Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Marinha e Aeronáutica oferecem 2.340 vagas para nível médio e até R$ 3.892,68!

Se você tem interesse em ingressar em uma carreira nas Forças Armadas, terá sua chance logo nos primeiros meses de 2016. Atualmente, há dois concursos públicos com inscrições abertas, com 2.340 vagas para a Marinha e Aeronáutica, com exigência de nível médio completo por todas as regiões do país. Os salários iniciais são de R$ 1,5 mil e podem alcançar os R$ 3,8 mil mensais. Confira:

Concurso Marinha 2016 com 1.860 vagas!

A Marinha do Brasil, através do Comando de Pessoal de Fuzileiros Navais (CPesFN), publicou no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 18 de janeiro, o edital de concurso público para preencher nada menos que 1.860 vagas para ingresso no curso de formação de Soldados Fuzileiros Navais para Turmas I e II de 2017.

Para concorrer a uma das vagas no concurso da Marinha 2016 (Fuzileiros Navais), é necessário ter nível médio completo, idade entre 18 e 21 anos (até 1º de janeiro de 2017) e altura entre 1,54m e 2,00m, além de ser do sexo masculino. Durante o curso, o Recruta Fuzileiro Naval fará jus a quantia de R$ 642,00 por mês como ajuda de custo para suas despesas pessoais. Após a aprovação no curso de formação, o aprovado no concurso de Fuzileiros Navais da Marinha 2016 receberá R$ 1.587,00.

As vagas no concurso da Marinha Fuzileiro Naval 2016 são para Rio de Janeiro (1.218 vagas), Brasília-DF (128 vagas), Grupamento de Fuzileiros Navais de Rio Grande-RS (76), Belém-PA (61), Ladário-MS (83), Batalhão de Operações Ribeirinhas de Manaus-AM (100 vagas), Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal-RN (99), Grupamento de Fuzileiros Navais de Salvador-BA (65 vagas) e no BtlDefNBQR – Aramar (30). Desse quantitativo de oportunidades, 20% serão reservadas aos negros.

As inscrições no concurso de Marinha (Fuzileiros Navais 2016) serão realizadas entre 01 e 29 de fevereiro de 2016, no site: www.mar.mil.br/cgcfn. A taxa de inscrição está fixada no valor de R$ 12,00.

Os inscritos no concurso da Marinha 2016 serão avaliados por exame de escolaridade, verificação de dados biográficos, verificação de documentos, inspeção de saúde, teste de suficiência física e exame psicológico.

As provas do concurso da Marinha (Fuzileiro Naval 2016) serão aplicadas em 26 de abril de 2016, a partir das 10h. A coordenação será do CPesFN.

O candidato do concurso Marinha (Fuzileiro Naval) 2016 realizará o exame de escolaridade na cidade indicada por ele por ocasião do preenchimento do formulário de pré-inscrição. Os locais serão divulgados posteriormente nos Órgãos Executores da Seleção e no endereço www.mar.mil.br/cgcfn.

O curso de formação de Fuzileiro Naval terá duração de aproximadamente 17 semanas e será conduzido no Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (CIAMPA), localizado no Rio de Janeiro (RJ) e, simultaneamente, no Centro de Instrução e Adestramento de Brasília (CIAB), localizado em Brasília (DF).

O concurso Marinha Fuzileiro Naval 2016 terá validade até a data da matrícula do Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais Turma II/2017.

Apostila Marinha do Brasil 2016 - Soldado Fuzileiro Naval[CD Grátis]  Apostila Marinha do Brasil 2016 – Soldado Fuzileiro Naval[CD Grátis] 

Concurso Aeronáutica 2016

A Aeronáutica tem dois editais de dois concursos que, juntos, somam 480 vagas. Um dos atrativos é a remuneração bruta inicial, após o curso de formação: em ambas as seleções, o valor é de R$ 3.892,68 mensais.

Foi divulgado no dia 02 de fevereiro de 2016, o edital de concurso público da Força Aérea Brasileira (FAB) para provimento de 333 vagas no Exame de Admissão (Modalidade B) do Curso de Formação de Sargentos da Aeronáutica – Turma 2 do ano de 2017 (EA CFS-B 2/2017) nas especialidades de Aeronavegantes, Não-Aeronavegantes e Controle de Tráfego Aéreo. Para saber mais sobre esse concurso, clique aqui.

O outro edital de concurso será para o Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento (EAGS). Neste caso, são 147 vagas, que exigem ensino médio técnico. As vagas estão distribuídas pelas seguintes especialidades: Eletrônica (40), Administração (31), Enfermagem  (31), Eletricidade (08), Sistemas  de Informação (25), Pavimentação (06) e Topografia (06). Clique aqui para mais informações.

Comentários estão fechados.