Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Doria desiste de anunciar novas medidas restritivas

Em entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, o governador do estado, João Doria (PSDB), desistiu de anunciar novas medidas restritivas contra a pandemia de Covid-19.

Havia, porém, grande expecativa para que o governo estadual atualizasse as estratégias de isolamento social, neste momento em que o estado de São Paulo enfrenta o pior momento da pandemia.

Questionado sobre o assunto, Paulo Menezes, do Centro de Contingênia da Covid-19, informou que as medidas já estão sendo atualizadas, mas que ainda não serão apresentadas à população.

Nessa última terça-feira, porém, 517 pessoas morreram no estado de São Paulo. Esse é o maior número de óbitos em apenas 24 horas desde o início da pandemia.

Por essa razão, chegou-se a ventilar que o governo iniciaria uma chamada “fase roxa” do Plano SP. Nesse nível, as medidas restritivas seriam ainda mais impactantes.

Sem novas medidas restritivas, Doria anuncia data de vacina para mais idosos

O governador anunciou, no entanto, a data para vacinar idosos com idade entre 72 e 74 anos. Segundo ele, esse grupo será vacinado a partir do dia 22 de março.

O estado de São Paulo aplicou até agora 3,5 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19, mas a vacinação tem sido mais lenta neste mês em que as medidas restritivas recuaram para a fase vermelha em todo o território estadual.

Leia ainda: Lula: “Vou tomar vacina semana que vem”

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.