Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Neologismo: Tipos e exemplos para estudar o tema

Você já ouviu falar de neologismo? Se você já fez algum vestibular ou ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) recentemente certamente viu questões relacionadas.

O fenômeno linguístico recorrentemente surge nessas provas. Portanto, vale muito a pena ficar por dentro para entender e estudar. Confira a seguir um panorama geral acerca do tema.

O que são neologismos?

O neologismo consiste na formação de novos termos ou expressões da língua que surgem com o objetivo de tapar um vácuo momentâneo ou perdurável sobre um novo conceito.

Tendo em vista que a língua é algo modificável, isto é, está em constante mudança, os neologismos promovem a criação de novas palavras pelos falantes do idioma, em contrapartida outras caem em desuso, como temos o exemplo dos arcaísmos.

Desse modo, com o passar do tempo a partir da utilização do termo, o neologismo torna-se parte do léxico da língua (dicionário).

De origem grega, a palavra “neologismo” é construída pela junção dos termos “neo” (novo) e “logos” (palavra), que significa de forma literal “nova palavra”.

Formação das palavras

Os neologismos são unidades lexicais novas, criadas a partir dos processos de formação das palavras, como por exemplo:

  • Justaposição
  • Aglutinação
  • Prefixação
  • Sufixação

E dependendo do tempo de uso do neologismo, ele pode ser classificado como:

  • Momentâneo
  • Transitório
  • Permanente

Tipos de neologismos

Veja os principais tipos de neologismos, são eles:

  • Semântico: Palavra já existente no léxico e adquire novo significado, como por exemplo “Deu zebra” que neste caso, zebra é algo que não deu certo.
  • Lexical: Criação de uma nova palavra, exemplo: deletar – apagar, eliminar
  • Sintático: Construção sintática adquirindo um significado específico, exemplo: reinventar – derivado do inventar.
  • Literário: Novas palavras criadas por escritores ou compositores
  • Científico ou técnico: Palavras que surgiram para nomear invenções, equipamentos, etc. por exemplo: smartphone
  • Popular: Palavras criadas em forma de uma comunicação coloquial de uma certa região. Por exemplo: “Sextou”.

Estrangeirismo

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

O neologismo estrangeiro ou estrangeirismo, é um vício de linguagem que inclui palavras de outras línguas. Em determinados casos a palavra é adapta para o idioma local, dá aquela famosa “abrasileirada”.

Desta forma, podemos citar termos que nasceram por causa da rede social Twitter, exemplo: “tuiteiro” e “tuitar”.

Exemplos de neologismo

 

Os neologismos surgem aos montes na música e nas artes de modo geral, agora com o advento da internet, bem como nos movimentos políticos.

Veja alguns exemplos:

  • caetanear
  • djavanear
  • maluquez
  • abobado
  • deletar
  • blogueiro
  • tuitar
  • chat
  • linkar
  • vc
  • blz
  • bjs

Um ótimo exemplo é o poema de Manuel Bandeira chamado “Neologismo” de 1948.

Neologismo
Beijo pouco, falo menos ainda.
Mas invento palavras
Que traduzem a ternura mais funda
E mais cotidiana.
Inventei, por exemplo, o verbo teadorar.
Intransitivo:
Teadoro, Teodora


E então, gostou de conhecer mais sobre neologismo? Fique de olho, pois esse conceito pode cair no próximo vestibular ou ENEM.

Não deixe de ler também outro artigo relacionado: Dicas de português: O uso dos demonstrativos ‘este’ e ‘esse’ na redação do Enem

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?