Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Microsoft anuncia programa Black Women in Tech

São ofertadas 50 vagas para mulheres pretas e pardas, cis e trans, com mais de 18 anos

A fim de ampliar a diversidade e igualdade de gênero e racial em seus times, a Microsoft anuncia mais uma edição do programa Black Women in Tech. A iniciativa, idealizada e liderada por colaboradores e voluntários da empresa, busca levar ensino técnico de qualidade para que mulheres pretas e pardas possam alavancar suas carreiras em tecnologia.

As selecionadas passarão por mentorias com foco em fundamentos de Azure (AZ-900), fundamentos de segurança (SC-900), inglês e carreira. Além disso, elas também receberão vouchers de certificação para realizar os exames de forma gratuita. Todos os mentores são funcionários da Microsoft, membros ou voluntários das iniciativas e grupos de Diversidade.

As formandas também terão a oportunidade de participar de feira de empregabilidade promovida pela Microsoft, que conectará as profissionais às empresas parceiras da companhia, fortalecendo o networking e ampliando as chances de uma vaga de emprego.

Ao todo, são ofertadas 50 vagas para mulheres pretas e pardas, cis e trans, com mais de 18 anos. É importante, ainda, ter disponibilidade para assistir às aulas que acontecem entre os dias 27 de setembro e 22 de dezembro. Assim, terão prioridade as mulheres que não estiverem trabalhando atualmente.

A formatura e cerimônia de encerramento acontecem no último dia de curso.

Como se candidatar

As interessadas em participar do programa Black Women in Tech Microsoft deverão acessar o site da iniciativa e preencher o formulário até 19 de setembro.

Ainda, as candidatas deverão participar de um desafio virtual chamado Cloud Skill Challenge via Microsoft Learn, plataforma de aprendizado on-line gratuita. Segundo a empresa, as mulheres selecionadas receberão um e-mail de confirmação até dia 22 de setembro.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.