Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Ainda não recebeu o auxílio de R$ 600? Saiba por que e como resolver

O calendário de pagamentos do auxílio emergencial ainda está em andamento. Por isso, alguns beneficiários ainda precisam aguardar o dinheiro cair na conta

Há 11 dias, em 09 de abril, a Caixa Econômica Federal (CEF) iniciou os pagamentos da primeira parcela do auxílio emergencial para aos trabalhadores informais, autônomos, brasileiros de baixa renda, entre outros, que tiveram sua renda comprometida por conta da pandemia do novo coronavírus. No entanto, muitos que têm direito ainda não receberam.

O calendário de pagamentos do auxílio emergencial ainda está em andamento. Por isso, alguns beneficiários ainda precisam aguardar o dinheiro cair na conta (veja a situação de cada caso logo abaixo).

Há situações em que o dinheiro não é depositado porque o cidadão não possui o direito, por atraso na análise do cadastro ou por problemas técnicos com os aplicativos da Caixa Econômica Federal. Caso o seu dinheiro ainda não tenha sido depositado, entenda o porquê logo abaixo.

Situação “Em análise”

auxílio emergencial de R$600 criado pelo Governo Federal para ajudar as pessoas durante a pandemia Covid-19 já está beneficiando trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados que pertencem à famílias em situação de vulnerabilidade: mas nem todos.

Algumas pessoas ainda não estão recebendo o dinheiro, e em seus aplicativos consta que o pedido está em análise. Por quê? E o que fazer? Entenda.

Mas o que significa a mensagem “Auxílio Emergencial em Análise”? Significa que as suas informações ainda estão sendo conferidas e analisadas pelo governo antes que ele libere o benefício. O cadastro por si só não garante o recebimento do auxílio, por isso, é preciso que os dados passem por uma análise.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, os dados vão ser validados pelo governo, e então, depois de aprovados, são liberados. O prazo divulgado para validação é de até 5 dias úteis.

Já estou cadastrado no CadÚnico, mas ainda não recebi o coronavoucher

Segundo informações do Governo, os pagamentos para quem estava inscrito no CadÚnico até o dia 20 de março de 2020 continuam sendo feitos normalmente. Na última sexta-feira, 17 de abril, por exemplo, foram pagos R$ 1,5 bilhão para 2,1 milhões de pessoas nesta situação.

Mas vale destacar que nem todos que estão cadastrados no CadÚnico contam com direito ao auxílio emergencial. O Governo estabeleceu critérios de profissão e também de renda que podem deixar o cadastrado sem receber o benefício.

Caso a pessoa esteja no cadastro do CadÚnico, mas recebe o Bolsa Família, o auxílio emergencial vai ser pago em um calendário próprio, conforme explicado acima. Vale destacar que é importante que a pessoa não acumule os dois auxílios, recebe o que for mais vantajoso para ela.

O site e aplicativo “Auxílio Emergencial” informam se os seus dados já estão no CadÚnico. Você pode acompanhar a situação do seu pagamento lá e tirar dúvidas pelo telefone 111.

Cadastro aprovado, mas não recebi o depósito

De acordo com informações da Caixa, logo após aprovação do Cadastro, o depósito do auxílio emergencial será feito em três dias úteis. No momento do cadastro, o usuário poderá escolher entre indicar uma conta bancária já existente ou receber em uma poupança digital que será aberta automaticamente pela Caixa.

Segundo o banco, quem optou por escolher uma conta no cadastro deverá esperar o depósito em até 3 dias úteis. Caso o dinheiro não caia, será necessário entrar em contato com a Caxa pelo telefone (número 111).

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

Já para quem não tem conta em banco ou não indicou uma no cadastro, a Caixa vai ter que abrir uma poupança digital. A movimentação dos recursos dessa conta deve ser feita através do aplicativo “Caixa Tem”.

