Formação profissional: Capes vai ofertar mais de 1,8 mil bolsas

Serão aplicados, no mínimo, 30% dos recursos nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, com exceção do Distrito Federal

O desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação do país ganhou hoje um novo reforço com a oferta de 1,8 mil bolsas para a formação profissional. Lançado hoje pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), o Programa de Desenvolvimento da Pós-Graduação-Parcerias Estratégicas nos Estados será implementado em parceria com as Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) e tem como objetivo fortalecer os programas de pós-graduação criados a partir de 2013.

A Portaria nº 68/2020, com as informações do novo programa, foi publicada no Diário Oficial da União. Serão apoiados programas emergentes que sejam estratégicos nos estados e que atuem em áreas prioritárias para fomentar o desenvolvimento científico e tecnológico nas regiões, reduzindo assim as diferenças entre estados e potencializado as características existentes de cada lugar.

Após a seleção dos projetos por edital específico, a Capes firmará acordo de cooperação com essas fundações e os convênios poderão envolver entidades privadas ou do terceiro setor.

A Agência Brasil informou, em matéria, que os valores a serem investidos dependerão da contrapartida de cada fundação e da localização geográfica do projeto. Serão aplicados, no mínimo, 30% dos recursos nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, com exceção do Distrito Federal.

Bolsas de mestrado e doutorado prorrogadas

Em maio, a Capes anunciou a prorrogação por até três meses o prazo de vigência das bolsas de mestrado e doutorado no Brasil. A ação tem caráter excepcional e vai beneficiar bolsistas que estão com o andamento das pesquisas prejudicado devido à pandemia causada pelo coronavírus. A decisão contempla mais de 12 mil bolsas de pesquisas.

Segundo a Capes, o pedido de prorrogação das bolsas é de responsabilidade das instituições de ensino superior as quais os estudantes estão vinculados. As universidades podem realizar o procedimento a qualquer momento, registrando no Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios (SCBA) da Capes.

*Com informações da Capes

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.