

    sou professora pública tenho 60 anos e 22 de contribuição gostaria de saber se devo já pedir minha aposentadoria porque caso eu espere o nova reforma vou ter que trabalhar mais tempo é isso mesmo ….me.oriente o melhor o que devo fazer o que é melhor.p mim …

  2. Sílvia Helena Potenza Barreto Diz

    Olá! Não tenho os 15 anos de contribuição, mas continuo pagando como autônoma . Estou com 58 anos. Nesse caso tenho que esperar os 62 anos para me aposentar?

  3. Giane de Oliveira Diz

    Sou Diretora de Escola na prefeitura municipal, tenho 33 anos de contribuição, e completo 55 anos dia 30 de novembro, vou pedir aposentadoria a partir de 01 de dezembro, entro na regra de transição?????

  4. Sonia Cristina Gonçalves Pereira Diz

    Meu nome é Sonia tenho 15 anos de contribuicao e 59 de idade, completo 60 anos em setembro de 2020.
    Posso pedir minha aposentadoria por idade
    Atualmente pago sobre valor do salario minimo 998,00

  5. Augusta Rodrigues CairesAugusta Diz

    Augusta Caires
    Tive no INSS e me disseram que tenho tempo para aposentadoria, só que não consegui agendar nem no 135 nem via e-mail.Ate quando poderei agendar , tendo direito na regra atual para mim aposentar, estou ansiosa demais.

  6. Marli Lopes Bulhoes Diz

    Tenho 60 anos, falta dois anos para completar 15 de contribuição, o que tenho a fazer?

  7. Santinha Soares Macedo Diz

    Sou professora na rede municipal, tenho 54 anos e 27 anos de contribuição, gostaria de saber se posso esperar pra aposentar no começo do ano , pois tenho 2. Meses de licença prêmio e preciso tirar em fevereiro e março, pois agora não dá mais tempo. Gostaria de saber se vou ser prejudicada.

    1. Samuel Manoel Pereira Diz

      O meu nome é Samuel Manoel Pereira, primeiramente eu gostaria de dizer da minha revolta com essa demora do INSS em liberar o meu pedido de aposentadoria.
      E ao mesmo dizer a todos da incompetência do governo Bolsonaro apesar de ter votado nele, e também da incompetência do presidente do INSS Sr. Renato Vieira e de seus servidores, na liberação dos pedidos de aposentadorias os quais alguns já rolam há mais de um ano, que é o meu caso.
      Vejam o meu relato, no mês de junho do ano passado fiz 65 anos e dei entrada na minha aposentadoria por idade urbana, mas devido a erro do INSS na contagem de tempo, o pedido foi indeferido, tentei novamente um outro requerimento, e mais uma vez foi indeferido, estive na agência e o funcionário disse que havia erro na contagem de tempo, e assim ele me disse que era melhor entrar com um recurso, o que prontamente eu fiz no dia 11 de Janeiro desse ano de 2019, ao dar entrada o INSS disse precisar de um prazo de 6 meses para dar a resposta e liberar o benefício, só nós estamos no final do mês de outubro, ou seja já se passaram 9 meses e até o momento nenhuma resposta foi me dada.
      Já apelei para a chamada ouvidoria do INSS, que penso que também não serve para nada, já que até agora nada foi resolvido, e a resposta dessa ouvidoria é dizer que está em análise.
      Isso é mentira deles, porque eu voltei na agência e o funcionário que me atendeu disse o meu pedido de recurso ainda se encontra na gaveta, isto já passado esses 9 meses de espera.
      Acontece que eu estou desempregado desde o mês de abril do ano passado, sem receber nenhum dinheiro e ainda por cima com família para sustentar, contas para pagar remédios para comprar, e ainda por cima morando de favores.
      Para é lamentável uma situação dessas, visto que eu contribui para o INSS e o mesmo tem por obrigação liberar o meu pedido de aposentadoria.
      Não querendo julgar ninguém, mas eu conheço pessoas que nunca pagaram o INSS, e já até se aposentaram, realmente não dá para entender uma situação dessas.
      Eu que paguei estou tendo dificuldade de recebe a minha aposentadoria. É complicado mesmo uma situação dessas.
      Portanto, aqui vai o sentimento de revolta em relação a essa demora do INSS em resolver o meu problema.
      Quero dizer ao Sr. Presidente Bolsonaro e o presidente do INSS Sr Renato Vieira, que acredito que para vocês não faltam dinheiro e nem comida nas suas mesas, porque vocês estão com a faca e o queijo nas mãos, e enquanto que pessoas como eu está passando por necessidades devido a essa lerdeza do INSS em liberar o meu pedido de aposentadoria.
      Eu teria vergonha na cara, de ver o meu próximo passando por necessidade, enquanto que eu estou comendo e bebendo do bom e do melhor. Realmente é lamentável uma situação dessas.
      Espero que essa minha declaração de revolta chegue aos ouvidos do presidente Bolsonaro e também do presidente do INSS, para ver se esse governo e também essa previdência, resolva essa minha situação, como também de outras pessoas que estão passando por os mesmos problemas.
      Eu como disse no início do comentário, votei no Bolsonaro para presidente, mas para até agora não vejo nenhuma melhora no país em relação ao governo passado, pelo contrário essa reforma da previdência e outros itens do governo, só tem atrapalhado a liberação dos pedidos de aposentadorias até agora.
      Ai vai o meu Protesto, e espero que a solução i meu pedido de aposentadoria, seja feito já, porque já passou da hora e muito.
      É lamentável.