Optei pela poupança digital, mas o aplicativo ‘Caixa Tem’ não funciona

O aplicativo Caixa Tem, disponibilizado nas plataformas da App Store (iOS) e PlayStore (Android), é o único meio de acessar o auxílio para os trabalhadores que recebem pela poupança social digital da Caixa. Essa ferramente é para que não possui conta em banco ou não indicou uma ao se cadastrar.

O aplicativo, conforme informou o perfil da Caixa no Twitter, “pode apresentar intermitência momentânea devido ao alto volume de acessos”. A conta oficial do banco pede para que os cidadãos continuem tentando.

Quem possui o dinheiro na poupança social digital pode apenas pagar contas e fazer até três transferências gratuitas por mês. Os saques vão ser liberados aos poucos a partir de 27 de abril, para evitar aglomerações. 

Cadastro errado porque preenchi errado

Quem já efetuou o pedido para receber o auxílio, mas preencheu algum dado erroneamente ou esqueceu de incluir informações poderá arrumar o cadastro após receber a resposta da solicitação.

De acordo com informações da Caixa, vai ser possível corrigir os dados pelo site ou pelo aplicativo, No entanto, será necessário aguardar o término da primeira análise.

Anteriormente, a Caixa havia informado que não era possível alterar os dados do cadastro enviado. No entanto, o banco prometeu disponibilizar a edição de dados para quem já teve o pedido analisado.

Quem ainda não efetivou o cadastro, é recomendado que certifique os dados antes de concluir o procedimento de inscrição. Após preenchimento dos dados, o programa da Caixa exibe uma tela com o resumo dos principais dados. Caso você encontre alguma informação incorreta, você pode voltar algumas telas e corrigir.

Saques da poupança digital

Os saques do valor em dinheiro vão começar no dia 27 de abril e vão seguir até 05 de maio para a primeira parcela do auxílio de quem está recebendo  pela poupança digital gratuita da Caixa. Essa conta está sendo aberta de forma automática para aqueles que não forneceram dados bancários.

A liberação do saque vai ser feita de forma escalonada, conforme data de aniversário do beneficiário. A Caixa tem o objetivo de evitar aglomerações. Veja o cronograma:

  • 27 de abril – nascidos em janeiro e fevereiro, com poupança digital gratuita da Caixa
  • 28 de abril – nascidos em março e abril, com poupança digital gratuita da Caixa
  • 29 de abril – nascidos em maio e junho, com poupança digital gratuita da Caixa
  • 30 de abril – nascidos julho e agosto
  • 04 de maio – nascidos em setembro e outubro
  • 05 de maio – nascidos em novembro e dezembro

Calendário de pagamento

De acordo com a Caixa, os inscritos no CadÚnico que não recebem Bolsa Família já receberam a grana desde o dia 09 de abril. Os depósitos seguem sendo feitos.

Foram priorizados os que têm poupança na Caixa e os que têm conta no Banco do Brasil.

Os beneficiários inscritos no Bolsa Família têm um calendário que segue o dígito do NIS (Número de Identificação Social):

  • Sexta-feira (17): – 1.926.557 beneficiários do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 2
  • Segunda-feira (20): – 1.923.492 beneficiários do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 3
  • Quarta-feira (22): – 1.924.261 beneficiários do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 4
  • Quinta-feira (23): – 1.922.522 beneficiários do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 5
  • Sexta-feira (24): – 1.919.453 beneficiários do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 6
  • Segunda-feira (27): – 1.921.061 beneficiários do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 7
  • Terça-feira (28): – 1.917.991 beneficiários do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 8
  • Quarta-feira (29): – 1.920.953 beneficiários do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 9
  • Quinta-feira (30): – 1.918.047 beneficiários do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 0

Datas de pagamento do auxílio emergencial

São três calendários de pagamento diferentes:

  • um calendário pago pelo governo é para quem recebe o bolsa família;
  • um segundo calendário é para quem está no no Cadastro Único que não recebem o Bolsa Família e mulheres chefes de família;
  • um terceiro calendário é para quem se inscreveu para receber o Auxílio Emergencial através do aplicativo ou do site do programa.

