Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Crise de 29: Entenda como ocorreu a Grande Depressão

A Crise de 29 também conhecida como “A Grande Depressão”, foi uma crise do capitalismo financeiro.

O declínio começou em 1929 nos EUA e logo após espalhou-se pelo mundo capitalista. A crise durou por uma década, com diversos desdobramentos sociais e políticos.

Sendo assim, por ter marado história, o tema aparece constantemente em vestibulares de todo país, assim como no ENEM. O que acha então de conhecer um pouco mais?

Estopim para crise de 29

A crise de 1929 teve como duas principais causas a falta de regulamentação econômica, assim como a oferta de créditos de baixo custo.

Em decorrência disso, a produção industrial mantinha um ritmo acelerado, entretanto, não havia demanda suficiente para satisfazer toda a oferta.

Desse modo, houve uma grande geração de estoques de produtos, a fim de esperar melhores preços.

O continente europeu, havia se recuperado dos danos da Primeira Guerra, e não dependia mais dos créditos e produtos norte americanos.

Com isso, os investidores preferiam investir o dinheiro na bolsa de valores ao invés de colocar dinheiro no setor produtivo, visto que os juros encontravam-se baixos.

O setor produtivo sentiu a diminuição do consumo e começou a produzir menos. Medida que acabou gerando a demissão de milhares de funcionários.

Crise de 29 – Bolsa de Nova York

Com o aumento da especulação, as ações começaram a cair, o que gera o “crash” ou o “crack” da bolsa nova iorquina em 24 outubro de 1929, conhecido como a “Quinta feira Negra”.

Desta maneira, surgiram algumas consequências por conta desse fenômeno, são eles:

  • Desemprego generalizado
  • Redução salarial
  • Queda no consumo
  • Falta de renda
  • Diminuição dos preços
  • Bancos vieram a falência
  • Diminuição da oferta de crédito
  • Falência de empresas

O mundo capitalista foi atingido em cheio, a crise chegou em países como Canadá, Alemanha, França, Itália, Reino Unido e claro o epicentro EUA.

Crise de 29 na América Latina

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

O fenômeno que aconteceu na bolsa de valores de Nova Iorque repercutiu no mundo todo. Na América Latina não foi diferente.

O continente sofreu com a economia agroexportadora, visto que tinha países em processo de industrialização, desta forma, foi atingido com a diminuição das exportações.

Crise de 1929 no Brasil

O Brasil foi bastante afetado pela crise, visto que tinha praticamente o café como único produto para exportação. E como não era um produto de primeira necessidade para os importadores, as exportações diminuíram significativamente.

A crise de 29 enfraqueceu as Oligarquias rurais paulistas, abrindo caminho para a chegada de Getúlio Vargas ao poder em 1930.


Esse tema constantemente aparece em provas de vestibular, no ENEM, sobretudo na parte de história. Portanto, não deixe de incluí-lo em seus estudos.

Ademais, o que acha de ler também outro artigo? História: Entenda o Apartheid e o racismo institucionalizado na África do Sul

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?