    2. Maria da paz araujo gervasio Diz

      Tenho 59 anos, dia 13/01/2020, faço 60, falta 8 meses p completar 30 anos de contribuição, posso dá entrada na aposentadoria em junho, sem pedágio ?

  8. Maria Alves da Silva Diz

    Sou funcionaria publica Tenho 61 anos e 29 anos de contribuição .como fica se eu pedir agora minha aposentadoria?

  9. Cidneia costa Diz

    boa noite gostaria de tirar minhas duvidas trabalhei dezenove anos concursada pela prefeitura municipal fiz concurso no estado pedi exoneração no município e hoje estou a nove anos no estado
    .tenho 51anos de idade quando me aposento?grato

  10. Gilberto dos santos Diz

    Eu sou frentista tenho vinte anos de contribuição tenho quarenta e seis anos .tenho direito

  11. Ademir santo alexandre Alexandre Diz

    Tenho direito adquirido , mas deu indeferimento só porq estou afastado do serviço e recebendo afastamento , quando voltar a trabalhar não entro na lei nova ?

  12. Silvia de Miranda Miranda de Borba Diz

    Completo 60anos no dia 19 de novembro já posso pedir a minha aposentadoria por idade

    1. Max Diz

      Para aposentar por idade tem que contribuir por pelo menos 15 anos, se já tem está contrução então, sim pode pedir sua aposentadoria

      1. Sonia Cristina Gonçalves Pereira Diz

        Tenho 59 anos 15 anos de contribuição posso pedir minha aposentadoria por idade

  13. Ines Diz

    Fiz 53 anos em setembro de 2019 , juntando idade mais tempo de contribuição faço os 86 pontos em 30 de novembro de 2019 , sou professora , ainda entrarei na regra dos 86 com a regra antiga de cálculo ou entro na nova regra ou em qual regra de transição entrarei

    1. Max Diz

      Praticamente você vai trabalhar um mês ou menos para aposentar integral

      1. Sandra Diz

        Com 52 anos de idade e 28 anos de contribuição da pra pedir a aposentadoria?

  14. Maria das dores do N. Ferreira Diz

    Meu nome é Maria e fiquei viúva a quase dois meses,dei entrada no pedido de pensão por morte urbana e até agora não tive retorno. Embora esteja recente. Vocês sabem me informat se eu vou ter direito nesta pensão? Afinal de contas:meu marido e eu estivemos juntos por 22 anos,sendo 9 casados no civil.