Calendário geral

O auxílio emergencial vai ser pago para os trabalhadores informais, desempregados, contribuintes individuais do INSS e MEIs. Saiba como deve ser o calendário de pagamento para todos os trabalhadores que têm direito ao auxílio:

Primeira parcela – paga em abril

Será paga da seguinte forma:

  • Os cidadãos que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e têm conta no Banco do Brasil ou poupança na Caixa Econômica Federal, já receberam na última quinta-feira (09 de abril).
  • De 14 a 17 de abril: vai ser pago quem está no Cadastro Único, que não recebem Bolsa Família e também não tem conta na Caixa ou no BB. No dia 14, o dinheiro sai para nascidos em janeiro. No dia 15, será pago para nascidos em fevereiro, março e abril. No dia 16, sai para quem nasceu em maio, junho, julho e agosto. No dia 17, o valor será pago para os nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro.
  • Últimos 10 dias úteis de abril: Reservados para beneficiários do Bolsa Família, conforme cronograma já previsto no programa;
  • Em até 5 dias úteis após inscrição no aplicativo ou pelo site, o dinheiro estará disponível para trabalhadores informais que não estão no Cadastro Único nem no Bolsa Família.
Segunda parcela – Abril e Maio

Vale lembrar que, a partir desta parcela, os pagamentos serão realizados conforme o mês do aniversário do trabalhador, informou a Caixa. Será paga da seguinte forma:

  • Os cidadãos que estão inscritos no Cadastro Único, mas que não recebem Bolsa Família e trabalhadores informais inscritos no programa de auxílio emergencial: vai receber entre 27 e 30 de abrilNo dia 27 vai ser depositado o dinheiro daqueles nascidos em janeiro, fevereiro e março. Dia 28 será para quem nasceu em abril, maio e junho. No dia Dia 29 recebem os aniversariantes de julho, agosto e setembro. No dia 30, os pagamentos serão para os nascidos em outubro, novembro e dezembro.
  • Os Beneficiários do Bolsa Família: vão receber nos últimos 10 dias úteis de maio, seguindo o calendário regular do programa.
Terceira parcela – Maio e Junho
  • Os cidadãos que estão inscritos no Cadastro Único, mas que não recebem Bolsa Família e trabalhadores informais inscritos no programa de auxílio emergencial: vai receber entre 26 e 29 de maio. No dia 26 vai ser pago o dinheiro daqueles nascidos em janeiro, fevereiro e março. No dia 27 de maio será pago aos nascidos em abril, maio e junho. No dia 28, o valor sai para os aniversariantes de julho, agosto e setembro. No dia 29 de maio, os pagamentos vão ser para os nascidos em outubro, novembro e dezembro.
  • Os benefícios do Bolsa Família vão receber nos últimos 10 dias úteis de junho, conforme calendário regular do programa.

Saiba quem pode receber o auxílio emergencial

O projeto altera uma lei de 1993, que trata da organização da assistência social no país. De acordo com o texto, durante o período de três meses será concedido auxílio emergencial de R$ 600 ao trabalhador que cumpra, ao mesmo tempo, os seguintes requisitos:

  • seja maior de 18 anos;
  • não tenha emprego formal;
  • não seja titular de benefício previdenciário ou assistencial, beneficiário do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal, ressalvado o bolsa-família;
  • a renda mensal per capita seja de até meio salário mínimos ou a renda familiar mensal total seja de até três salários mínimos;
  • que não tenha recebido em 2018 rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70. Exigência excluída pela Câmara em 16/04/2020.

O auxílio vai ser cortado caso aconteça o descumprimento dos requisitos acima. O texto também deixa claro que o trabalhador deve exercer atividade na condição de:

  • microempreendedor individual (MEI); ou
  • contribuinte individual do Regime Geral de Previdência Social que trabalhe por conta própria; ou
  • trabalhador informal, seja empregado ou autônomo, inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), até 20 de março de 2020, ou que se encaixe nos critérios de renda familiar mensal mencionados acima.

