Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Estudante faz 980 pontos na redação do Enem duas vezes! Veja as dicas!

Por Mariana / Galeria das Ideias

Redação pode ser um pavorzinho para muita gente. E admito, para mim sempre foi. Mas aos poucos a gente vai perdendo o medinho e vê nessa parte da prova uma grande chance de expor muita coisa legal e ser livre para pensar. Eu nunca tive o costume de treinar redação, mas sempre gostei de escrever. A primeira vez que fiz a prova do exame, em 2012, obtive 760 na prova de redação. E em 2013 tirei 980, talvez influenciada pela euforia de um concurso de redação no qual obtive a segunda posição. Pensei até na possibilidade de ter tido a sorte de um corretor gente boa e bem humorado, porque sempre vejo problemas no que escrevo e nunca esperei uma pontuação alta dessas. E eis que em 2014 a pontuação se repetiu novamente. 980, pela segunda vez.

Abaixo, reuni algumas dicas que humildemente considero úteis para qualquer pessoa que irá fazer Enem este ano. Espero que gostem, qualquer dúvida é só comentar ou entrar em contato!
Se liga no que o Enem quer de você
Você já ouviu falar das competências cobradas pela redação do Enem? Se não, não tem problema. Vou listar elas agora para você:
1 – Domínio da norma padrão da língua escrita
Avalia a sua habilidade de escrita, que elenca os mais variados conhecimentos: utilização correta de pontuação, estruturação de frases, etc.
2 – Compreensão da proposta
Esse é a famosa “fuga ao tema”. Se você compreendeu bem a proposta e entendeu qual o X da questão sobre o qual você deve redigir, já garantiu esse tópico.
3 – Capacidade de organizar e relacionar informações
Essa competência julga o quão habilidoso você é em juntar todas as suas impressões e informações sobre o tema e organizá-las de modo inteligente, correlacionado.

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

4 – Construção da argumentação
Se você conseguir organizar todas as informações como cobra o item 3, provavelmente vai chegar à um objetivo final de argumentação. Essa competência procura saber a sua posição sobre o tema a partir de seus argumentos construídos ao longo do texto.
5 – Elaborar proposta de intervenção ao problema exposto
Para tudo existe solução! Er…nem tudo. Mas lembre-se que a chance de colocarem um tema extremamente complexo e sem-solução no Enem é QUASE zero (para depois não virem me dizer que afirmei asneira). Nessa competência, você deve – e vai, por favor- arranjar alguma solução, nem que seja para iludir a society (o corretor, no caso).

– Mari, por que isso é importante? Migx, o Enem não é como o vestibular tradicional. Ele foi criado exatamente com a proposta de acabar com esse conhecimento “decoreba” (vulgo falsiane) da maioria dos vests do país. Se você já fez a prova algum dia já deve ter percebido o quão repleta ela é de textos e questões dinâmicas e, na minha opinião, inteligentes. Essas competências cobradas são exatamente o que se espera desse aluno não-falsiane!

Problematize!
“Publicidade infantil? Que tema ruim!” Gente, não existe tema ruim. Parem de mimimizar as coisas! Ficar com essa de tema ruim só deixa a sua amiga paranoia ainda mais louca com os possíveis temas. Você pode ter escrito sobre diversos assuntos e na hora H cai algo inimaginável. Por isso, o mais importante que precisa saber é: O tema é sobre algo no qual você não tem domínio? Problematize! Leia a coletânea auxiliar presente na proposta de redação, extraia o máximo de informações possíveis e tire suas impressões. Pode ter certeza de que, se determinado tema foi posto, com certeza tem alguma relevância socialmente. Por isso, trata-se de um problema. E o que você deve fazer com esse problema no desenvolvimento da sua redação é problematizar ainda mais. Ninguém quer que você disserte conceitos ou só emita opinião. Antes de tudo, é necessário levantar todos os viés da questão e escolher alguns para problematizar.