    1. Robson Diz

      Sou Robson
      Tenho 52 anos de idade
      e 28 anos de contribuição como fica para mim

  15. Antônio pedroso da Silva Diz

    Oi meu nome e laide da costa eu queria saber como fasso pra saber por que foi cancelado o benefício do Rafael Joaquim da costa sou a curador Deli

  16. Antônio pedroso da Silva Diz

    Oi sou laide da costa Sou curador de Rafael Joaquim da costa o benefício dele foi cancelado será que você pode me ajudar por favor

    1. RODRIGO DA SILVA CAMARA Diz

      Meu nome é Rodrigo,tenho 23 anos e 6 mês como técnico de enfermagem e 6 anos por contribuição comum,minha advogada converteu a especial pra comum usando o fator multiplicador 1.4, hoje tenho 43 anos de idade e ela orientou a dar entrada por esse benefício ,gostaria de uma orientação de vcs agradeço pela contribuição

  17. Moisés Dutra Diz

    Já fiz o pedido da aposentadoria por contribuição, mais até agora não tive resposta o que estará acontecendo, não vou ter o direito de me aposentar?

    1. Max Diz

      O inss está atrasando um pouco as concessões de apasentadorias, mas se toda a documentação está correta, você vai receber tudos os meses acumulado deste a data da entrada no inss

  18. Antônio Diz

    Para divulgação!

    Direito Adquirido, não pode ser nulo, com novos índices de nova tabela, do Fator Previdenciário, a vigorar, a partir de 01/01/2019.

    Grato pela Atenção!

    1. Marilene Teresinha Rigo Diz

      Tenho 15 anos de contribuição tenho 52 anos posso encaminhar minha aponsentadoria
      [email protected]
      Rua dos metais bairro natureza Concórdia SC CEP 89705552da minha rua

  19. joacir Antônio Fassbinder Diz

    éssa previdência quando é pra cobrar contribuição é rápido mais cuando é a favor au trabalhador aí demora anos e anos

  20. joacir Antônio Fassbinder Diz

    preciso saber se o meu nome está entre os beneficiados pra recleber atraso

  21. Maria de souza Diz

    Sou trabalhadora rural já foi dado entrada com essa nova regra não vai atrapalhar minha aposentadoria

    1. Max Diz

      Não muda nada pra você

  22. lidineia Diz

    Sou autonoma não tenho carteira assinada. Qual a idade pra me aposentar se nunca assinei carteira nem contribui com o inss

    1. Max Diz

      Você não aposenta, A Previdência Social mantém um grupo de benefícios assistenciais a idosos com mais de 65 anos e pessoas que tenham deficiência, desde que a renda familiar, em ambos os casos, seja menor que R$ 250,00. Trata-se do Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social (BPC/Loas), no valor de um salário mínimo.

      1. José Maurício Cardoso Diz

        Bom dia tenho uma perda num ouvindo esquerdo, trabalhei em 1988a a 1998 na metalúrgica, depois mas 6 mês metalúrgica trabalhei empilhadeira e depois mas sei empilhadeira fábrica química depois 6,8 ano numa fábrica têxteis operador de prensa ,queria saber se eu tenho direito de aposentar especial tenho 51 ano meio obrigado)

      2. LAIR Diz

        Oi sou professora a mas de 30anos da rede municipal tenho 50 anos já tentei me aposentar mas tenho muitas perdas redução da metade do salário porque?

  23. Edna Costa Diz

    Sou funcionária pública municipal, tenho 28 de contribuição e 58 anos de idade, gostaria de saber como fica a minha aposentadoria depois da reforma?
    Obrigada.

  24. Rogerio Diz

    E a dispensa das 20% menores contribuições tb continuam valendo para quem já possui o direito adquirido?

    1. Max Diz

      Sim

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.