A proposta estabelece que apenas duas pessoas da mesma família poderão receber cumulativamente o auxílio emergencial e o benefício do Bolsa Família, podendo ser substituído temporariamente o benefício do Bolsa Família pelo auxílio emergencial, caso o valor da ajuda seja mais vantajosa para o beneficiário. A trabalhadora informa, chefe de família, vai receber R$ 1.200.

Veja também: Dois saques do PIS/PASEP são liberados com valor de até R$1.045

Leia Também:

brasil 123  
36 Comentários
  1. Rute Monteiro Diz

    Sou de abril fui aprovada pra a terceira parcela do auxílio e até agora o dinheiro não caiu. Por favor alguém me dê uma resposta. Porque a gente tenta ligar pra caixa e não consegue uma resposta plausível.

  2. Patrícia Lima de Camargo Diz

    Meu marido não recebeu o auxílio emergencial,lá diz q ele não tem direito porque recebeu o defeso de pesca….Por que só ele não tem direito sendo que todos os pescadores também receberam, e foram aprovados no auxílio? Moramos em uma vila de pescadores….

  3. Marina Diz

    Tenho conta na caixa ,poupança a primeira parcela caiu na minha conta ,já a segunda parcela não caiu não minha conta,a caixa abriu a conta no caica tem é o dinheiro sumiu saldo zero .esse número 111 nao da para falar com ninguém. O que eu devo fazer .
    O da minha esposa nem sinal da segunda parcela .

    1. Daniele Diz

      Eu ainda não consegui recebe a segunda parcela. Tenho conta na caixa e baixei o aplicativo caixa tem e ainda não deu em nada. Ou dar em avaliação ou em espera.

  4. sergio castro mello Diz

    Fais dois meis que parei de receber o seguro desemprego dei entrada no auxílio e constar que eu aida estol recebendo o seguro desemprego

    1. Jéssica Diz

      Fui aprovada porém o valor do auxilio emergencial nao caiu na minha conta informada no ato do cadastro, porque ? Visto que sou do mês de agosto e era pra ter sido depositado em 25/05, e tambem nao esta no caixa tem… O que fazer?

      1. Cleane Diz

        Eu estou com a mesma situação era pra ter caiu segunda até agora nada

  5. Solange Diz

    Meu auxílio foi aprovado e até agora não foi depositado na minha poupança do Itaú. O Governo já vai pagar a 2a parcela e não recebi nem a 1a

  6. Jose do Carmo Santos Diz

    Meu padrasto foi aprovado mas não conseguem sacar ou transferir sempre pedi a indentificacao mas ele já feis isso tudo é até agora nada o que devemos fazee é aprimeira parcela do auxílio emergencial

  7. Nara muniz silva de souza Diz

    O meu auxilio ainda tá em análise precisso muito desse dinheiro estou desempregada a mas de 10 anos

    1. Juliana Evangelista de Araújo Diz

      Chama no ZAP
      33987655661

      1. Patricia santos Diz

        Boa tarde me chamo patricia consta q foi depositada minha 2 parcela do auxilio emergencial j fui na caixa abrirao boletim mandarao aguarda dez dias e ate agora nada meu beneficio foi feito na poupanca mas depositarao na conta caixa tem

  8. Alba Valéria Dutra Rocha Diz

    Eu fui aprovada e não recebi o meu auxílio e hoje dia 06/05/2020 no banco da caixa e não tinha nada ,sendo que liguei para 111 e o meu auxílio já esta desde 23 de abril e nao estava depositado lá ,sendo que eu tenho caixa poupança , o que fazer para eu receber este auxílio sendo que eu tenho dinheiro

  9. BeK Diz

    No meu caso coloquei minha conta no Bradesco e eu ligo no 111 e eles falam que meu auxílio vai cair na conta dia 30/04 e hj já é 06/05.
    Como proceder?

    1. Raquel Diz

      O auxílio está aprovado desde 22/04 e até hoje 09/05 não recebi o valor na conta do Banco do Brasil.

