Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Esmalteria, vale a pena investir?

Os salões de beleza representam grande parte desses serviços, porém as esmalterias vem se destacando nesse ramo.

Os salões de beleza ainda representam grande parte desses serviços, mas e esmalteria, vale a pena investir nesse ramo?

Primeiramente, todo empreendimento além de depender dos clientes, depende da disposição e dedicação de quem está empreendendo.

Foi realizada uma pesquisa em 2017 pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec).

Essa pesquisa mostra que o mercado de beleza continua em expansão e cresceu nos últimos cinco anos, 567%.

Porém, a esmalteria vem se destacando cada vez mais, com preços acessíveis, inovação e bem-estar.

Trazendo com ela um diferencial, que são os profissionais qualificados, a variedade de serviços e o conceito “nail art”, que foca no design de unhas.

Como funciona?

Para quem não conhece esse novo ramo de beleza, a esmalteria disponibiliza diversos serviços para unhas.

Geralmente se dedicam a aplicação de produtos, mas algumas também vendem os produtos.

Sem contar, que oferecem outros serviços de beleza como: depilação, maquiagem, unhas artísticas e design de sobrancelhas.

Mas claro, que isso depende de cada empreendedor, nem toda esmalteria será igual.

Vai do empreendedor querer inovar ou investir em mais de um serviço.

Diferencial da esmalteria

Um grande diferencial das esmalterias, é a experiência que ela proporciona a suas clientes.

Um ambiente descontraído, voltado para o conforto dos clientes e pode ser bastante variado.

Chás, cafés e outras bebidas são oferecidos aos clientes, enquanto são realizados os serviços em suas unhas, manicure, pedicure etc.

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

A novidade desse ramo é o “nail bar”, um tipo de happy hour realizado enquanto a cliente faz suas unhas.

Uma outra vantagem desse empreendimento é que a compra desses produtos com fornecedores costumam ser baratos, e podem ser revendidos com até 250% percentuais posteriormente.

Como abrir uma esmalteria

Antes de tudo será preciso ter conhecimento de mercado, planejar o negócio e desenvolver estratégias a curto, médio e longo prazo.

Para isso será preciso criar um plano de negócio, que vai nortear o rumo da esmalteria.

O plano de negócio basicamente deve conter:

  • Descrição do negócio
  • Estudo do mercado
  • Definição do ponto comercial – cidade, bairro e o local
  • Recursos necessários para implementação
  • Plano de marketing
  • Metas
  • Preços dos produtos
  • Público-alvo
  • Pesquisa de fornecedores
  • Equipe

É importante lembrar que a localização é um ponto fundamental a ser analisado.

Para um melhor detalhamento o empreendedor pode entrar em contato com o Sebrae de sua cidade.

Outro ponto importante é buscar o auxílio de um especialista para ajudar a cuidar de toda parte burocrática de documentação, fiscal e tributária da esmalteria.

E ao contratar os funcionários, os mesmos devem passar por treinamentos, para garantir a mesma qualidade de atendimento para todos os clientes.

Franquias

Uma outra forma de abrir sua esmalteria, é através das franquias já existentes.

A vantagem de abrir uma franquia, é a segurança de um negócio já estabilizado, conhecido e que vai proporcionar todo o apoio que precisa para começar.

Porém, por já ter um plano de negócio montado, vai poder auxiliar desde a localização da esmalteria, até as partes mais burocráticas.

Como existem muitas opções, é importante pesquisar bem as opções, ver qual cabe melhor no seu bolso, e partir para o investimento.

 

 

 

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?