Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

AGENTES PÚBLICOS: Cargo, Emprego ou Função Pública?

Os agentes públicos podem exercer: Cargo, Emprego ou Função Pública.

Em se falando em cargo público, será designado como sendo: O conjunto de atribuições e responsabilidades previstas na estrutura organizacional que devem ser cometidas a um servidor. São criados por lei, com denominação própria e vencimentos pagos pelos cofres públicos, para provimentos em caráter efetivo ou em comissão.

Os cargos públicos possuem vínculo estatutário e não contratual.

E os titulares de cargos públicos, são os chamados servidores públicos. E serão os servidores que trabalham para a Administração direta, Autarquias e Fundações Públicas.

Os cargos públicos podem ser: Efetivos: São os cargos que oferecem a permanência aos seus ocupantes após cumprido estágio probatório, e em regra, dependerá da previa aprovação em concurso público. Exceção: Nomeação para cargos vitalícios como ministro do STF que dependerá apenas de nomeação.

Comissionados: Serão ocupados provisoriamente por agentes que serão nomeados e serão exonerados livremente pela autoridade competente. Não dependem de aprovação em concurso público. Ex: Ministro de Estado.

Já os empregos públicos, serão designados: Designam a unidade de atribuições em que o vínculo é celetista, ou seja, CLT, possuindo natureza contratual e trabalhista, sendo regido pelas regras do direito privado.

Os empregos públicos são ocupados pelos empregados públicos.

Estão presentes nas pessoas jurídicas de direito privado, quais sejam, sociedades de economia mista e empresas públicas.

Exceção: Empregado público na Administração Direta = agentes comunitários de saúde e agentes de combates as endemias (vínculo celetista).

Por fim, temos a função pública que será designada como sendo: O conjunto de atribuições conferidas aos órgãos, aos cargos, e aos empregos ou diretamente aos agentes. Todo cargo ou emprego possui uma função, mas nem toda função tem cargo ou emprego.

As funções se dividem em: Temporária -> Exercida pelos servidores temporários.

E permanente ->. Exercida exclusivamente pelos servidores públicos titulares de cargos efetivos, destinando-se apenas as funções de direção, chefia e assessoramento.

Leia Também:

brasil 123  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?