  10. João Vitor Diz

    Ola.. Fui aprovado no dia 16/04… Hoje e dia 01/05.. até agora nada do meu dinheiro por direito ter caído na minha conta poupança da caixa! Aposto que foi extraviando! Made in Brasil 😔

  11. Michele Diz

    Em 17/04 recebi a mensagem de que o auxílio estaria depositado na minha conta poupança da caixa, porém, hoje 30/04 o mesmo ainda não caiu! Devo procurar o procon?

  12. Leandro Diz

    Olá meu nome é Leandro eu fui aprovado no auxílio emergencial e hoje foi dia de quem fãs aniversário em Junho e Maio foi dia de receber muitos receberão e eu não recebi ainda.

  13. Mara Denise Diz

    Desde do dia 22 o meu auxilio era pra ter sido depositado,e ate hoje nada

  14. GEOVANE OLIVEIRA DA SILVA Diz

    OLA FOI APROVADO NO APLICATIVO FAÇO ANIVERSARIO EM MARÇO E MEU DINHEIRO NAO CAIU PORQUE?

  15. Roberto Diz

    Auxílio emergencial aprovado desde o dia 17.04 , liga no 111 responde que você foi aprovado e será depositado na conta poupança da caixa, e hoje é dia 28.04 são 20:26 e ainda não recebi, devo ir ao Procon?

  16. Aline Diz

    O meu tbm está assim

  17. Dhullis Diz

    O que adianta falarem para ligar no 111 se não dão nenhum atendimento, apenas diz o que já sei que fui aprovado e que vai ser depositado na minha conta, mas desde o dia 18/04 que está assim e ainda não vejo o valor na conta hoje dia 27/04 isso está uma palhaçada.

  18. Valeska Diz

    Olá, meu marido esta no cadastro único do bolsa família ele tem direito de receber o auxílio separado do meu ou sai tudo junto. Desde já agradeço.

  19. Neuza Ferreira Lemos Diz

    Sou beneficiada da minha casa minha vida tenho direito ao alcinho emegersial

  20. Rosenildo Oliveira Barbosa Diz

    Faz 15 dias que fiz o cadastro da minha esposa, ela está desempregada e ainda não caiu. Porque?

    1. Mara Denise Diz

      Duvido que teremos alguma resposta

  21. Denise Diz

    Quando teremos o resultado,fiz também meu cadastro no segundo dia liberado no sistema e até hoje não tive nenhum retorno?

  22. Tatiana Arruda De Moura Diz

    Boa tarde eu recebo o bolsa família e não fui contemplada pra receber o auxílio,eu queria entender o pq.

    1. Patrícia Diz

      ola meu marido foi aprovado no auxílio e ele colocou uma conta do Banco do brasil mas ele não sabia que essa conta não tinha poupança nela e agora como ele faz para poder receber esse dinheiro e para onde ele foi se falou no auxílio que tinha ja feito o depósito na conta do Banco do brasil e nada consta nessa conta corrente

  23. Vanessa Diz

    Será que tenho chance de receber esse dinheiro ainda. trabalho de doméstica e esses dias tô sem trabalhar. .a situação não está nada bom.

  24. Neuma Soares Diz

    Fiz meu cadastro e de outros membros da minha familia e amigos no dia 08.04 e até hoje o auxilio continua em análise. Ou seja já são mais de 5 dias úteis, sem resposta. Todos autonomos e desempregados.

    1. sergio castro mello Diz

      Fais dois meis que parei de receber o seguro desemprego dei entrada no auxílio e constar que eu aida estol recebendo o seguro desemprego

  25. Vanessa Diz

    Amanhã faz 15 dias que eu me cadastrei no auxílio emergencial . E até agora to em análise…

    1. Vanessa Diz

      Será que tenho chance de receber esse dinheiro ainda. trabalho de doméstica e esses dias tô sem trabalhar. .a situação não está nada bom.

      1. .Mayranne M Diz

        O meu é o mesmo caso. Na minha conta do banco do Brasil descobrir que não tinha conta poupança

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?