Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Vestibular: É suficiente estudar pelos resumos das obras obrigatórias?

Muitos estudantes que estão em processo preparatório para vestibulares decidem por não ler as obras literárias obrigatórias divulgadas pelas universidades em decorrência da demanda de outros assuntos, optando pelos resumos.

Desse modo, os vestibulandos acabam estudando apenas através da leitura dos resumos publicados na internet sobre as obras literárias.

Mas será realmente suficiente estudar pelos resumos das obras obrigatórias ou é necessária a leitura completa das obras indicadas pelas instituições? Continue a leitura e pondere.

Mais vantagens ou desvantagens?

Os resumos são uma ótima ferramenta para revisão de assuntos, então, é comumente recomendado aos estudantes que criem resumos sobre os assuntos estudados. Posteriormente, na reta final, revistar esses resumos podem ser muito relevante para a revisão do conteúdo programático.

Contudo, diversos estudantes, tendem a priorizar outras matérias por conta do curto tempo de estudo e, na área da literatura, estudam apenas o extremamente essencial. Assim, muitos se dão por satisfeitos em ler sínteses e resumos das obras obrigatórias feitos por outras pessoas.

No entanto, há pontos positivos e também pontos negativos quanto aos resumos.

O ideal mesmo é que o aluno se dedique à leitura completa da obra, sem recorrer aos resumos. Pode-se dizer que este é um consenso entre professores, pois há diversos aspectos da obra que só podem ser captados com a leitura da obra e a interpretação atenciosa do seu texto.

Para se dar realmente bem na prova, a leitura integral aliada ao estudo das características formais da obra é o procedimento correto de estudo. Além da leitura das obras proporcionar um experiência enriquecedora ao estudante.

Os resumos das obras obrigatórias nem sempre apresentam os aspectos que serão cobrados nas avaliações. Claro que há chances do aluno ir bem em algumas questões apenas com o resumo, mas não é tão seguro, pois o conhecimento proporcionado pelo resumo não substitui a complexidade da obra em sua totalidade.

Há, porém, muita vantagem nos resumos para aqueles que já leram as obras há algum tempo, pois a leitura do resumo ajudará o estudante a relembrar detalhes da obra e a consolidar conhecimentos, como uma forma de apoio ao estudo.

É possível apenas relembrar o livro, sem ter que realizar uma releitura completa com o tempo curto.

Desse modo, os resumos são relevantes sim e podem realmente ajudar os vestibulandos a conseguirem boa nota, contudo, eles funcionam apenas como material adicional e não devem substituir a leitura do livro.

Gostou deste texto? Então deixe seu comentário!
Veja também: Literatura no Enem: 5 curiosidades sobre a Semana de Arte Moderna.

Vestibular: Como as obras literárias obrigatórias são cobradas

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

 

Leia Também:

brasil 123  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?