Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Geografia: O que são as massas de ar e os principais tipos

A temperatura pode variar entre dias quentes, frios,, chuvosos, nublados, etc. Essas variações podem estar ligadas às influências recebidas por massas de ar.

A saber, elas podem ser marítimas ou continentais, e tem forte atuação no clima brasileiro. Desta forma, torna-se assunto recorrente em provas geografia no vestibular e no ENEM.

Quer entender mais sobre o assunto? Acompanhe o post e fique por dentro dessa matéria.

O que são as massas de ar?

As massas de ar formam-se no céu, através de porções de ar, de acordo com as condições diversas de temperatura, pressão e umidade. Em suma, carregam o clima da região que elas foram compostas.

Em síntese, na maioria das vezes são homogêneas, porém em alguns locais podem movimentar-se sem camadas homogêneas, como por exemplo na troposfera.

Seja como for, as massas carregam traços da onde elas foram formadas, ou seja, quando são oriundas de uma região fria, a temperatura será baixa, com alta pressão e baixa umidade.

Desta maneira, quando começar a deslocar-se, ela trará essas condições aos locais que ela passar. No entanto, ela vai perdendo força e suas características com o passar do tempo.

Como resultado da circulação atmosférica formam-se diversos tipos de clima. Isto é, as massas de ar, ditam o dia a dia da população.

Só para exemplificar, é através delas que o clima ficará frio, quente, chuvoso ou com temperaturas amenas em um determinado local do país.

Importância

Como são agentes causadores das alterações climáticas as massas de ar podem ter um grande efeito em diversas áreas da sociedade.

Elas podem por exemplo influenciar a produção agrícola, na fauna e flora de determinada região, na saúde da população, na economia, entre outros.

Desta forma, as massas de ar podem ter efeitos positivos e negativos, por exemplo, elas podem acabar com longos períodos de seca em uma determinada região e causar alagamentos e destruição de plantações em outras.

Ademais, as massas de ar se deslocam em razão das diferenças na pressão. Sua formação se dá na hidrosfera, no oceano ou na superfície terrestre.

Em resumo, para a vida dos Biomas ou qualquer região do planeta, pois são grandes influenciadores das condições climáticas.

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

Tipos de massa de ar

Existem três tipos de massas de ar e vamos abordar cada uma delas:

Massas equatoriais

Formadas perto do Equador em regiões de baixa latitude. Destacam-se as altas temperaturas e baixas pressões, e podem ser úmidas de acordo com o local que foi formada. Em suma, a massa oceânica é mais úmida, em contrapartida a continental é mais quente e menos úmida.

Massas tropicais

Formam-se próximos aos trópicos como os de Câncer e Capricórnio. No hemisfério norte ou no sul elas se formam em latitudes subtropicais.

As tropicais possuem temperaturas elevadas, médias e baixas pressões. Além disso, se mostram mais úmidas na parte continental quando comparada com a oceânica.

Massas polares

Sua origem se dá nos continentes ártico e antártico, isto é, são muito frias e com pressões baixas. Contudo, trata-se de uma massa de ar seca, sobretudo a continental, visto que a oceânica consiste em uma massa mais quente e úmida.

Massas de ar no Brasil

No Brasil pode-se destacar cinco massas de ar diferentes, levando em consideração os locais de sua formação, são elas:

  • Massa Equatorial Atlântica: Quente e úmida, e forma-se no oceano Atlântico. principalmente no litoral do bioma Amazônia e no nordeste,
  • Massa Equatorial Continental: Forma-se no ocidente da Amazônia, em grande parte do ano surge quente e úmida
  • Tropical Atlântica: Forma-se no oceano Atlântico, próximo ao trópico de Capricórnio, quente e úmida e concentra-se em grande parte no litoral do país.
  • Massa Tropical Continental: Tem origem na depressão do Chaco, em solo boliviano, quente e seca; abrange uma área pequena e fica a maior parte do ano nela.
  • Massa Polar Atlântica: Originária do oceano Atlântico, principalmente na região da Patagônia – Argentina, tem como característica ser fria e úmida, e chega no Brasil no inverno por meio de uma frente úmida.

E então, você já tinha pensado em estudar massas de ar? Esse assunto definitivamente tem importância para quem se prepara para o vestibular. Portanto, incorpore-o em sua rotina de aprendizagem

Leia ainda outro artigo bacana – Geografia: Conheça os conceitos demográficos e suas classificações

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?