Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Empreendendo no ramo de comida congelada

Saiba como investir nesse sistema de conservação e venda de alimentos.

Na correria do dia-a-dia, muitas pessoas não têm tempo de preparar sua própria comida, e acaba optando pelo consumo de comida congelada.

Porém, sabemos que comidas industrializadas a longo prazo não nos faz bem, por isso, se você gosta de cozinhar, pode aproveitar essa oportunidade para empreender.

O preparo de comida congelada natural está sendo cada vez mais procurada, pois o consumo é muito mais saudável.

Sem contar que o sabor de uma comida caseira não tem igual, não é mesmo?

Primeiramente, o empreendedor deve escolher qual nicho vai atuar, visto que, hoje em dia diversos são os ramos alimentícios, vegano, vegetariano, light etc.

Outro ponto é a quantidade e quantas pessoas cada porção irá servir.

É importante definir isso, para poder calcular o que vai precisar comprar, quanto vai gastar e calcular o valor de cada refeição.

Público-alvo

Muitos segmentos surgiram ao longo dos anos, alimentos funcionais, produtos sem glúten, diet e light, sem lactose entre outros.

Porém, definir esse público é necessário para não sair “atirando” em qualquer direção e conseguir focar e produzir com qualidade o segmento escolhido.

Se você busca uma oportunidade nesse tipo de negócio, o Sebrae oferece alguns cursos para auxiliar nesse processo.

Fornecedores

A escolha do fornecedor implica diretamente no valor do seu produto final, ou seja, aquele quer será repassado ao cliente.

Portanto, deve ser escolhido o que fornece um valor melhor e mais acessível.

Orienta-se também escolher fornecedores regionais e de cooperativas, ajudando assim a economia regional.

Outros fatores que devem ser analisados são:

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

  • Distância do fornecedor
  • Referências
  • Custo do frete
  • Qualidade do produto
  • Quantidade que consegue fornecer, se atende sua demanda
  • Preço
  • Prazo
  • Forma de pagamento e entrega

Vantagens de vender comida congelada

O empreendedor que opta por esse tipo de negócio pode atingir os variados públicos, ampliando assim suas chances de vendas para pessoas que:

  • procuram comidas saudáveis
  • moram sozinhas
  • buscam conveniência e comodidade
  • economia de comer em restaurantes

Preparo da comida congelada

Sem dúvidas esse é o processo mais importante do negócio, e com certeza o que mais conta na hora do cliente escolher seu produto.

Seu estoque de alimentos deve ser armazenado de maneira adequada, principalmente vegetais, legumes, carnes, frutas e outros alimentos que podem estragar rapidamente.

O seu espaço deve conter equipamentos para a manutenção dos alimentos a temperatura máxima de -18ºC, conforme estipulado pela Anvisa.

Todos os alimentos devem conter em suas embalagens, etiquetas indicando data de fabricação, prazo de validade e estar bem embalado.

Um diferencial é a aquisição de embalagens recicláveis para o armazenamento dos produtos.

Entregas

Sabemos que o delivery tem ganho cada vez mais destaque, a busca aumentou muito, ainda mais durante a pandemia.

Por isso, incluir seu negócio em aplicativos, como Uber eats ou Ifood, é uma oportunidade de ampliar sua clientela e divulgar sua empresa.

Mais um dos motivos dos seus clientes procurarem esses serviços é a otimização do tempo em filas de espera, comprando via delivery ele além de se garantir sua proteção, ainda conta com um distanciamento bem seguro comprando pela internet.

 

 

 

 

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?