Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

INSS: Revisão poderá aumentar aposentadoria em 6 vezes desta forma

A correção do valor consiste em pedir à Previdência o recálculo da média salarial, considerando todos os salários do trabalhador, inclusive os anteriores a julho de 1994.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) julgou a favor do tema 999, conhecido como “revisão da vida toda” do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Sendo assim, o aposentado poderá receber, conforme avaliações de especialistas em direito previdenciário, o valor do benefício até seis vezes maior que o anterior.

A correção do valor consiste em pedir à Previdência o recálculo da média salarial, considerando todos os salários do trabalhador, inclusive os anteriores a julho de 1994.

O INSS calculava, até a promulgação da reforma da Previdência no dia 12 de novembro de 2019, a média do salário com base nos 80% maiores salários do trabalhador a partir de julho de 1994. No entanto, a análise mudou.

Agora, o segurado que se enquadra na decisão e recebe hoje o piso da aposentadoria pode, por exemplo, passar a receber o teto da Previdência, um aumento de cerca de 485% nos ganhos. A “revisão da vida toda do INSS” pode abranger mais de 2 mil pessoas, segundo especialistas.

Vale lembrar que a situação, no entanto, ainda depende de alguns fatores, como por exemplo, o caso do contribuinte que trabalhou a vida inteira recebendo sobre o teto da previdência. No ano de 1993, no entanto, passou para a informalidade, se tornou empresário, e deixou de contribuir com o INSS desde então.

Na antiga regra, o benefício dessa pessoa quando se aposentou por idade foi de um salário mínimo, uma vez que ela ainda não tinha qualquer contribuição depois de 1994, apesar de todos os salários dela antes dessa data garantirem o benefício no valor do teto.

Benefício no teto

Com a decisão tomada pelo Superior Tribunal de Justiça, que considera contribuições anteriores ao no de 1994, o aposentado poderá ter esse benefício revisado e, portanto, passar a receber o teto da Previdência.

“É uma situação em que a pessoa teve uma diferença em mais de R$ 4 mil. Mas é uma ação que tem peculiaridade. Varia para cada segurado. Tem trabalhador que vai ter uma variação de 200% do benefício, 300%, 400%; como têm pessoas que o cálculo pode piorar o valor do benefício”, disse o especialista em direito previdenciário Roberto Carvalho, presidente do Instituto de Estudos Previdenciários (Ieprev), ao site Metrópoles.

Veja também: Abono extra de R$ 2.000 LIBERADO para brasileiros no INSS; conheça a proposta

Leia Também:

13 Comentários
  1. RITA DE CASSIA F. FIGUEIREDO Diz

    Me aposentei em junho de 2019 por idade, gostaria de saber se posso medir revisão

  2. Odila Diz

    Estou a espera da ajuda que iria dar aos aposentados. Tive que fazer empréstimo para segurar as pontas e olha que é só na base de arroz feijão e ovo. Pago apto condomínio ,luz,água,gás minha filha desempregada e tenho uma neta de 8 anos ainda bem que ela não reclama e não gosta de carne mas com o preço do arroz e do óleo já da um mal estar. Como será final de ano. Bem que podiam dar uma força

  3. Cecilia Diz

    Vai valer para pensionista por morte do marido?

  4. Elza Diz

    Olá Assis nede monteiro procura um especialista em cálculo previdenciário e contrata ele para fazer os cálculos para você da da ReViSao da vida toda somente um bom especialista sabe fazer estes cauculos você vê com ele o valor que você vai pagar por este trabalho dos cauculos depois você entra na justiça já com os cauculos feito e coloca uma cópia destes cauculos no processo do pedido da revisão da vida toda se o especialista te dizer que você tem direito corre atrás do do teu direito fica com Deus Jesus te ama e quer te salvar e boa sorte meu nome e Elza

  5. Charlone Diz

    Meu avô deu entrada no bpc e ficou 1 ano em a análise, e em seguida deu indeferido, e depois de alguns meses levei no CRAS e concedeu i benefício, ele tem direito de recebe os meses que ficou em análise?

  6. Maria das Graças Teixeira Negrão Diz

    Aposentei em 2010, por tempo de contribuição e idade, nas minhas contas foi comprovado 32 junto ao INSS, só que foi calculado 27 e os outros anos como fica?

  7. Marcos Diz

    14o. salário para aposentado??? KA KA KA. Parem de sonhar aposentados, eu também sou, e nunca acreditei nessa conversa. Se fosse benefício para deputados federais e senadores, já estariam recebendo.

  8. Luiz carlos lopes da silva Diz

    Dei entrada na minha aposentadoria e veii como indeferida so que na carteira fazendo as contas ja tenho 35 anos so que no sistema do inss consta 29 anos que devo fazer so que uma carteira eu perdi obrigado

  9. Carlos Diz

    O INSS entrou com recurso e no STF vão ralar o aposentado o parecer do dias Toffolli já demonstra isso além de suspender por um ano todos os processos canalhice, os favoráveis a eles sai na hora como caviar etc

  10. Assis Nede Monteiro Diz

    Me aposentei em meados de Agosto 1991, com 32 anos de contribuição, alguns anos atrás contribuía sobre 15 salários mínimos, daí entrou ele o salário referência e continuei pagando sobre ele, eu era micro empresário e meu contador não me orientou para eu continuar a pagar sobre o mínimo, e não o referência, na verdade o contador é quem recolhia o PG…hoje percebo sobre 2 salários, existe algo para melhorar este salário…att,,,

  11. Ricardo Melo Diz

    Boa tarde, me aposentei em 1992, posso pedir pedir revisão também?

  12. Sandra Diz

    Nós pensionistas do exército ex combater estamos passando por momentos difíceis e o presidente da República tirou nossos direitos de pensionistas do exército não temos nada né aumento de margem pra refinanciar nosso empréstimo justos com os bancos

  13. Taison oliveira Loreto Diz

    Queremos saber do seguro desemprego que o governo federal só passa adiando a data

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?