Bônus: Algo que eu faço e funciona comigo é o famoso “brainstorm”, chuva de ideias. Reúno tudo o que penso sobre o tema e vou anotando por meio de tópicos. Escolho o que se encaixa melhor e vou montando a minha redação.

Não se preocupe em ter uma linguagem sofisticada e uma gramática impecável
Migo, ninguém liga se você sabe as palavras mais difíceis do dicionário e seus significados. Isso mesmo. Nobody yes door (Ninguém sim porta). Além disso, não fique perdendo tempo demais preocupado diante de alguma dúvida gramatical. Calm down! Se sua redação estiver interessante e bem fundamentada, esse erro passará despercebido pelo corretor. Mentira, talvez se o erro estiver realmente gritante… Mas mesmo assim, não é algo tão relevante levando em consideração os outros critérios (competências) que pontuarão o seu texto.
Trace um estilo à sua redação
Se você escrever três redações em um curto espaço de tempo sobre temas diferentes sem dúvidas vai ter encontrado uma forma mais confortável de escrever. A partir da estrutura padrão de redação (a introdução, o desenvolvimento e a conclusão), é legal encontrar um meio costumeiro para quando chegar o grande dia você não se desesperar. Por exemplo: Nunca consigo escrever 5 parágrafos! O meu desenvolvimento é sempre muito conciso, e dois parágrafos não muitos longos são suficientes. Também curto utilizar alguns termos específicos: De fato, Desde os primórdios, Contudo, Ademais. Esse foi um formato que encontrei para redigir as minhas redações. Funciona comigo. Por isso, aconselho que você encontre essas empatias pessoais e utilize-as em suas redações, principalmente para ganhar tempo no dia da prova.
Faça citações e embasamentos concretos 
Uma das coisas mais legais que considero no Enem é a liberdade que você tem para ser interdisciplinar na redação. Por isso, aproveite isso e traga muita cultura e mostre ao corretor o quão informado você é (ou não, ao menos tente passar essa impressão haha). VAMO, MOSTRA CULTURA! Traga citações filosóficas de algum pensador que você goste e que se encaixe ao tema, lembre aquele artigo da Constituição Federal que estabelece a igualdade entre as pessoas, relembre aquele fato ocorrido ano passado em tema sobre manifestações populares… Escolha algo concreto para enriquecer a sua redação e torná-la interdisciplinar. Vale utilizar ciência, história, jornalismo, legislação e muito mais!
Dê uma atenção especial à proposta de intervenção
Em minha opinião, a proposta de intervenção deve ser o núcleo da sua redação, ou seja, tudo o que você argumenta e expõe deve se tornar claro ao você estabelecer uma solução. A culpa é toda do governo? Pode até ser, mas acho arriscado dizer isso literalmente. Por isso, sempre é melhor propor soluções mais efetivas e práticas para o problema. Por exemplo: Lembro que no tema de Publicidade Infantil propus que houvesse a moderação de conteúdo publicitário para o público infantil e que isso seja especificamente realizado por psicólogos e psicopedagogos, já que estes possuem conhecimento para identificar o que pode afetar negativamente no desenvolvimento de uma criança. Além disso, também citei a necessidade de haverem mais propagandas que incentivem a prática esportiva infantil e alimentação saudável. E olha só, isso pode muito bem ser realizado pelo governo! Então, é só pensar em ideias práticas e específicas e incrementar na sua redação. Acho que uma proposta de intervenção muito abstrata e toda linda (cheia de mimi) pode não chamar muito a atenção do corretor. Por isso, tentar inovar trazendo ideias precisas é sempre uma boa!
Não seja pessimista ou muito idealista na conclusão
Resumindo: Não seja um carrancudo ou sonhador! Se você argumentou sobre a sua proposta de intervenção, no final deve admitir a possibilidade das coisas serem imprevisíveis e necessitarem adaptações. Por isso, é legal concluir a redação citando as particularidades do problema (isso não é pessimismo, é senso crítico), mas permitindo-se ter um otimismo sincero. Aliás, se você não acreditar no que acabou de escrever, como espera que o corretor acredite?

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

Comentários estão fechados.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?